ESCÃNDALOS DO BRASIL ONTEM E HOJE

Governo Geisel ( General Ernesto Geisel) ( 1974- 1979)
1. Caso Wladimir Herzog
2. Caso Manuel Fiel Filho
3. Caso Lutfala
4. Caso Atalla
5. Ângelo Calmon de Sá (ministro acusado de passar um gigantesco
cheque sem fundos)
6. Lei Falcão (1976)
7. Pacote de Abril (1977)
8. Cassações dos Parlamentares no Governo Geisel
9. Grandes Mordomias dos Ministros no Governo
Geisel

Governo Figueiredo ( General João Baptista Figueiredo) ( 1979- 1985)
1. Caso Capemi
2. Caso do Grupo Delfim
3. Escândalo da Mandioca
4. Escândalo da Brasilinvest
5. Escândalo das Polonetas
6. Escândalo do Instituto Nacional de Assistência Médica do INAMPS
7. Caso Morel
8. Crime da Mala
9. Caso Coroa-Brastel
10. Escândalo das Jóias

Governo Sarney ( José Sarney) ( 1985- 1990) ( Primeiro Governo Civil Pós
Regime Militar – Censura)
1. CPI da Corrupção
2. Escândalo do Ministério das Comunicações (grande número de
concessões de rádios e TVs para políticos aliados ou não ao Sarney. A
concessão é em troca de cargos, votos ou apoio ao presidente)
3. Caso Chiarelli (Dossiê do Antônio Carlos Magalhães contra o
senador Carlos Chiarelli ou "Dossiê Chiarelli")
4. Caso Imbraim Abi-Ackel
5. Escândalo da Administração de Orestes Quécia
6. Escândalo do Contrabando das Pedras Preciosas

Governo Collor ( Fernando Collor de Mello) ( 1990- 1992)
1. Escândalo da Aprovação da Lei da Privatização das Estatais
2. Programa Nacional de
Desestatização
3. Escândalo do INSS (ou Escândalo da Previdência Social)
4. Escândalo do BCCI (ou caso Sérgio Corrêa da Costa)
5. Escândalo da Ceme (Central de Medicamentos)
6. Escândalo da LBA
7. Esquema PP
8. Esquema PC (Caso Collor)
9. Escândalo da Eletronorte
10. Escândalo do FGTS
11. Escândalo da Ação Social
12. Escândalo do BC
13. Escândalo da Merenda
14. Escândalo das Estatais
15. Escândalo das Comunicações
16. Escândalo da Vasp
17. Escândalo da Aeronáutica
18. Escândalo do Fundo de Participação
19 Escândalo do BB

Governo Itamar Franco ( Itamar Augusto Cautiero Franco ) ( 1992 – 1995)
1. Centro Federal de Inteligência (Criação da CFI para combater
corrupção em todas as esferas do governo)
2. Caso Edmundo Pinto
3. Escândalo do DNOCS (Departamento Nacional de Obras contra a
Seca) (ou caso Inocêncio Oliveira )
4. Escândalo da IBF ( Indústria Brasileira de Formulários)
5. Escândalo do INAMPS ( Instituto Nacional de Assistência
Previdência Social)
6. Irregularidades no Programa Nacional de
Desestatização
7. Caso Nilo Coelho
8. Caso Eliseu Resende
9. Caso Queiroz Galvão (em Pernambuco)
10. Escândalo da Telemig (Minas Gerais)
11. Jogo do Bicho (ou Caso Castor de Andrade) (no Rio de Janeiro)
12. Caso Ney Maranhão
13. Escândalo do Paubrasil (Paubrasil Engenharia e Montagens)
14. Escândalo da Administração de Roberto Requião
15. Escândalo da Cruz Vermelha Brasileira
16. Caso José Carlos da Rocha Lima
17. Escândalo da Colac (no Rio Grande do Sul)
18. Escândalo da Fundação Padre Francisco de Assis Castro Monteiro
(em Ibicuitinga, Ceará)
19 Escândalo da Administração de Antônio Carlos Magalhães (Bahia)
20. Escândalo da Administração de Jaime Campos (Mato Grosso)
21. Escândalo da Administração de Roberto Requião (Paraná)
22. Escândalo da Administração de Ottomar Pinto (em Roraima)
23. Escândalo da Sudene de Pernambuco
24. Escândalo da Prefeitura de Natal (no Rio Grande do Norte)
25. CPI do Detran (em Santa Catarina)
26. Caso Restaurante Gulliver (tentativa do governador Ronaldo Cunha
Lima matar o governador antecessor Tarcísio Burity, por causa das denúncias
de Irregularidades na Sudene de Paraíba)
27. CPI do Pó (em Paraíba)
28. Escândalo da Estacom (em Tocantins)
29. Escândalo do Orçamento da União (ou Escândalo dos Anões do
Orçamento ou CPI do Orçamento)
30. Compra e Venda dos Mandatos dos Deputados do PSD
31. Caso Ricupero (também conhecido como "Escândalo das
Parabólicas").

