BRASILEIRA SUJA O BRASIL LA FÓRA

Foto de príncipe William causa polêmica (CLIQUE E leia a a noticia completa) 
O The Sun traz uma reportagem sobre uma brasileira que teria sido "apalpada" pelo príncipe William. Leia mais  A poucos dias no orkut,uma brasileira reclamou que chegou num lugar,não me lembro qual pais,me parece que ela tava num bar coisa ssim,e um cara ja foi passando a mão nela quando ela disse que era brasileira.

ESTA é a imagem da mulhér la fóra,agóra nos vemos uma zinha com um principe,ela passando a mão em seu seio,não venha com desculpa pela bebida,não veha dizer depois que o jornal inventou o que ela teria dito,que tudo ali é mentira,o estrago ja ta feito,se ele fosse um qualquér ela jamais teria se aproximado,ta se acahndo o q? que poderia virar princesa? ahahah ,tudo bem ela é maiór vacinda (acho),tem o direito de fazer o quér se quisér ter uma noite com ele se quisér faca,mas faca escondido,sabe que ali tem paparazzi,claro que fez isso pra se aparecer,mas olha a maneira,depois sóbra para as outras que vão ao exterior para coisas sérias.

TOMA jeito mulherada.

 

NOTICIAS DO DIA

Os segurados da Previdência Social que querem se aposentar mais rápido podem procurar o posto do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) localizado dentro do Shopping Eldorado. Segundo servidores da agência, o benefício é liberado entre 15 e 20 dias a partir da data de entrega da documentação requerida. Este foi o menor prazo encontrado pelo JT, que percorreu 15 agências da Capital.

Já os moradores da Zona Leste da Cidade devem ficar atentos: na unidade da Mooca, as pessoas esperam em média dois anos para conseguir o dinheiro – o prazo mais longo entre as agências pesquisadas pela reportagem.

De acordo com a legislação vigente, o governo tem um prazo de até 45 dias para liberar o benefício – depois disso, os segurados devem receber o dinheiro com a correção dos valores em atraso. Em São Paulo, boa parte dos postos demora mais do que esse período para conceder a aposentadoria.

Um dos motivos, segundo a própria Previdência Social, é a falta de servidores para avaliar os requerimentos, o que contribui para o acúmulo de processos nas agências. É o caso do posto da Mooca. Conforme informou um dos servidores da agência, há dois mil processos represados na unidade, o que impede a liberação das aposentadorias. Normalmente, informou o funcionário, a espera pelo benefício dura em média dois anos.

A outra razão apontada pelo INSS é que nem sempre a documentação apresentada pelos segurados está precisa. A Previdência esclarece que, muitas vezes, a pessoa leva à agência uma carteira de trabalho ou outros papéis rasurados, o que força o governo a avaliar com cautela a autenticidade dos dados.

Em outros casos, a empresa em que o segurado trabalhava cometeu falhas nos recolhimentos, e fechou as portas depois. Nestas situações, o INSS precisa destacar um funcionário para procurar na Junta Comercial do Município quem administra a massa falida para, em seguida, procurar os documentos com o responsável.

Quem quiser acelerar a liberação da aposentadoria pode procurar qualquer posto do INSS. Contudo, após dar entrada no benefício em determinada agência, tudo deverá ser feito por meio dela, ou seja, o segurado deverá se dirigir ao local toda vez que precisar da Previdência.

De qualquer forma, a unidade do Shopping Eldorado é a melhor opção para conseguir o dinheiro com mais rapidez – segundo os servidores, o posto não trabalha com todos os benefícios, portanto, tem uma demanda menor. No local, a aposentadoria é liberada entre 15 e 20 dias após o requerimento.

