NOTICIAS DO DIA

Pouco mais de 32% dos jovens sorocabanos estão empregados. Segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), Sorocaba possui cerca de 52 mil jovens entre 15 e 19 anos, mas apenas 16.984 deles estão trabalhando.

Os dados merecem reflexão especial hoje, quando se comemora o Dia Internacional do Jovem Trabalhador. Para o secretário municipal de Juventude, Antônio Carlos Bramante, o aumento das oportunidades dependem de política dos governos municipal, estadual e federal.

O estudante Jean Carlos Alves, 17 anos, é um dos integrantes do programa Emprego Jovem, da prefeitura, que atende cerca de 131 estagiários, com bolsa-salário de R$ 210,00 mensais.

Jean cursa a terceira série do ensino médio na escola estadual Rosemary Mello Moreira, no bairro Vitória Régia, e estagia da secretaria de Negócios Jurídicos. “Diariamente separo processos jurídicos, distribuo nas secretarias, despacho e recebo processos, isso tem me dado um grande senso de responsabilidade”, explica.

A mentora de Jean na secretaria, Maria Aparecida Rodrigues, destaca a importância da integração entre os profissionais e os jovens aprendizes. “É uma troca entre a nossa experiência e a juventude e determinação deles”, define

Outro projeto da prefeitura é o Primeira Chance, que atende 50 jovens de baixa renda que fazem cursos de formação e recebem ajuda de custo de R$ 80,00 para atuarem na comunidade.

O Ciee (Centro de Integração Empresa Escola) atua com jovens universitários e atualmente conta com três mil estagiários trabalhando. O cadastro de jovens que aguardam oportunidade tem cerca de 13 mil nomes.

A Pastoral do Menor de Sorocaba desenvolve o programa Agente Jovem, atendendo 100 adolescentes da periferia com bolsa-auxílio de R$ 65 reais.

Secretário vê melhorias
Apesar da realidade do emprego para o jovem ainda ser difícil, como mostram os números do IBGE, o secretário municipal de Juventude, Antônio Carlos Bramante acredita que a situação na cidade deve melhorar bastante ainda no curto prazo.

“A secretaria completa dois anos em maio e os projetos que foram propostos estão todos em andamento. Os resultados já podem ser medidos, na forma de melhorias na qualidade de vida e no aumento do conhecimento dos jovens”, diz.

Para Bramante, o trabalho da secretaria da Juventude não se concentra em oferecer emprego, mas, principalmente, o de propiciar elevação na formação cultural e intelectual dos jovens.

“Acredito que estamos melhorando a vida dos jovens, mas eles concorrem com os adultos por emprego”, definiu.

Data é para reflexão das autoridades
O Dia Internacional do Jovem Trabalhador foi criado pela ONU (Organização das Nações Unidas) há três anos homenageia os jovens empreendedores.

A data visa homenagear essas pessoas e traz à pauta personagens que ganharam espaço no mercado com pouca idade e muito empenho. No país, o Sebrae também tem um programa especial para estimular os jovens empreendedores.(NÃO tem emprego pra tanta gente,que não para de chegar a SOROCABA,e tb o pessoal não para de faer filho demais,assim não ha mercado que aguente.)

Ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ) Gilson Dipp afirmou que cresceu o número de ações penais contra magistrados nos tribunais. Leia mais (UÉ? se tão soltando os que estavam presos,não entendi)

    


A nova manifestação em defesa à manutenção do veto presidencial à Emenda 3, realizada na manhã de ontem, parou a região central de Sorocaba e causou pequenos tumultos. Desta vez, representantes das centrais sindicais, sindicalistas e militantes conseguiram que nenhuma agência bancária ou estabelecimentos comerciais e de serviços localizados no Centro, abrissem suas portas entre 8h e 12h de ontem.

De um modo geral, o protesto foi pacífico, mas houve alguns momentos de confusão. Manifestantes quebraram o portão de uma agência bancária na rua 15 de Novembro e chegaram a trocar chutes e pontapés com comerciantes que tentaram resistir ao protesto, na rua Cel. Benedito Pires. Este caso resultou no registro de um B.O. (Boletim de Ocorrência). Além disso, muitas pessoas não conseguiram pagar suas contas nem realizar outro tipo de serviço bancário durante a manhã.

Paralisação programada
A decisão de protestar parando todas as atividades do Centro de Sorocaba na manhã de ontem foi tomada pelos sindicalistas e militantes em reunião realizada na quinta-feira passada (19).