Governo FHC ( Fernando Henrique Cardoso) ( 1995- 2003)
1. Escândalo do Sivam (Primeira grave crise do governo FHC)
2. Escândalo da Pasta Rosa
3. Escândalo da CONAN
4. Escândalo da Administração de Paulo Maluf
5. Escândalo do BNDES (verbas para socorrerem ex-estatais
privatizadas)
6. Escândalo da Telebrás
7. Caso PC Farias
8. Escândalo da Compra de Votos Para Emenda da Reeleição
9. Escândalo da Venda da Companhia Vale do Rio Doce (CVRD)
10. Escândalo da Previdência
11. Escândalo da Administração do PT (primeira denúncia contra o
Partido dos Trabalhadores desde a fundação em 1980, feito pelo militante do
partido Paulo de Tarso Venceslau)
12. Escândalo dos Precatórios
13. Escândalo do Banestado
14. Escândalo da Encol
15. Escândalo da Mesbla
16. Escândalo do Banespa
17. Escândalo da Desvalorização
do Real
18. Escândalo dos Fiscais de São Paulo (ou Máfia dos Fiscais)
19. Escândalo da Mappin
20. Dossiê Cayman (ou Escândalo do Dossiê Cayman ou Escândalo do
Dossiê Caribe)
21. Escândalo dos Grampos Contra FHC e Aliados
22. Escândalo do Judiciário
23. Escândalo dos Bancos
24. CPI do Narcotráfico
25. CPI do Crime Organizado
26. Escândalo de Corrupção dos Ministros no Governo FHC
27. Escândalo da Banda Podre
28. Escândalo dos Medicamentos (grande número de denúncias de
remédios falsificados ou que não curaram pacientes)
29. Quebra do
Monopólio do Petróleo (criação da ANP)
30. Escândalo da Transbrasil
31. Escândalo da Pane DDD do Sistema Telefônico Privatizado (o
"Caladão ")
32. Escândalo dos Desvios de Verbas do TRT-SP (Caso Nicolau dos
Santos Neto , o " Lalau")
33. Escândalo da Administração da Roseana Sarney (Maranhão)
34. Corrupção na Prefeitura de São Paulo (ou Caso Celso Pitta)
35. Escândalo da Sudam
36. Escândalo da Sudene
37. Escândalo do Banpará
38. Escândalo da Quebra do Sigilo do Painel do Senado
39. Escândalos no Senado em 2001
40. Escândalo da Administração de Mão Santa 41. Caso Lunus (ou Caso Roseana Sarney)
42. Acidentes Ambientais da Petrobrás
43. Abuso de Medidas Provisórias (5.491)
44. Escândalo do Abafamento das CPIs no Governo do FHC
Governo Lula ( Luiz Inácio Lula da Silva ) (desde 2003 e ainda faltam 3
anos e 1/2…)
Este artigo ou seção é sobre um evento atual.
A informação apresentada pode mudar rapidamente. Sábado, 16 de Junho de
2007