A situação é semelhante na unidade Voluntários da Pátria: o posto trabalha apenas com a concessão de aposentadorias, que são liberadas em até 30 dias. Já no posto da Água Branca, não há sequer previsão.De qualquer forma, caso a pessoa tenha toda a documentação em ordem no dia da entrega – e se tiver trabalhado em poucas empresas ao longo da vida – a aposentadoria pode sair na mesma hora.(SEM falar que todo ano tem greve dos servidores,ai o aposentado leva na cabeca de vez.)

http://br.noticias.yahoo.com/s/25032007/25/manchetes-brasil-maiores-fabricantes-armas-pequenas.html  BRASIL ESTA ENTRE OS MAIÓRES FABRICANTES DE ARMAS CLIQUEM E VEJAM.

http://ultimosegundo.ig.com.br/bbc/2007/03/26/fui_vendida_a_alemanha_como_escrava_sexual_diz_brasileira_728410.html  URGENTE ATENCÃO MOCOILAS,BRASILEIRA CONTA COMO FOI VENDIDA COMO ESCRAVA SEXUAL NA EUROPA,LEIAM .

http://noticias.terra.com.br/brasil/interna/0,,OI1507426-EI5030,00.html  BRASIL tem mais foragidos do que presos.

NOTICIAS DO MUNDO:Reuters

Restaurante na região de Frankfurt alerta seus clientes para a proibição dos cigarros nos estabelecimentos comerciais da Alemanha.

VAMOS ACORDAR GENTE VEJAM ESTES ABSURDOS E REPASSEM

Amazônia
Brasileiros, digam não à venda da Amazônia!!! ESSA TERRA TEM DONO.!!!
Acesse: www.guardioesdafloresta.org

Esta comunidade foi criada com o objetivo de mostrar aos brasileiros que temos a maior riqueza do mundo "AMAZONIA" e que temos o dever de lutar por ela e dar o valor que ela merece. Afinal de contas, a maior reserva natural do mundo é do BRASIL, isto é nosso. Desta forma, se cada um fizer sua parte a Amazônia jamais deixará de ser nossa. Por isso, mãos à massa e vamos a luta:
O presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em 02/03/2006, sancionou o projeto de lei 4.776/05 (que originou a Lei Número 11.284, de 2 de março de 2006), que regulamenta a gestão de florestas públicas. Agora Brasileiros e Brasileiras, se este absurdo vier a ser posto em prática, PASMEM, brevemente, se tem notícias, serão internacionalizadas/privatizadas as Unidades de Conservação "Florestas Nacionais" e/ou "Florestas Estaduais;" e na seqüência as áreas fora de unidades de conservação serão internacionalizadas/privatizadas por meio de concessões, nossa Floresta Amazônica, objetivo final dos EUA, dos ingleses, dos alemaes e de seus aliados. OU você acha que na recente visita de BUSH ao Brasil somente foram discutidos planos e acordos sobre a produção de álcool? E quando LULA vai aos EUA, e se hospeda na casa de BUSH, você não concorda, não suspeita de que devem de ser discutidos inúmeros assuntos, via de regra maléficos ao BRASIL, e benéficos aos EUA, como a privatização da AMAZÔNIA tanto almejada pelos EUA..!! Assuntos estes que nós brasileiros só ficaremos sabendo tarde demais……..

A AMAZÔNIA É NOSSA!!!!
VAMOS DEFENDER NOSSO TERRITÓRIO, NOSSO PAÍS DESSES IMPERIALISTAS, DOS EUA E SEUS ALIADOS. ELES (NOS EUA) JÁ ENSINAM AS CRIANÇAS DE SUAS ESCOLAS QUE A AMAZÔNIA JÁ NÃO É MAIS TERRITORIO DE PROPRIEDADE BRASILEIRA E DE NOSSOS VIZINHOS, DIZEM QUE PERTENCE AOS EUA E AS NAÇÕES DO MUNDO. MAS NÃO, NÃO DEIXAREMOS QUE NOS TIREM ESSA SAGRADA PARTE DO NOSSO PAÍS…
DIGA NÃO A INTERNACIONALIZAÇÃO DA AMAZÔNIA!!! DIGA NÃO AO IMPERIALISMO EUA

 
projeto maligno vejam urgente
é vdd esse projeto ???
LEI FEDERAL – URGENTE
URGENTE, URGENTE
Vejam o escárnio que um deputado federal está propondo. Por favor,
alastremos este e-mail pela internet o mais rápido possível.
Leiam…
******************************************

Olhem o Absurdo !!!!!

A fonte é boa. Vejam no final quem assinou.

Independentemente de orientação política, é preciso estar atento ao que
anda acontecendo no Congresso Nacional.
Divulgue!!!

Mande para pessoas formadoras de opinião.

Chega de sermos otários.

