NOTICIAS DO DIA

 

A aplicação de um produto antiderrapante em todo o piso da área central, sugerida pela Prefeitura de Sorocaba, não é a solução ideal para evitar tombos e escorregões. É o que pensam os sorocabanos ouvidos ontem pelo BOM DIA.

Para o operador Fábio de Paula, 20 anos, a aplicação não resolverá o problema. “Não acredito nisso, o piso é muito liso, principalmente nos dias de chuva.” A doméstica Neide Carvalho, 56, também não acredita que o produto resolva, mas espera ser surpreendida com os resultados obtidos pela aplicação. “Eu acho que um produto químico não é suficiente, contudo tomara que acabe com esse risco para a população.”

A durabilidade também é questionada pela população. O pedreiro Jair Roque, 56, acha que a solução é momentânea e que com o passar do tempo o piso ficará escorregadio novamente. “Acho que o tráfego de pessoas e as ações da natureza vão comprometer a durabilidade.”

Troca é o ideal
A troca de todo o piso é a solução mais eficiente apontada pela maioria dos entrevistados. A dona-de-casa Fátima Silva Nascimento, 39, compartilha desta opinião. “Para acabar definitivamente com os acidentes é preciso trocar tudo”, desabafa.

Para ter certeza de que o produto é a solução para o problema, o prefeito Vitor Lippi mandou aplicar um pouco no piso do Paço, que é do mesmo revestimento utilizado no Centro.

No total, 40 mil m² de piso da área central receberão a aplicação do produto antiderrapante. Segundo o prefeito, o valor para a aplicação do produto é mais baixo que a troca do calçamento. O investimento será de aproximadamente R$ 4 por m², ou R$ 160 mil. A troca ficaria cerca de R$ 50 o m², algo em torno de R$ 2 milhões.

Comércio ganha sem a troca, diz prefeito
Uma das vantagens da utilização do produto é que ele pode ser aplicado em qualquer horário, o que não prejudica o comércio. “Não vamos atrapalhar o comércio com obras. Para trocar todo o piso, a obra levaria mais seis meses”, afirma o Prefeito Vitor Lippi.

Além disso, também será colocada uma camada asfáltica em três ruas do Centro.

Saiba Mais

* Inauguração
A revitalização do Centro de Sorocaba com o novo piso custou R$ 10 milhões e foi entregue em outubro de 2003

* Problemas
Dois meses após, devido ao grande número de reclamações e quedas, o Ministério Público passou a apurar

* Laudo
O laudo da Promotoria, segundo a Secretaria de Obras, é de que o piso atende às normas técnicas da ABNT

* Na Justiça
Seis vítimas de tombos ajuizaram ações contra a prefeitura

* Solução
A aplicação de um produto químico antiderrapante foi a solução encontrada pela prefeitura

* Espaço
No total 40 mil m² da área receberão a aplicação do produto(TROCAR vai gastar muito mais gente,sem falar nos transtornos,depois os comerciantes ficam reclamando,vamos torcer para que o produto de certo)

No Brasil são derrubadas 400 milhões de palmeiras por ano, mas apenas 3% vêm de áreas de manejo auto-sustentado, de acordo com a Abrapalm (Associação Brasileira dos Produtores de Palmito Cultivado). Alguns dos locais mais afetados pela extração predatória do palmito juçara são os Vales do Paranapanema e do Ribeira, cujas comunidades rurais encontram na exploração dos recursos naturais de áreas de preservação as perspectivas de auto-sustentabilidade.

Um palmiteiro, como é chamado o cortador de palmito, é capaz de extrair e de transportar, em média, 70 plantas por dia. O total pode ultrapassar 200 mudas com a utilização de facão e foice, e com o uso de mulas para o transporte, o número chega a triplicar. Segundo a Fundação SOS Mata Atlântica, a cada quatro minutos, trechos de floresta do tamanho de um estádio como o Maracanã são destruídos com a exploração ilegal.

Gerar empregos e desenvolver alternativas econômicas são as melhores maneiras de coibir a extração do palmito juçara nas áreas de preservação ambiental do país, de acordo com o geógrafo Maurício de Alcântara Marinho, diretor do Parque Estadual de Intervales.

Para Marinho, os programas de preservação ambiental tornaram-se conflitantes com as condições de vida de algumas comunidades. “Se o manejo do palmito fosse permitido no Brasil, as áreas de incidência de palmeiras estariam mais conservadas do que hoje, que há a proibição.”