1. Caso Pinheiro Landim
2. Caso Celso Daniel
3. Caso Toninho do PT
4. Escândalo dos Grampos Contra Políticos da Bahia
5.
Escândalo do Proprinoduto (também conhecido como Caso Rodrigo Silveirinha )
6. CPI do Banestado
7. Escândalo da Suposta Ligação do PT com o MST
8. Escândalo da Suposta Ligação do PT com a FARC
9. Privatização das Estatais no Primeiro Ano do Governo Lula
10. Escândalo dos Gastos Públicos dos Ministros
11. Irregularidades do Fome Zero
12. Escândalo do DNIT (envolvendo os ministros Anderson Adauto e
Sérgio Pimentel)
13. Escândalo do Ministério do Trabalho
14. Licitação Para a Compra de Gêneros Básicos
15. Caso Agnelo Queiroz (O ministro recebeu diárias do COB para os
Jogos
Panamericanos)
16. Escândalo do Ministério dos Esportes (Uso da estrutura do
ministério para organizar a festa de aniversário do ministro Agnelo
Queizoz)
17. Operação Anaconda
18. Escândalo dos Gafanhotos (ou Máfia dos Gafanhotos)
19. Caso José Eduardo Dutra
20. Escândalo dos Frangos (em Roraima)
21. Várias Aberturas de Licitações da Presidência da República Para
a Compra de Artigos de Luxo
22. Escândalo da Norospar (Associação Beneficente de Saúde do
Noroeste do Paraná)
23. Expulsão dos Políticos do PT
24. Escândalo dos Bingos (Primeira grave crise política do governo
Lula) (ou Caso Waldomiro Diniz)
25.
Lei de Responsabilidade Fiscal (Recuos do governo federal da LRF )
26 Escândalo da ONG Ágora
27. Escândalo dos Corpos (Licitação do Governo Federal para a compra
de 750 copos de cristal para vinho, champagne, licor e whisky )
28. Caso Henrique Meirelles
29. Caso Luiz Augusto Candiota (Diretor de Política Monetária do BC,
é acusado de movimentar as contas no exterior e demitido por não explicar a
movimentação)
30. Caso Cássio Caseb 


NOTICIAS DO DIA:
 

O empresário Oscar Maroni Filho, proprietário da casa de diversões masculinas Bahamas, na zona sul de São Paulo, é uma figura polêmica que fala abertamente daquilo que outros mantêm em segredo. Define-se como um "empresário do erotismo", antes de emendar que já dormiu com 1.500 mulheres. Foi processado sete vezes por facilitação à prostituição e preso em três ocasiões, mas foi absolvido em todos os casos. "Eu sou imoral, devasso, depravado, se você preferir, mas pago meus impostos e estou em situação legal", afirma.

Tanta controvérsia em uma mesma pessoa o transformou no bode expiatório ideal do acidente com o Airbus A320 da TAM, com 199 mortos. Cinco dias depois do acidente, Maroni recebeu a visita do subprefeito da Vila Mariana, Fabio Lepique, junto com uma equipe de fiscais, para fazer a medição do Oscar?s Hotel, prédio vizinho ao Bahamas, que começou a ser construído em 1999. Acompanhava os fiscais da subprefeitura uma equipe de televisão.

Maroni estranhou a visita. Afinal, ele aguardava desde outubro de 2005 uma definição da Prefeitura sobre a situação do prédio. O problema não era a altura do imóvel, 50 centímetros abaixo do que o limite de 47,5 metros autorizado pela Aeronáutica.

Assim como mais da metade dos imóveis na cidade, o projeto original tinha problemas com as leis urbanísticas. A interligação da área do hotel com uma cozinha construída no prédio vizinho de três andares e o Bahamas não estava no projeto original.

O empresário procurava a anistia do imóvel apoiado em uma lei aprovada em 2003. O pedido foi apresentado à Secretaria de Habitação, que havia um ano e nove meses não tomava uma decisão a respeito da regularidade do imóvel. Tamanha lentidão levou o empresário a entrar com um pedido de tutela antecipada na Justiça – obtido em maio -, para evitar que a Prefeitura tomasse qualquer medida contra as obras.

A burocracia municipal só começou a funcionar depois do acidente da TAM. Na quinta-feira, quatro dias depois de um piloto criticar a altura do prédio na televisão, o prefeito, dois secretários e um subprefeito foram embargar as obras pessoalmente. No sábado, o prefeito Gilberto Kassab deu cinco dias para que o empresário adotasse as providências legais para demolição do hotel. O despacho acaba com a chance de o prédio ser regularizado na Prefeitura.