A internet está dando resultado. Temos um poderoso meio de comunicação
na mão.
Vocês viram a Petrobrás baixando os preços dos combustíveis?
A internet pressionou muito divulgando para que boicotássemos os Postos
BR (Petrobrás).

Precisamos mostrar que o povo tem força e luta pelos direitos e uso
correto do dinheiro público.
Tem certas coisas que só dependem de nós, e este absurdo não podemos
deixar.

Atenção:

Um deputado chamado Jutahy Magalhães, do PFL da Bahia, é o autor de um
projeto de lei que legaliza a corrupção em nosso país (que parece não
ser muita!).

O projeto, conforme matéria da Rede Globo, proíbe o Ministério Público
de investigar atos de corrupção de Presidente da República,
Governadores de Estados, Senadores, Deputados Federais, Deputados Estaduais e
Prefeitos.

De acordo com a nova lei, que já foi aprovada em primeiro turno no
congresso, esse pessoal aí vai deitar
e rolar com o dinheiro público sem serem importunados.

Então, caros internautas, vamos espalhar esse assunto para toda a rede.
Vamos pressionar de todas as formas possíveis, para que essa lei
absurda e imoral não seja aprovada.

Vamos nos utilizar de todos os meios disponíveis:
televisão, rádios, jornais etc. etc.

O Brasil e o Povo Brasileiro não pode, de forma alguma, aceitar isso:
que meia dúzia de parlamentares mal intencionados (o que parece ser o
caso do tal Jutahy) legalizem a corrupção e a bandalheira em nosso País.
Aqueles q souberem maiores detalhes favor nos avisem

 
 

DICAS DE FILMES

 PUMPKIN CARVER A NOVA FACE DO TERROR/TERROR/EUA:NA noite de hallowenn,garoto ve sua irmã ser atacada por um mascarado,ele o mata,mas era apenas o namorado dela fazendo uma brincadeira,para esquecer tudo eles se mudam para uma cidade um ano depois,vão para uma fazenda junto de amigos para brincarem numa festa de halloween,mas um assassino usando uma horrivel mascara aparece e comeca a matar um por um. 
 PRINCESA AURORA/SUSPENSE POLICIAL/CORÉIA DO SUL:UMA mulhér é assassinada num shopping,durante as investigacões um dos policiais descobre que sua ex mulhér é a asssssina,mas ele omite a informacão para seus colégas, enquanto isso ela comeca matar outras pessoas,ele tenta enterder o pq disso, ja que eles tiveram uma filha assassinada por um maniaco que se encontra presonum manicomio,pq sua ex esposa estaria matando pessoas que nada tem a ver?  
    26/03/2007 10:58 – publicado por vigilante  [ Alterar ]   [ Excluir ]  

TREM FANTASMA/TERROR/EUA:DUAS ADOLESCENTES são mórtas por um maniaco dentro de um trem fantasma,o parque é fechado,anos depois um grupo de jóvens,descidem entrar no brinquedo só para zoeira,mas o maniaco que havia escapado do manicomio está la dentro.

ATENCÃO:A PIRATARIA SONÉGA IMPOSTOS,MAS VC NÃO TEM COMO FAZER ISSO,ENTÃO DIGA NÃO AOS PIRATAS.

NOTICIAS DO DIA

 A droga mais consumida nas escolas paulistanas não é maconha ou cocaína. Um levantamento do Centro Brasileiro de Informações Sobre Drogas Psicotrópicas (Cebrid), ligado à Unifesp, detectou que, entre 3.522 alunos do ensino fundamental e médio, 19,7% já usaram algum alterador de consciência. Não entram na conta cigarro e bebida alcoólica. Dos que admitiram ter experimentado alguma substância ilícita, o solvente lidera a lista das preferências, citado por 16,3% dos entrevistados.

O número supera, inclusive, a soma dos índices para maconha, cocaína, crack e anfetamina. Juntos, os narcóticos tidos como mais populares só chegam a 11,8% do total. O quadro será um dos temas abordados pelo Cebrid hoje no 1º Encontro de Educação da Capital, promovido pela Associação Brasileira Multidisciplinar de Estudos sobre Drogas (Abramd). O objetivo é discutir políticas de ação e prevenção do uso de substâncias tóxicas pelos estudantes.