O Sindicato dos Bancários de Sorocaba e Região orientou os funcionários das agências para que não atendessem ao público no período pré-determinado. Assim como o Sindicato dos Empregados no Comércio de Sorocaba solicitou aos lojistas da região central que também fizessem o mesmo.

Por volta das 7h de ontem, cerca de 250 sindicalistas e militantes já estavam concentrados no Largo de São Bento. De lá, seguiram em passeata pelas ruas do Centro, acompanhados de um carro de som, pedindo aos lojistas e os bancários a deixarem suas atividades e acompanhar o protesto.

Segurando bandeiras e distribuindo panfletos, os manifestantes tinham como objetivo chamar a atenção da população sobre a Emenda 3.

Interdição de ruas complica o trânsito
A Polícia Militar e a Guarda Municipal acompanharam toda a manifestação, visando garantir segurança aos manifestantes. Para isso, foi preciso interditar algumas ruas, como a Souza Pereira, Francisco Scarpa e Sete de Setembro, o que gerou um certo transtorno aos motoristas que tiveram de passar pela região central na manhã de ontem. A interdição também prejudicou o itinerário de algumas linhas de ônibus do sistema de transporte coletivo.

De acordo com a Urbes – Trânsito e Transportes, a manifestação provocou alguns atrasos em certas linhas. A 102, por exemplo, deixou de realizar duas viagens entre 8h e 8h30. Os coletivos da linha Cerrado foram desviados pela avenida Afonso Vergueiro e não cumpriram o itinerário da rua Sete de Setembro. Agentes de trânsito orientaram os motoristas.

Populares e trabalhadores divergem quanto a atuação dos sindicalistas
A manifestação realizada ontem pelos sindicalistas dividiu a opinião dos sorocabanos. “O brasileiro tem que fazer isso mesmo, cruzar os braços e mostrar sua insatisfação. Não podem cortar nossos direitos trabalhistas”, opinou Antônio Carlos Pires, operador de máquina.

Já a operadora de telemarketing Anelise Marques Cunha apóia este tipo de protesto, não concorda com atos de vandalismo. “Vi algumas pessoas chutando portas e subindo em contêineres. Acho válido protestar, mas sem estragar as coisas”.

“Fui obrigada a fechar as portas da minha loja e perder de faturar. Acho errado eles impedirem a gente de trabalhar”, comentou uma comerciante que preferiu não se identificar.

De acordo com os organizadores do protesto, cerca de 4 mil pessoas aderiram à manifestação, entre bancários, comerciários, estudantes, aposentados e população em geral. Ao meio-dia, quando as agências bancárias e as lojas abriram suas portas, os manifestantes se dispersaram e a rotina da região central voltou ao normal. Porém, com extensas filas em frente às agências bancárias e casas lotéricas.

Entenda a situação

* O que é a Emenda 3?
A Emenda 3, incluída por parlamentares na lei que criou a Super-Receita, foi vetada pelo presidente Lula. Ela proibia os auditores fiscais da Receita Federal de autuar ou fechar as empresas prestadoras de serviço constituídas por uma única pessoa, quando entendessem que a relação de prestação de serviços com uma outra empresa era, na verdade, uma relação trabalhista. A emenda transferia para o Poder Judiciário a definição de vínculo empregatício, beneficiando profissionais liberais que atuam como pessoas jurídicas e as empresas que utilizam seus serviços, em substituição ao contrato de trabalho pela CLT

* O que acontece se a Emenda 3 virar lei?
Se a Emenda 3 virar lei, as empresas poderiam, por exemplo, mudar o contrato de trabalho com seus empregados. Estes não mais teria carteira de trabalho e passariam a ser pessoas jurídicas, abrindo uma firma e emitindo nota fiscal. Neste caso, teriam que pagar impostos como se fossem uma empresa que obtém lucro

* O trabalhador perde se tornando pessoa jurídica?
Como pessoa jurídica, o trabalhador deixa de receber décimo-terceiro salário, férias remuneradas, FGTS (inclusive em caso de dispensa), vale-transporte, assistência médica e outros direitos. O INSS terá que se pago pelo próprio trabalhador, se um dia quiser se aposentar pela Previdência Social. Além disso, a empresa poderá deixar de pagar o salário, caso o funcionário não emita a nota fiscal

* O que é Super-Receita?
A Receita Federal do Brasil, mais conhecida como Super-Receita, unifica as estruturas de arrecadação da Secretaria da Receita Federal, ligada ao Ministério da Fazenda, e da Secretaria de Receita Previdenciária, subordinada ao Ministério da Previdência. As duas estruturas passam a atuar de forma conjunta, inclusive na área de fiscalização(O direito de protestar é inegavel,mas não póde interferir nos direitos do cidadão que é de ir e vir.)