O prefeito alega que o prédio ultrapassou o limite máximo de aproveitamento do solo permitido na Lei de Zoneamento, além de o IV Comando Regional da Aeronáutica (IV Comar) ter autorizado a construção com base em uma atividade diferente da apresentada à Prefeitura. O IV Comar rejeitou inicialmente a construção de um flat residencial em dezembro de 1999, mas autorizou a obra em maio de 2000, após Maroni apresentar um projeto de tratamento acústico e de iluminação no topo do prédio.

"A ausência de despacho significa que ele já estava indeferido. Foi constatada a irregularidade de 2 mil metros quadrados a mais do previsto pelo projeto e quando houve a denúncia do piloto (exibida pelo ?Fantástico?, da TV Globo) mostrando que o prédio diminuía a área de funcionamento da pista de pouso em 130 metros, fomos identificar as razões da denúncia e constatamos que o cidadão (Maroni) cometeu fraudes. Nossa proposta é a demolição do prédio", disse Kassab, ontem.

O desembargador Venício Salles, do Tribunal de Justiça (TJ), vê a movimentação do prefeito com preocupação. Em maio deste ano, Salles concedeu a Maroni a tutela antecipada garantindo ao empresário a permanência das obras. "Pelas informações que colhemos até agora, o empresário tem o direito a ser anistiado", afirma Salles.

Antes de tomar a decisão, Salles ligou para o comando da Aeronáutica, que garantiu que o hotel não colocava os aviões em risco. A polêmica em torno do prédio dizia respeito a questões de zoneamento, às quais a legislação da anistia previa perdão. "Atualmente, dois terços da cidade são irregulares. As leis são complicadas, incompreensíveis e dificultam a legalização", afirma Salles.

No despacho em que concedeu a tutela antecipada a Maroni, o desembargador escreveu: "Quanto ao descabido emparedamento ou colocação de pedras de concreto que seguramente recebem aplausos daqueles que apoiaram o resultado do julgamento de Jesus, o ato não encontra apoio ou fundamento na Carta Maior".

Segundo Salles, o lacre – previsto para empreendimentos que já estão funcionando, o que não é o caso do hotel – não poderia ter sido feito se a decisão tivesse sido tomada a partir do indeferimento da anistia. Justamente o argumento da Prefeitura. "Caso tenha acontecido isso, houve um descumprimento da ordem judicial por parte da Prefeitura, que deve ser acionada no Ministério Público", afirma Salles.(imoral mesmo é quem não cansa de roubar o BRASIL isso sim)

RIO - Moradores do Morro da Cotia, na zona norte do Rio de Janeiro, depredaram e incendiaram dois ônibus em protesto contra a morte de um estudante de direito, na noite desta terça-feira. Houve vazamento de óleo diesel e o fogo se alastrou, atingindo quatro carros que estavam estacionados. A Estrada Grajaú-Jacarepaguá ficou fechada por cerca de 4 horas nos dois sentidos. 
Segundo parentes, William Alves Barbosa, de 25 anos, conversava com amigos numa quadra de futebol no Morro da Cotia, quando quatro homens chegaram num Peugeot preto, sem placa, e dispararam contra o rapaz. Barbosa foi atingido na barriga e morreu no local. Moradores acusam policiais de terem feito os disparos. Segundo a família, Barbosa era estudante da Universidade Estácio de Sá e fazia estágio num escritório de advocacia no Centro da cidade.

"Não temos informações sobre passagens do jovem pela polícia. Pelo que soubemos, ele é trabalhador. Mas também não temos nada que indique o envolvimento de policiais. O episódio tem características de execução", afirmou o comandante do 6.º Batalhão (Tijuca), tenente-coronel Roberto Alves de Lima. 

Lima estava no local acompanhando o trabalho de 50 policiais que foram deslocados para a área a fim de evitar novos protestos de moradores. Até as 23h30 os veículos não haviam sido rebocados e o trânsito continuava interditado nas duas pistas(ninguem morre atoa a não ser em tiroteio por uma bala perdida,o jovem poderia estar devendo algo,ou bronca antiga,é preciso investigar,mas o que os carros e onibus tem a ver? e se tivesse alguem dentro de um onibus ou carro e morresse queimado?  

O programa Paternidade Responsável, do governo do Estado, intimou homens de Araçoiaba da Serra, Salto de Pirapora e Sorocaba a comparecerem ao Fórum de Sorocaba neste domingo (05) para assumirem ou negarem a paternidade de 455 crianças e adolescentes residentes nas três cidades.