Na última semana, a reportagem fez o seguinte teste: uma jovem repórter, vestida com um uniforme oficial da Escola Estadual Professor Mauro de Oliveira, na Rua Pedro Soares de Almeida, Vila Anglo Brasileira (Pinheiros), foi até uma loja de material de construção a dois quarteirões da unidade de ensino. Lá, mesmo se passando por uma aluna da escola vizinha, a jornalista comprou uma lata de tíner por R$ 8,50.

“Vou parar de vender essa coisa porque a menina tá comprando para cheirar”, disse o vendedor. Com o objetivo de ser fotografada com o produto na saída, a repórter ainda pediu para que a lata não fosse embrulhada. E o vendedor sugeriu: “Se eu fosse você, colocava num saco. Os meninos podem te assaltar, mas não pelo dinheiro. É pelo tíner mesmo.”

Teoricamente, o comportamento do lojista ignora o artigo 81 do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) – que proíbe a “venda à criança ou ao adolescente de produtos cujos componentes possam causar dependência física ou psíquica” – e principalmente a resolução 345 da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). A norma, expedida em dezembro de 2005, entre várias determinações, resolve em seu artigo 3º que no momento da venda de solventes, mesmo para maiores de 18 anos, devem ser preenchida uma ficha “na qual deve constar os dados do estabelecimento comercial, a data da venda, o produto objeto da venda, a sua marca e o seu respectivo número de controle de identificação e o número da nota fiscal de venda; bem como a qualificação do comprador (número do RG ou do cadastro C.P.F.)”.

Nada disso aconteceu – longe da teoria. A assessoria de imprensa da Anvisa informou que, sim, a legislação está em vigor, deveria ser seguida, e sua implementação precisa ser fiscalizada pelas vigilâncias sanitárias municipais e estaduais. (ACHO que o unico jeito vai ser fazer a pessoa provar que prescisa deste solvente,mas acontece que são muitas lójas e a fiscalizacão é muito precária,mais uma vez vale o controle dos pais e da escóla.)

Com um olho na recuperação da imagem institucional das Polícias Civis e outro no resultado do combate à criminalidade, uma megaoperação foi deflagrada ontem em 25 Estados e no Distrito Federal. Cerca de 30 mil delegados e investigadores foram às ruas atrás de ladrões, seqüestradores, homicidas, traficantes e outros tipos de criminosos.

Só em São Paulo foram cumpridos 1.395 mandados de busca e apreensão. Pelo menos 2 mil pessoas foram presas no País ontem, a maioria pelos policiais paulistas – 1.894 detidos. Hoje, existem em São Paulo 85 mil mandados de prisão para 60 mil pessoas. ‘Essa ação não é para confrontar ninguém, nem a Polícia Federal’, disse o delegado-geral da Polícia Civil de São Paulo, Mário Jordão. Ele se referia ao modelo da operação, que lembra as organizadas pela PF para combater quadrilhas.

Foi a primeira operação do gênero na história das polícias estaduais no País. Foi também a maior ação policial já realizada no Brasil. ‘A idéia era articular as várias polícias, dar motivação e aproximá-las da população’, disse Jordão. Um dos idealizadores da ação, ele é o presidente do Conselho Nacional de Delegados Gerais de Polícia. Foi na sua eleição para o cargo, há 45 dias, que surgiu a idéia da operação.

A ação da polícia não foi dirigida contra uma quadrilha específica, mas contra dezenas de grupos criminosos investigados pelas Polícias Civis. Em São Paulo, cada delegacia planejou sua operação para que todos participassem do esforço coordenado pela Delegacia Geral de Polícia Civil. De acordo com o balanço provisório, três pessoas foram mortas no Estado ao reagir à abordagem policial.

No Rio, 54 pessoas foram presas e, no Espírito Santo, 74. No Distrito Federal, 43 pessoas foram detidas. Minas Gerais, o único Estado a não participar da ação, informou que preferiu fazer em separado suas próprias ações contra o crime.

A Polícia Militar também organizou outra operação batizada de ‘Grande Envergadura’. O objetivo, segundo o comando geral da PM, foi a redução de crimes contra a pessoa, patrimônio e furto de roubos de veículos. A ação, com mais de 7,5 mil soldados e oficiais começou às 14 h nas principais cidades do o Estado.