Extrativismo é fonte de renda para população
O extrativismo do palmito juçara costuma ser, freqüentemente, a única opção de sustento da população próxima às áreas de proteção ambiental. Segundo a SOS Mata Atlântica, os palmiteiros ganham de R$ 0,80 a R$ 1,00 por pé de palmeira.

A planta demora sete anos para atingir o tamanho de corte e, já adulta, rende 300 gramas de palmito, quantidade suficiente para encher um pote de vidro.

De maneira geral, os palmiteiros invadem a mata à noite, cortam as árvores para retirar as hastes de palmito e as levam em feixes de até 50 unidades para acampamentos improvisados, para serem descascadas, cozidas em condições pouco higiênicas e envasilhadas em salmoura para não escurecer.

Depois, são levadas a fábricas clandestinas, onde são cortadas em tamanho-padrão (toletes de 9 centímetros) e reinvasilhadas, recebendo rótulos com informações falsas.

Evite produtos ilegais

* Ácido
Só compre palmito se o rótulo indicar a presença de ácido cítrico, ingrediente indispensável para a conservação de alimentos

* Registro
Recuse palmito que não tenha registros do Ministério da Saúde e do Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis)

* Tamanho
O palmito juçara com menos de 2,5 centímetros de diâmetro é de procedência ilegal, pois mostra que a árvore foi cortada precocemente

* Brilhante
Escolha palmito brilhante, pois os produtos de aparência fosca passaram por um período de cozimento inferior aos 45 minutos recomendados pelas normas de vigilância sanitária

* Salmoura
Se a água da conserva apresentar sinais de pó avermelhado ou marrom, o produto foi preparado fora dos padrões de higiene(O cara vende mais barato que o supermercado,este é o problema.)

 

 ://noticias.terra.com.br/brasil/interna/0,,OI1667715-EI5030,00.html HOMEM teria sido agredido em culto religioso no RJ.(cada loucura)

http://br.invertia.com/noticias/noticia.aspx?idNoticia=200706051311_RED_36872567 metalurgica indeniza ex empregado que foi chamado de cascavel.(QUE coisa imagine se fosse vagabundo pra cima então)

NOTICIAS MO MUNDO:

http://noticias.terra.com.br/mundo/interna/0,,OI1667786-EI294,00.html egipcio mata filha a mordidas,por causa de choro.(ELE sofré de disturbios mentais,mas pra fazer filho não mtem problema mental né?)

O chinês Jiang Musheng, de 66 anos, afirma que passar 40 anos engolindo sapos e ratos vivos o ajudaram a evitar problemas intestinais e o fizeram mais forte, informou a Reuters.

Musheng mora na província de Jiangxi, no sudeste da China, e afirma que sofria freqüentemente de dores abdominais até que um senhor chamado Yang Dingcai sugeriu que ele comesse três sapos como remédio.

No começo ele não conseguia comer o animal vivo, mas tomou coragem depois de ver Dingcai engolir seguidamente dois sapos.

Musheng disse que depois de um mês comendo sapos vivos, as dores estomacais e a tosse que sentia com bastante freqüência pararam completamente.

Com o passar dos anos, ele adicionou à sua dieta ratos vivos e chegou a comer 20 ratos de uma vez num único dia.(um sapo boi e um cuiara ele consehguiria comer?)

A Operação Xeque-Mate da Polícia Federal, que investiga tráfico de influência e a máfia dos caça-níqueis, bateu ontem à porta da residência do irmão mais velho do presidente Lula, Genival Inácio da Silva, o Vavá, em São Bernardo do Campo (SP). Os agentes pegaram os parentes do presidente de surpresa, mas segundo a própria família não houve arbitrariedade. “Eles não acharam nada, graças a Deus, e foram embora”, disse Maria da Silva, mulher de Vavá.Quatro federais chegaram às 6 horas no modesto sobrado de portões altos pintados de preto da Vila Paulicéia, bairro de classe média. Durante cerca de 3 horas eles vasculharam a casa de dois quartos, sala, cozinha e dois banheiros.