O levantamento das crianças que não têm paternidade reconhecida foi feito com base em informações das Delegacias de Ensino de todo o Estado. Em Sorocaba, foram levantadas que nos registros escolares de mais de 5 mil crianças consta apenas o nome da mãe.

O Diretor de Serviços da 1ª Vara da Família de Sorocaba, Mauro Rodrigo, explica que no domingo comparecerão apenas os supostos pais que residem em Sorocaba. Cerca de 300 homens que estão em outras cidades da regiãoserão convocados por carta precatória para serem ouvidos nos próximos meses.

Rodrigo explica também que os cinco mil nomes de jovens sem reconhecimento de paternidade compreendem apenas os alunos da rede estadual de ensino. Os os casos envolvendo alunos da rede municipal serão analisados numa segunda fase.

O programa Paternidade Responsável, que pretende identificar os pais de milhares de jovens em todo o Estado. Graças ao projeto, até o dia 28 de junho passado, foram feitas 31.758 solicitações de indicação de suposto pai em 495 cartórios dos municípios de todo Estado de São Paulo.

Inicialmente, o projeto visa atender alunos da rede estadual, mas vai ser expandido para atender também crianças fora da idade escolar em todo o Estado.

Desfechos possíveis
Caso o homem intimado reconheça ser o pai, a situação será regularizada por um dos 16 juízes que estarão trabalhando no mutirão. Caso ele considere ser o pai, mas não tenha certeza, a Justiça poderá determinar a realização de exame de DNA. Numa terceira hipótese – se o homem negar ser o pai – as mulheres serão orientadas a iniciarem processo judicial.(deveriam criar um site,para denunciar estas canalhas que não assumem seus filhos,com foto e tudo)

Os vereadores de Sorocaba gastaram mais de 33% das despesas de gabinete com combustível. A porcentagem refere-se aos primeiros cinco meses de atividades da Câmara Municipal, em 2007. Os dados levados em consideração estão discriminados no jornal oficial “Município de Sorocaba”.

De acordo com o levantamento, em cinco meses, os 20 parlamentares sorocabanos gastaram exatos R$ 100.838,38 com despesas de gabinete, chegando à uma média aproximada de R$ 20,167 mil por mês.

Desse montante, a saída de R$ 33.687,52 foram relativas ao abastecimento de veículos. No mês de março, o combustível foi o que mais consumiu dinheiro no Legislativo: R$ 7.411,91.

Já as despesas com os materiais de escritório ficaram com outros 29,66% do total gasto no primeiro semestre. A porcentagem é equivalente à R$ 29.916,36 do total.

Outros 18,08%, ou R$ 18.232,5, foram gastos com postagens feitas pelos funcionários dos gabinetes. Os 18,86% restantes, ou R$ 18.163,62, ficaram por conta de despesas com cópias de documentos.

Quem gasta mais
O vereador Júlio César (PDT) foi quem teve mais despesas durante os cinco primeiros meses deste ano, totalizando R$ 9.009,89. Em março, o vereador gastou R$ 2.036,52 com as atividades de seu gabinete.

Logo em seguida, aparecem Cláudio do Sorocaba I (PR), com R$ 7.461,81; e Arnô Pereira (PT), com um total de gastos que chegou a R$ 6.974,45.

Quem gasta menos
Em contrapartida, também existem os vereadores “econômicos”. A lista é encabeçada pelo vereador Marinho Marte (DEM). Em cinco meses ele gastou apenas R$ 347,63 com o seu gabinete.

Logo em seguida aparecem Francisco Moko Yabiku (PSDB), com R$ 2.681,65 e Tânia Bacelli (PT), com R$ 2.910,67.

PR é o que tem mais despesas na Câmara
O PR (Partido da República) é o que tem a maior média de gastos com gabinetes na Câmara Municipal de Sorocaba, em cinco meses de 2007: R$ 6.677,36.

O PT (Partido dos Trabalhadores) aparece em segundo com maior despesa: R$ 4.741,1. Em terceiro vem o PSDB, com R$ 4.489,94.

Foram levados em consideração apenas os partidos que possuem dois ou mais vereadores na Câmara.