OS NÚMEROS DA OPERAÇÃO

30 mil
homens da Polícia Civil
integram a megaoperação, iniciada ontem e que continua hoje em 25 Estados e no DF

1.395
mandados de busca e
apreensão foram cumpridos só no Estado de São Paulo

1.894
pessoas
foram detidas no Estado

15 a 20
delegados
trabalharam na Sala de Situação, na Capital, coordenando o trabalho de 979 delegados, 5.345 investigadores e 1.130 agentes nos 645 municípios do Estado

3
criminosos
foram mortos em troca de tiros com a polícia no Estado. Um deles agia em roubos de notebook

640.606
Objetos
foram apreendidos pela operação no Estado

322 kg
de drogas, 257 armas
e 1.634 veículos foram apreendidos pela polícia paulista (DEIXA a policia trabalhar,que da resultado,o duro é manter esta córja toda na cadeia,mas tem que prender tubarões tb não só peixe pequeno)

A dívida externa brasileira cresceu US$ 12,9 bilhões no último trimestre de 2006, totalizando US$ 172,4 bilhões.

Segundo o BC (Banco Central), a alta se deu por causa do lançamento de Bônus Global com vencimentos em 2028, recompra de títulos do Tesouro Nacional em poder de estrangeiros.

Em janeiro, o governo divulgou planejamento de liquidação da dívida externa e fez uma programação destes pagamentos (veja quadro acima).(E só vamos levando nabo

 

http://minhanoticia.ig.com.br/materias/422501-423000/422895/422895_1.html cidade mineira sófre com fofócas do orkut cliquem e leiam.(EM vez de criar comunidade para discutir assuntos urgentes e importantes,criam esta inutilidade,tomara que excluam lógo .)


NOTICIAS DO DIA

 Os parlamentares deram ontem o primeiro passo para aumentar os próprios vencimentos, com a aprovação de duas propostas na Comissão de Finanças da Câmara. A primeira é um reajuste salarial de 26,49% para deputados e senadores – estendido ao presidente da República, ao vice-presidente e aos ministros. A segunda é uma mudança de regras que permite aos congressistas gastar com mais liberdade a verba a que têm direito para custear as suas atividades políticas.

Os 26,49% correspondem à inflação acumulada de fevereiro de 2003 a fevereiro deste ano. Se confirmado o reajuste, o salário dos parlamentares passará de R$ 12.847,20 para R$ 16.250,42. No entanto, a proposta ainda precisa ser aprovada pelo plenário da Câmara, de onde segue para o Senado. Como os congressistas recebem 15 salários por ano, a remuneração média mensal superaria o teto salarial do funcionalismo público, hoje fixado em R$ 24,5 mil.

Pela proposta, o salário do presidente Luiz Inácio Lula da Silva subiria dos R$ 8.885,48 atuais para R$ 11.239,24 e os vencimentos do vice-presidente, José Alencar, e dos ministros iriam de R$ 8.362,80 para R$ 10.578,11. Na sexta-feira, Lula dissera que os seus ministros eram “heróis” por ganharem esse valor, inferior ao que receberiam na iniciativa privada. Quanto ao seu próprio contracheque, alegou que era o torneiro mecânico mais bem pago do País.

A aprovação dos dois projetos na comissão dá respaldo técnico ao presidente da Câmara, Arlindo Chinaglia (PT-SP), para prosseguir com a discussão. Na terça-feira, Chinaglia havia pedido aos líderes partidários que discutissem o índice de reajuste com as suas bancadas. E anunciou, também, que conversaria com o governo a respeito do aumento de Lula e dos ministros.

PRESSA

Na terça-feira, o presidente da Câmara volta a se reunir com os líderes para discutir as propostas. O presidente da Comissão de Finanças da Câmara, Virgílio Guimarães (PT-MG), autor dos projetos, afirmou que o reajuste salarial do Legislativo e do Executivo pode ser votado antes mesmo das medidas provisórias que estão trancando a pauta.

A secretaria-geral da Mesa, porém, ainda analisa essa questão. Já o projeto que trata da verba indenizatória deverá esperar a votação das medidas provisórias, adiantou Guimarães.

Chinaglia afirmou ontem que a decisão de aumentar os salários será do plenário, após a manifestação dos líderes. Não revelou, porém, quando pretende incluir a proposta na pauta.