A Xeque-Mate, segundo balanço divulgado pela PF, capturou 77 pessoas em 6 Estados (São Paulo, Mato Grosso, Paraná, Rondônia, Minas e Mato Grosso do Sul). Cerca de 600 agentes foram mobilizados. Entre os presos estão empresários, advogados e policiais civis e militares acusados de receber propinas para facilitar as atividades da organização.

Foi preso também Dario Morelli Filho, secretário do Meio Ambiente de Diadema (Grande São Paulo). Seu nome consta da relação dos “Amigos do Zé Dirceu” – lista de pessoas que defendem a anistia do ex-deputado que o Mensalão cassou. Ele já atuou na Secretaria de Desenvolvimento e Economia. Cuidava dos sacolões e tinha base operacional no Jardim Campanário.

O ex-deputado estadual Roberto Razuk (ex-PFL-MS) foi detido. Já o ex-deputado federal pelo Paraná Nilton César Servo (PSB) escapou – os federais chegaram à sua casa às 7h, mas só a mulher e o filho dele estavam lá. A PF explicou que o trabalho estava concentrado no contrabando e, depois, apurou suposto esquema de corrupção de policiais e envolvimento com tráfico de drogas e tortura.

A Xeque-Mate identificou cinco quadrilhas ligadas a importação e exploração de caça-níqueis. A máfia era comandada por três advogados, que controlavam toda a parte operacional do esquema e o pagamento de propinas. Os equipamentos eletrônicos usados nas máquinas chegavam ao Brasil pelo porto de Santos, eram discriminados como peças de computador e transportados para Mato Grosso do Sul. Segundo a PF, o esquema rendia às ramificações da organização de jogos de azar pelo menos R$ 250 mil por dia. A propina paga a policiais e advogados variava entre R$ 2 mil e R$ 10 mil.

Segundo o coordenador da operação, delegado Alexandre Custódio, foram apreendidas dezenas de carros de luxo e caminhões, além de quantia ainda não calculada de ouro, dólares, reais e caça-níqueis. Um escritório da quadrilha, em Votorantim (SP), foi fechado.

A missão que aponta para o irmão do presidente resulta de dois inquéritos policiais comandados pela Delegacia Especializada de Repressão a Crimes Fazendários da Superintendência Regional da PF no Mato Grosso do Sul. (SÓ falta o irmão dizer pra policia:-EU NÃO SEI DE NADA COMPANHEIRO)

Em troca de balas e salgadinhos, um menino de apenas 7 anos de idade aceitou a oferta do coleguinha, de 11 anos, para traficar drogas, no bairro Valo Velho, que faz limite entre a Capital com Itapecerica da Serra, na Grande São Paulo. No fim de semana, policiais civis viram os garotos vendendo crack a um rapaz. Eles foram detidos e apontaram a traficante: a desempregada Delizete Aparecida Pereira, 45 anos, que foi presa.

No quintal da casa de Aparecida foram encontrados 38 papelotes de cocaína, 21 pedras de crack e sete trouxinhas de maconha. Na sala, os policiais encontraram um revólver calibre 38, com dois projéteis no tambor.

A descoberta do esquema que envolvia menores no tráfico de entorpecentes foi o resultado do trabalho de um mês de investigações. ‘Recebemos a informação de usuários que traficantes das Rua das Perobeiras estavam usando crianças’, disse o chefe dos investigadores Marcelo Santos.

A partir da informação, a região começou a ser monitorada pelos policiais.

Na tarde de sexta-feira, dois policiais flagraram o tráfico. Segundo o investigador Maurício Leopoldo Hoffmann, os dois meninos ficavam sentados na calçada a espera dos dos usuário.

Um rapaz se aproximou do menino mais velho e lhe entregou R$ 10. O mais novo desapareceu e, de repente, voltou com um pedra de crack nas mãos. Num movimento rápido, ele entregou a droga para o comprador.

Nessa hora, os policiais decidiram agir. O usuário percebeu a chega dos policiais civis e tratou de correr. Ele fugiu em direção às vielas. Os dois meninos deram uma canseira nos investigadores, mas foram alcançados. Por pouco, o mais novo não escapou.

‘O mais velho não falava nada, não queria abrir o jogo. Foi o menorzinho que levou a gente até o quintal da casa e apontou um arbusto onde estava escondida a droga’, disse Hoffmann.

Depois, apontaram a casa de Aparecida. Ela foi presa e levada para a Delegacia de Polícia de Itapecerica da Serra. ‘Ela negou que fornecia a droga para os meninos venderem’, disse Santos.