Balanço da Câmara

* Quem mais gastou

1º) Júlio César: R$ 9.009,89

2º) Gervino Gonçalves: R$ 7.461,81

3º) Arnô Pereira: R$ 6.974,45

4º) Hélio Godoy: R$ 6.676,48

5º) Ditão Oleriano: R$ 6.508,13

6º) Moacir Luís: R$ 6.031,46

7º) Irineu Toledo: R$ 5.892,91

8º) Neusa Maldonado: R$ 5.529,35

9º) Antônio Sérgio Ismael: R$ 5.391,2

10º) Carlos Cezar: R$ 5.182,96

* Quem menos gastou

1º) Marinho Marte: R$ 347,63

2º) Moko Yabiku: R$ 2.681,65

3º) Tânia Bacelli: R$ 2.910,67

4º) Paulo Mendes: R$ 2.958,77

5º) Jessé Loures: 3.264,87

6º) Francisco França: R$ 3.688,15

7º) Waldomiro de Freitas: R$ 3.811,1

8º) José F. Martinez: R$ 3.964,88

9º) Francisco Perotti: R$ 4.614,36

10º) João Donizete: R$ 4.636,76(muito gasto não?)

O programa Paternidade Responsável, do governo do Estado, intimou homens de Araçoiaba da Serra, Salto de Pirapora e Sorocaba a comparecerem ao Fórum de Sorocaba neste domingo (05) para assumirem ou negarem a paternidade de 455 crianças e adolescentes residentes nas três cidades.

O levantamento das crianças que não têm paternidade reconhecida foi feito com base em informações das Delegacias de Ensino de todo o Estado. Em Sorocaba, foram levantadas que nos registros escolares de mais de 5 mil crianças consta apenas o nome da mãe.

O Diretor de Serviços da 1ª Vara da Família de Sorocaba, Mauro Rodrigo, explica que no domingo comparecerão apenas os supostos pais que residem em Sorocaba. Cerca de 300 homens que estão em outras cidades da regiãoserão convocados por carta precatória para serem ouvidos nos próximos meses.

Rodrigo explica também que os cinco mil nomes de jovens sem reconhecimento de paternidade compreendem apenas os alunos da rede estadual de ensino. Os os casos envolvendo alunos da rede municipal serão analisados numa segunda fase.

O programa Paternidade Responsável, que pretende identificar os pais de milhares de jovens em todo o Estado. Graças ao projeto, até o dia 28 de junho passado, foram feitas 31.758 solicitações de indicação de suposto pai em 495 cartórios dos municípios de todo Estado de São Paulo.

Inicialmente, o projeto visa atender alunos da rede estadual, mas vai ser expandido para atender também crianças fora da idade escolar em todo o Estado.

Desfechos possíveis
Caso o homem intimado reconheça ser o pai, a situação será regularizada por um dos 16 juízes que estarão trabalhando no mutirão. Caso ele considere ser o pai, mas não tenha certeza, a Justiça poderá determinar a realização de exame de DNA. Numa terceira hipótese – se o homem negar ser o pai – as mulheres serão orientadas a iniciarem processo judicial.(deveriam criar um site,para denunciar estas canalhas que não assumem seus filhos,com foto e tudo)

Os vereadores de Sorocaba gastaram mais de 33% das despesas de gabinete com combustível. A porcentagem refere-se aos primeiros cinco meses de atividades da Câmara Municipal, em 2007. Os dados levados em consideração estão discriminados no jornal oficial “Município de Sorocaba”.

De acordo com o levantamento, em cinco meses, os 20 parlamentares sorocabanos gastaram exatos R$ 100.838,38 com despesas de gabinete, chegando à uma média aproximada de R$ 20,167 mil por mês.

Desse montante, a saída de R$ 33.687,52 foram relativas ao abastecimento de veículos. No mês de março, o combustível foi o que mais consumiu dinheiro no Legislativo: R$ 7.411,91.

Já as despesas com os materiais de escritório ficaram com outros 29,66% do total gasto no primeiro semestre. A porcentagem é equivalente à R$ 29.916,36 do total.

Outros 18,08%, ou R$ 18.232,5, foram gastos com postagens feitas pelos funcionários dos gabinetes. Os 18,86% restantes, ou R$ 18.163,62, ficaram por conta de despesas com cópias de documentos.