Chinaglia admitiu ontem que Guimarães avisou antecipadamente que incluiria o reajuste na pauta de votação da Comissão de Finanças. Mesmo assim, o presidente da Câmara alegou que foi “surpreendido” pela proposta apresentada. “Virgílio não me deu detalhes, disse que iria tratar disso na comissão”, relatou.

Na campanha pela presidência da Câmara, Chinaglia inicialmente usou o reajuste como plataforma eleitoral e manifestou-se favoravelmente. Com a repercussão negativa, alinhou-se aos moderados, que consideraram inconveniente qualquer aumento, mesmo de recomposição da inflação. Na semana passada, foi além, dizendo que o assunto nem sequer estava em discussão. Agora, retomou a promessa de campanha.(NÃO ADIANTA eles não desistem,e o povo onde esta?)

O Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) fechou o primeiro balanço dos casos ocorridos entre 12 e 20 de maio de 2006, semana da primeira onda de ataques do Primeiro Comando da Capital (PCC). Estão sob investigação 85 homicídios de autoria desconhecida ocorridos na capital durante a semana dos ataques. Foram esclarecidos 19 casos (22%). O resultado surpreendeu os policiais. “Pelo que vimos até agora, muitos aproveitaram o momento para resolver problemas antigos, não relacionados com o crime organizado”, avalia o delegado Armando de Oliveira da Costa Filho, responsável pelas investigações no DHPP.

Foram 493 assassinatos na semana de 12 a 20 de maio no Estado de São Paulo. O total é mais do que todos os homicídios ocorridos na capital durante os últimos três meses de 2006. O balanço da semana da primeira onda de ataques do PCC entrou para a história da violência com muitas brechas para serem esclarecidas.

Sabe-se que, de um lado da guerra, morreram 46 agentes do Estado, supostamente assassinados a mando do PCC. Restam muitas dúvidas sobre as outras mortes. Por que tanta gente morreu? Foram grupos de extermínio? Foram mortes ligadas ao crime organizado? Passados dez meses do evento, os primeiros passos começam a ser dados para ajudar a compreender melhor o que aconteceu naqueles dias.

Onze dos 19 casos esclarecidos foram crimes comuns, relacionados a conflitos que não tinham ligação com a guerra do PCC. Quatro assassinatos foram a mando da facção e existe a suspeita em relação a outros três casos. Nesses, as vítimas eram agentes públicos. Em outra ocorrência, no dia 16 de maio, ficou comprovada a participação de um soldado da Polícia Militar na execução de três vítimas.

Testemunhas contaram na época dos fatos que os matadores chegaram em três motos, as mesmas que eram usadas pelos PMs que fazem policiamento no Jardim Brasil, na zona norte. Eram 21h30 e um grupo de jovens conversava em frente a um lava-rápido. Os criminosos eram 12. Entre eles estavam duas mulheres. Passaram diversas vezes dando o alerta: “Cai fora porque nós vamos voltar.” Voltaram atirando e três não conseguiram escapar. Morreram Murilo de Moraes Ferreira, Felipe Vasti Santos de Oliveira e Marcelo Heyd Meres. O DHPP descobriu que um dos autores era o policial Willian Vicari, que meses depois foi assassinado. Outros 12 suspeitos ainda precisam ser identificados.

Em outras duas chacinas esclarecidas, as histórias são bem diferentes. Em uma delas, em José Bonifácio, na zona leste, morreram Andressa Ferreira Lima, Débora Cabral Dias e Eduardo Simões de Oliveira. No dia 14 de maio, eles foram assistir vídeo na casa de um amigo que tinha ido viajar. Sabendo da ausência do proprietário,Leandro, João Bosco, Marcio e duas meninas tentaram roubar a residência. Encontraram os três vendo televisão. Como conheciam os ladrões, foram assassinados. O outro triplo homicídio teve motivação passional.

Apesar de reconhecer os avanços na investigação, o ouvidor da Polícia, Antonio Funari, pondera que falta muito para a sociedade ter uma ampla visão do que aconteceu naquela semana. A ouvidoria listou 87 casos em que havia suspeitas de que a vítima tenha sido executada. Três deles, incluindo um triplo homicídio, estão na lista do DHPP como esclarecidos. “Existem ainda muitos casos suspeitos de terem sido cometidos por grupos de extermínio.”