De acordo com a polícia, Aparecida foi presa anteriormente pelo crime de furto. Dessa vez, ela foi autuada por tráfico, posse de arma e corrupção de menores.

Os pais dos meninos foram chamados à delegacia. Eles alegaram não saber que os filhos vendiam drogas. Depois de prestar depoimento, os parentes, junto com as crianças, foram liberados, mas terão de se apresentar ao juiz da Vara da Infância e Juventude.

Vinte anos de polícia

Segundo a polícia, o menino mais novo estava sumido de casa havia um mês. A mãe dele nem sabia onde o filho estava morando.

O menino fugiu de casa e foi morar junto com uma moça, de 18 anos, na Rua das Perobeiras. De acordo com a polícia, o menino mais velho seria usuário de maconha e cocaína. ‘Tenho 20 anos de polícia e nunca vi um menino tão novo vendendo drogas. Meu deu dó ao ver aquela cena do menino entregando a droga’, disse Hoffmann. (tenha ndó apenas 7 anos,e os pais nem sabiam de nada,ta louco heim?)

SÃO PAULO – A Google Brasil foi condenada pelo Tribunal de Justiça (TJ) de São Paulo a retirar do site de relacionamentos Orkut toda e qualquer comunidade que, na expressão dos advogados de Edir Macedo, “ofender a honra” do criador da Igreja Universal do Reino de Deus. A multa, em caso de descumprimento, é de R$ 1 mil por dia. Além disso, a Google deverá revelar a identidade dos internautas acusados de xingar o bispo, para serem processados individualmente.

“Entramos com a ação porque existiam comunidades extremamente negativas, inclusive incitando à morte de Edir Macedo”, disse a advogada Mônica Inglez. “Além de retirá-las do ar, ganhamos o direito de ter acesso às informações pessoais dos internautas, para estudarmos medidas civis e criminais cabíveis.”

A Google tentou recorrer da decisão, afirmando que é uma empresa brasileira e, por isso, só a matriz, na Califórnia (EUA), teria condições de retirar as páginas. Disse também que não poderia violar direitos fundamentais ao informar os IPs (espécie de identificação digital) dos participantes de comunidades.

Esses argumentos foram rejeitados, na semana passada, pela desembargadora Maria Olívia Alves, do TJ. Ela entendeu que a Google Brasil funciona, na prática, como extensão da empresa americana e “suspender a decisão causaria perigo irreparável contra o bispo”.

Apesar de a advogada Mônica Inglez afirmar que as comunidades já saíram do ar, o Orkut continua repleto de menções ao bispo. Edir Macedo é atualmente tema de cerca de 40 comunidades. Entre as mais populares estão “Eu admiro Edir Macedo” (com 2.397 membros), “Chuck Norris fuzil e o Edir Macedo” (83 membros) e “Edir Macedo é o Satanás” (que conta com 66 membros).

Precedente

Não é a primeira vez que os internautas terão as identidades reveladas por decisão judicial. Em abril do ano passado, a Google Brasil forneceu à Justiça de São Paulo todas as informações relativas aos usuários que criaram perfis falsos da socialite paulistana Yara Rossi Baumgart. Ela ficou furiosa quando descobriu que seu nome havia sido indevidamente inscrito na comunidade “Bregas Assumidos”.

“O mais irônico dessa história é que a Google revela rapidamente essas informações quando é processada por celebridades. Quando o Ministério Público Federal pede a identificação dos internautas pedófilos e racistas, a empresa diz que não pode fazer isso”, afirmou Thiago Tavares, presidente da Safernet, entidade que combate crimes na internet. “Isto, sim, é absurdo.”(ah vai safado,manipular cabecas póde né?,agóra vem com papo de ser a favor de discutir o aborto,só pra tentar arrebanhar mais trouxas,agóra resolve perseguir o pessoal do orkut,liberdd4e de expressão já.)

RIO – O governador do Rio, Sérgio Cabral Filho (PMDB), anunciou nesta segunda-feira que o Estado prepara uma ofensiva social nas favelas a começar pelo Complexo do Alemão, na zona norte do Rio, mergulhado há mais de 30 dias em confrontos que já somam 17 mortos, entre moradores, traficantes e um soldado do Batalhão de Operações Especiais (Bope).