 As vítimas do trânsito da Capital geram um impacto de R$ 10 milhões aos cofres do sistema municipal de Saúde. É o valor que foi gasto, em um ano, apenas para bancar as internações em hospitais da Prefeitura, provocadas por acidentes com veículos. O custo é o equivalente aos recursos necessários para montar 10 novas unidades de Assistência Médica Ambulatorial (AMAs) na Cidade, que funcionariam 24 horas por dia.

Os dados são referentes aos atendimentos realizados em 2005, mas só foram apresentados ontem, no primeiro dia da Semana das Nações Unidas de Segurança Viária. ‘Um dos principais reflexos da violência no tráfego paulistano está no tratamento desses pacientes nas unidades hospitalares’, afirmou o coordenador de Políticas e Projetos da Secretaria Municipal de Saúde, Cássio Figueiredo.

Pelas estatísticas divulgadas ontem, as ocorrências envolvendo motoboys fazem da categoria a que mais cresce entre as vítimas fatais das colisões. Enquanto o número de mortes gerais no trânsito foi reduzida em 10% ao longo dos últimos cinco anos, passando de 1.681 em 2001 para 1.520 no ano passado, os óbitos de motociclistas dispararam e, no mesmo período, cresceram 66% (os 126 registros saltaram para 210). Também aumentou o número de ciclistas mortos: 52 no ano passado contra 39 em 2005.

A explosão do número de casos de motociclistas acidentados contrasta com a diminuição de ocorrências de atropelamentos. Apesar de os acidentes envolvendo pedestres ainda ocuparem o primeiro lugar no ranking das mortes no trânsito, houve uma redução de 8% dos registros de óbitos neste grupo. Em 2006, foram 693 pessoas atropeladas que não sobreviveram, frente a 755 em 2005. Da mesma forma, também caíram as mortes em capotamentos e colisões de carros e caminhões (585 no ano passado, contra 614 registros há dois anos).

A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) ainda não concluiu o balanço dos acidentes no sistema viário da Capital – que utiliza base de coletas diferentes da pasta da Saúde. Entretanto, os dados preliminares da companhia apontam a mesma tendência de crescimento da taxa de mortalidade entre os motoqueiros, em contraponto à queda dos outros grupos. No ano passado, a CET computou 380 mortes de motoboys na Capital (mais de um por dia), frente a 345 em 2005, um aumento de 10% em um ano.

De acordo com o diretor operacional da CET, Adauto Martinez Júnior, o número de mortes nesse grupo é o único que cresce em São Paulo. ‘Ainda não temos um mapeamento completo, mas sabemos que há uma tendência de queda nos acidentes de trânsito em geral (carros, caminhões, capotamentos e atropelamentos). Em contrapartida, registramos um aumento nas ocorrências com mortes envolvendo as motos’, disse

O secretário municipal de Transportes, Frederico Bussinger, que esteve no evento de ontem, classificou as mortes no trânsito da Capital como ‘epidemia da sociedade’ e apontou algumas justificativas para o aumento dos óbitos entre os motoqueiros. ‘Pode ser explicado pelos fatores econômicos. A moto é um veículo mais barato, houve uma explosão da frota, muitas pessoas exercem essa profissão em decorrência do desemprego formal. A própria lentidão do tráfego da Cidade estimula a utilização das motocicletas’, listou Bussinger.

Sobre as políticas preventivas de acidentes entre os motoqueiros, o secretário afirmou que o investimento mais forte será nas campanhas educativas da população. O primeiro passo será a criação de um banco único de dados, chamado de banco de traumas, para evitar discrepâncias, por exemplo, como foi registrado entre os índices da Saúde comparados aos da CET. ‘Assim, será possível interpretar melhor os números e saber quais são as causas de tantos acidentes.’

NÚMEROS

9.536
internações foram realizadas por causa dos acidentes

380
mortes de motoqueiros foram registradas no ano passado

52%
dos acidentes de moto acontecem na circulação entre carros

81%
das vítimas do tráfego no Brasil são homens

20 a 49
anos é a faixa etária predominante entre os acidentados (IMPRUDENCIA,excesso de velocidade,bebida,etc,e o brasileiro não aprende só sabe dar despesas.