A Corregedoria da Polícia Militar também ajudou a mostrar que os policiais partiram para a ofensiva naqueles dias. A equipe do cabo Renato Aparecido Russo, da Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar (Rota), deixou um rastro de seis mortes entre 13 e 15 de maio. Segundo apuração da entidade, sua equipe matou duas pessoas por noite, sempre alegando legítima defesa. Os casos ocorreram em Guarulhos e Poá, na Grande São Paulo. Outro caso investigado pela corregedoria ocorreu em Suzano. A vítima foi José Felix Ramalho, ex-presidiário. A apuração também apontava a autoria da Rota.

MORTES

Dia 12 de maio: a mando do PCC, o investigador José Antônio Martinez foi assassinado em uma boate no Itaim-Bibi

Dia 12 de maio: a mando do PCC, foi assassinado o escrivão Aílton de Santana Filho

Dia 12 de maio: a mando do PCC, foi assassinado o carcereiro Tamer Ramos Orlando

Dia 12 de maio: Milton Silvestre Taborga era oficial administrativo da Polícia Civil. Os autores alegaram que ele foi morto porque, no bairro onde morava, dizia que era policial. Na verdade, trabalhava apenas em serviços administrativos

Dia 12 de maio: o agente penitenciário Giovane Martins Rodrigues foi assassinado por um ex-detento que quis se vingar de maus tratos que o agente impunha a ele

Dia 13 de maio: a mando do PCC, foi assassinado o carcereiro Elias Pereira Dantas

Dia 14 de maio: Andressa Ferreira Lima, Débora Cabral Dias e Eduardo Simões foram mortos por cinco ladrões que tentaram invadir a casa onde estavam. Mataram porque foram reconhecidos

Dia 16 de maio: Marcelo Heyd, Murilo de Moraes e Felipe Santos de Oliveira foram assassinados por um grupo de 12 pessoas. Pelo menos um deles era integrante da PM

Dia 16 de maio: Claudeon Matias de Melo foi assassinado porque os autores, Sidnei e Álvaro, o acusavam de espalhar para os outros que eles
eram bandidos

Dia 17 de maio: Rodrigo Goes Pereira foi assassinado por motivos passionais. O caso foi registrado como chacina. Mas a polícia não encontrou relação com os outros dois corpos, que foram encontrados a uma rua de distância do de Pereira

Dia 18 de maio: Alex Trindade Secco foi assassinado por um policial militar que confessou o crime. Não se tratava de vingança contra os atentados do Primeiro Comando da Capital (PCC). Os dois discutiram na rua e o policial atirou.

NOTICIAS DO MUNDO:
Autoridades do estado conservador de Terengganu, na Malásia, pretendem iniciar uma campanha contra aquilo que eles consideram "indecente".

Uma das medidas seria a proibição do uso de minissaias e vestidos justos em ambiente de trabalho. As mulheres que desobedecerem a norma, que ainda não tem data certa para ser implantada, deverão pagar uma multa pesada.

A Malásia tem o islamismo como religião oficial. Por isso, alguns políticos pretendem obrigar mulheres que seguem outras religiões a usar vestimentas que não expõem tanto o corpo, como fazem as muçulmanas tradicionais.

Entidades e ONGs que lutam pela defesa da mulher no país já se posicionaram contra a medida. (EU imagino o que estas caras fazem na calada da noite,são os bundões se implicando com as perninhas,tb nem devem gostar de mulhér,se preocupem com a economia do pais não com as mulhéres)

Justiça do Rio proibe revista em crianças e jovens
http://noticias.terra.com.br/brasil/interna/0,,OI1493394-EI5030,00.html

O Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJ-RJ) concedeu nesta segunda-feira liminar que proíbe que policiais revistem crianças e adolescentes. De acordo com a decisão judicial, os policiais as revistas a menores de idade só poderão ser feitas na presença dos responsáveis ou em situação de flagrante.
Segundo informações da RJTV, a medida foi tomada após uma operação das polícias Civil e Militar na favela de Vigário Geral, em que menores de idade tiveram suas mochilas revistadas. A Secretaria de Segurança Pública afirmou que vai cumprir a liminar. (SE bem que nas fav´las dificilmente esta lei será cumnprida,mas o bom policial fica numa situacão dificil,agóra a molecada vai óder andar com drógas e armas a vontade)