Quem gasta mais
O vereador Júlio César (PDT) foi quem teve mais despesas durante os cinco primeiros meses deste ano, totalizando R$ 9.009,89. Em março, o vereador gastou R$ 2.036,52 com as atividades de seu gabinete.

Logo em seguida, aparecem Cláudio do Sorocaba I (PR), com R$ 7.461,81; e Arnô Pereira (PT), com um total de gastos que chegou a R$ 6.974,45.

Quem gasta menos
Em contrapartida, também existem os vereadores “econômicos”. A lista é encabeçada pelo vereador Marinho Marte (DEM). Em cinco meses ele gastou apenas R$ 347,63 com o seu gabinete.

Logo em seguida aparecem Francisco Moko Yabiku (PSDB), com R$ 2.681,65 e Tânia Bacelli (PT), com R$ 2.910,67.

PR é o que tem mais despesas na Câmara
O PR (Partido da República) é o que tem a maior média de gastos com gabinetes na Câmara Municipal de Sorocaba, em cinco meses de 2007: R$ 6.677,36.

O PT (Partido dos Trabalhadores) aparece em segundo com maior despesa: R$ 4.741,1. Em terceiro vem o PSDB, com R$ 4.489,94.

Foram levados em consideração apenas os partidos que possuem dois ou mais vereadores na Câmara.

Balanço da Câmara

* Quem mais gastou

1º) Júlio César: R$ 9.009,89

2º) Gervino Gonçalves: R$ 7.461,81

3º) Arnô Pereira: R$ 6.974,45

4º) Hélio Godoy: R$ 6.676,48

5º) Ditão Oleriano: R$ 6.508,13

6º) Moacir Luís: R$ 6.031,46

7º) Irineu Toledo: R$ 5.892,91

8º) Neusa Maldonado: R$ 5.529,35

9º) Antônio Sérgio Ismael: R$ 5.391,2

10º) Carlos Cezar: R$ 5.182,96

* Quem menos gastou

1º) Marinho Marte: R$ 347,63

2º) Moko Yabiku: R$ 2.681,65

3º) Tânia Bacelli: R$ 2.910,67

4º) Paulo Mendes: R$ 2.958,77

5º) Jessé Loures: 3.264,87

6º) Francisco França: R$ 3.688,15

7º) Waldomiro de Freitas: R$ 3.811,1

8º) José F. Martinez: R$ 3.964,88

9º) Francisco Perotti: R$ 4.614,36

10º) João Donizete: R$ 4.636,76(muito gasto não?)

http://www1.folha.uol.com.br/folha/brasil/ult96u316710.shtml  RANAN VACALHEIROS E SEU IRMÃO SÃO ACUSADOS DE GRILAR TERRAM EM ALAGOAS.(vamos ver ele sair desta agóra se bem q??)

http://noticias.terra.com.br/brasil/interna/0,,OI1802156-EI5030,00.html  ja são 8 mortos na guerra no RJ.(pois é o rio voltou a sua normalidade)

noticias do mundo: http://br.noticias.yahoo.com/s/31072007/40/saude-jogo-online-preciso-matar-politicos-sucesso-na-china.html  jogo em que se tem de matar politicos corruptos faz sucesso na CHINA.(e aqui faria sucesso tb?)


confissões num banheiro :

ouca agóra uma conversa entre duas estudantes num banheiro da puc ano passado a conversa comeca em sexo e termina em pum ejam: http://www.videopop.com.br/marceloko/8133


novidades de filmes:  01/08/2007 11:30 – publicado por vigilante  [ Alterar ]   [ Excluir ]  

NOVIDADES DE FILMES:

atencão gente, se vc gosta de filmes de vampiros então se liga dia 30 de novembro estéria aqui no BRASIL 30 dias de escuridão,que conta sobre uma cidade do LASCA onde escurece durante 1 mes direto,sem sol,ai os vampiros atacam pra valer, Vale a pena dar uma olhada clicando aqui.

pintou  um clip de JOGOS MORTAIS 4 sem data de estréia aqui por enquanto  Quer ver? Clique aqui.

 

About these ads

2 comentários sobre “ESCÃNDALOS DO BRASIL ONTEM E HOJE

  1. Welcome to enter (wow gold) and (wow power leveling) trading site, (wow gold) are cheap, (wow power leveling) credibility Very good! Quickly into the next single! Key words directly to the website click on transactions!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s