Rio – O secretário estadual de Ciência e Tecnologia, Alexandre Cardoso, quer que as máquinas caça-níqueis apreendidas nas recentes operações da Polícia Federal sejam doadas ao Estado para serem transformadas em computadores. Cardoso se reúne amanhã com o ministro da Justiça, Tarso Genro, para discutir a transferência dos equipamentos. Ele também encaminhou ofício para o Tribunal de Justiça do Rio, para fazer o mesmo pedido em relação às máquinas apreendidas pela Polícia Civil.

"Tenho informações de que há 200 mil máquinas como essas no País. Pelo menos 20 mil já estão apreendidas e serão destruídas. Isso é um desperdício, já que essas máquinas podem ser usadas para democratizar o acesso à tecnologia", afirmou o secretário Alexandre Cardoso. Cardoso explica que as máquinas caça-níqueis tem os mesmos componentes que computadores, como processador e placa-mãe. "Precisamos adquirir apenas teclado, gabinete e, em alguns casos, o monitor. Nas máquinas mais modernas, o visor já é um monitor, e poderíamos aproveitá-lo", afirmou.

O custo da conversão ficaria entre R$ 100 e R$ 150, o equivalente a 10% de um computador novo, calcula o secretário. A adaptação das máquinas ficaria a cargo do Instituto Superior de Informática da Fundação de Apoio à Escola Técnica do Estado (Faetec). De acordo com Cardoso, os alunos dos cursos profissionalizantes da Faetec fariam a conversão. "Nós formamos turmas para conserto e montagem de computadores. As máquinas seriam usadas em aulas práticas. Temos capacidade de colocar até mil técnicos para realizar esse serviço", afirma o secretário.

Se a proposta de Cardoso for aceita pelo Ministério da Justiça, a idéia é criar um laboratório para a conversão dos caça-níqueis. O secretário disse que pedirá ainda ajuda ao Ministério da Ciência e Tecnologia para equipar essa central em que os equipamentos serão transformados em computadores. A proposta inicial é preparar cinco mil computadores, mas a capacidade de processamento pode ser aumentada. "Queremos que os computadores sejam usados 
nas escolas estaduais e também pretendemos criar convênios com prefeituras", afirmou o secretário.(EXCELENTE idéia,vamos esperar que ela se concretize,mas vai ter obstaculos pódem esperar)

Os Estados Unidos questionaram na Organização Mundial do Comércio (OMC) a legalidade do acordo entre Brasil e China para o comércio de brinquedos. Washington levou o caso ao Comitê de Salvaguardas da entidade e, por enquanto, não há plano de transformar o questionamento em disputa legal.

Mesmo assim, a ação da Casa Branca serve de alerta aos dois países. Por dez anos o Brasil aplicou uma sobretaxa aos produtos chineses, alegando que a importação estava levando à falência indústrias de brinquedos no País, que empregam cerca de 35 mil pessoas.

Mas, em 2006, pelas regras da OMC, as salvaguardas não poderiam continuar sendo aplicadas. Assim, a Associação Brasileira de Fabricantes de Brinquedos (Abrinq) e o setor produtivo chinês fizeram um acordo para limitar as vendas da China no mercado brasileiro.

O problema, segundo os americanos, é que um acordo de restrição voluntária de exportações é proibido na OMC se for conduzido por governos. Ontem, a Casa Branca afirmou estar preocupada com a iniciativa e cobrou esclarecimentos de qual teria sido o papel do governo brasileiro no acordo.

O governo brasileiro confirmou que as salvaguardas expiraram em junho de 2006 e que o País não impõe restrição de importações, salvo as tarifas. O Itamaraty garantiu que o governo não esteve envolvido no entendimento e que apenas publicou o acordo no Diário Oficial para sua divulgação. Segundo o governo, o acordo apenas diz que os setores privados dos dois países vão trabalhar em conjunto para evitar prejuízos com o comércio.

Mas, quando o acordo foi anunciado, em agosto de 2006, as declarações eram outras. O entendimento seria válido por quatro anos e as exportações da China Toy Association para o Brasil poderiam aumentar, desde que mercado de brinquedos no País também crescesse. Caso contrário, as vendas chinesas ficariam congeladas.

O desfecho das negociações ocorreu durante visita de uma delegação do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior a Pequim.

De 2005 para 2006, as exportações chinesas de brinquedos ao Brasil cresceram 30%, somando US$ 42 milhões no primeiro semestre. Os americanos importam US$ 5 bilhões. O governo brasileiro tentou saber qual é o interesse de Washington em questionar o acordo, mas não obteve respostas. (QUANDO OS EUA,se metem em algo coisa boa não é,mas quem ta certo nesta história toda?)

 
NOTICIAS DO MUNDO:

Descoberto 1º planeta habitável extra-solar(genial a humanidade no futuro pode se mudar pra la,se aqui ficar lotado demais de gente.)


hino do capitalismo:

  24/04/2007 21:04 – publicado por vigilante  [ Alterar ]   [ Excluir ]  

HINO DO CAPITALISMO

 RSRSSR genial esta do http://bobagento.blogspot.com/    ANTOLOGICA.


SEU MARIDO,NAMORADO OU SEI LA O Q É MACHO OU NÃO? VEJA AQUI.

 
Segundo os machões, o homem " metrosexual " não existe. O que existe é aquele sujeito que não é macho suficiente para ser homem, e nem homem suficiente para assumir a sua viadagem.

Vejamos então como medir um homem na escala entre Macho e Bicha.

Higiene pessoal – 01
a.. Toma banho em 3 minutos e usa sabão em barra = ÍNDIO GROSSO DOS PAMPAS
b. Toma banho rápido e usa shampoo = HOMEM
c.. Demora meia hora e usa sabonete líquido = TENDÊNCIAS GAYS OCULTAS
d.. Toma banho de espuma na banheira = VIADAÇO ASSUMIDO

Higiene Pessoal – 02
a.. Mija em pé e nem sacode o pau: MACHO PARA CARALHO
b. Mija em pé e sacode o pau para secá-lo: MUITO HOMEM
c.. Seca a ponta do pau com papel higiênico: MUITO GAY
d.. Mija sentado: PRATICAMENTE UMA MOÇA

Higiene Pessoal – 03
a.. Quando caga quase não limpa a bunda: GAUDÉRIO VELHO
b.. Quando caga limpa a bunda normalmente: VARÃO
c.. Quando caga depois toma banho lavando a bunda: GAY
d.. Quando caga depois limpa a bunda com lenços humedecidos e perfumados: HYPER GAY

Uso de cremes:
a.. Não usa – MACHO
b.. Usa um pouco no verão – SENSÍVEL
c.. Usa bastante no verão – BICHINHA
d.. Usa bastante o ano todo – MARRECA TOTAL

Presentes que gosta de ganhar:
a.. Uma garrafa de cachaça ou whisky – HOMEM MÁSCULO
b.. Uma peça de roupa – FINO
c.. Doces, bombons etc. – MEIO VIADO
d.. Flores e/ou perfumes – VIADAÇO

Tratamento dos animais de estimação:
a.. Seu cão vive no quintal e come restos de comida = VARÃO
b.. Seu cão vive dentro de casa, come ração especial = DELICADO
c.. Acaricia muito o gato que dorme na sua própria cama = BICHA TOTAL

Tratamento das plantas:
a.. Come algumas delas = RAMBO
b.. Tem algumas plantas no quintal que não são regadas = MACHO
c.. Cuida das plantas e dos arbustos = FLORZINHA
d.. Rega, poda e plantas flores de seu jardim = BICHONA

Uso do espelho:
a.. Não usa = VIKING
b.. Usa somente para fazer barba e pentear o cabelo = VAIDOSO
c.. Admira a sua pele e observa os músculos = GAY
d.. Igual ao anterior mas ainda admira o seu bumbum = LOUCA DESATADA
e.. Admira-se com diferentes perucas, vestidos e maquiagem =TRAVESTI

Penteado:
a.. Não se penteia = MACHÃO
b.. Penteia-se depois do banho = HOMEM
c.. Penteia-se várias vezes ao dia = FRESCO
d.. Penteia-se várias vezes ao dia e pinta o cabelo = BICHA
e.. Penteia até os outros e dá conselhos de penteados = BICHA LOUCA

Comidas preferidas:
a.. Boi, javali, animais assados, comida apimentada e gordurosa = TARZAN
b..Peixe e salada para não engordar = SENSÍVEL
c.. Sanduíches integrais, consomées = FRESCO
d.. Aves acompanhadas de vegetais cozidos no vapor = BICHA MUITO LOUCA

Cerveja:
a.. Gelada e em grandes quantidades = MACHO DEMAIS
b.. Só uma para matar a sede no calor = MACHO
c.. Não bebe = BICHICE SOB CONTROLE
d. Com limão e sal = FRUTA
e.. Sem álcool = PRATICAMENTE UMA LIBÉLULA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s