"Estamos fazendo um programa social para ocupar meninos e meninas nas comunidades. Vamos começar pelo Complexo do Alemão em função de todo o enfrentamento que estamos tendo naquela região. Precisamos ter programas sociais de qualidade", declarou Cabral, que inaugurou nesta segunda-feira na favela de Vigário Geral (zona norte) um centro para acesso gratuito a Internet com 10 computadores.

A presidente do Proderj, Tereza Porto, anunciou que após a conclusão da nova sede do AfroReggae, obra de R$ 2,5 milhões

patrocinada por estatais federais e bancos privados , a favela receberá mais 50 computadores. De acordo com o governador, a secretária de Ação Social, Benedita da Silva (PT), se reunirá ainda esta semana com lideranças comunitárias locais e representantes de ONGs que atuam no conjunto de favelas para fechar os últimos detalhes do novo programa que se juntará a vinda do presidente Lula ao Rio ainda este mês para lançar o Plano de Aceleração de Crescimento (PAC), voltado às favelas.

"Somente para investimentos em habitação e urbanismo serão R$ 1,1 bilhões e para saneamento R$ 1 bilhão. O superintendente da Caixa Econômica Federal, José Domingos Vargas, me ligou para anunciar que está tudo confirmado", afirmou Cabral.

A Favela de Vigário Geral, onde os tiroteios entre policiais e traficantes são constantes, foi ocupada pela polícia nesta segunda-feira para a visita do governador, que sambou, tocou tamborim e conheceu a "Escopetarra", um fuzil AK 47 transformado em guitarra pelo músico colombiano César Lopez, que tornou-se o símbolo da campanha "Geração da Não Violência", do Programa das Nações Unidas contra as drogas e a criminalidade na Colômbia. (SÓ resta torcer pra dar certo,pq as operacões policiais tem sido um desastre só)


VINGANCA DE MULHÉR:
 

TODAS AS MULHERES PRECISAM LER…
(e os homens também)
Belinha acordou às seis, arrumou as crianças, levou-as para o colégio e
voltou para casa a tempo de dar um beijo burocrático em Artur, o marido,
e de trocarem cheques, afazeres e reclamações.
Fez um supermercado rápido, brigou com a empregada que manchou seu
vestido de seda, saiu como sempre apressada, levou uma multa por estar
dirigindo com o celular no ouvido e uma advertência por estacionar em
lugar proibido, enquanto ia, por um minuto, ao caixa automático tirar dinheiro.
No caminho do trabalho batucava ansiedade no volante, num
congestionamento monstro, e pensava quando teria tempo de fazer a unha e pintar o cabelo
antes que se transformasse numa mulher grisalha.
Chegando ao escritório, foi quase atropelada por uma gata escultural
que,segundo soube, era a nova contratada da empresa para o cargo que ela,
Belinha, fez de tudo para pegar, mas que, apesar do currículo excelente e
de seus anos de experiência e dedicação, não conseguiu.
Pensou se abdômen definido contaria ponto, mas logo esqueceu a gata,
porque no meio de uma reunião ligaram do colégio de Clarinha, sua filha
mais nova, dizendo que ela estava com dor de ouvido e febre.
Tentou em vão achar o marido e, como não conseguiu, resolveu ela mesma
ir até o colégio, depois do encontro com o novo cliente, que se revelou um
chato, neurótico, desconfiado e com quem teria que lidar nos próximos
meses.
Saiu esbaforida e encontrou seu carro com pneu furado. Pensou em tudo
que ainda ia ter que fazer antes de fechar os olhos e sonhar com um mundo
melhor.

Abandonou a droga do carro avariado, pegou um táxi e as crianças.
Quando
chegou em casa, descobriu que tinha deixado a porra da pasta com o
relatório que precisava ler para o dia seguinte no escritório!
Telefonou para o celular do marido com a esperança que ele pudesse pegar
os malditos papéis na empresa, mas a bosta continuava fora de área.
Conseguiu, depois de vários telefonemas, que um motoboy lhe trouxesse a
porra dos documentos.
Tomou uma merda de banho, deu a droga do jantar para as crianças, fez a
porcaria dos deveres com os dispersos e botou os monstros para dormir.
Artur chegou puto de uma reunião em São Paulo, reclamando de tudo.
Jantaram em silêncio.
Na cama ela leu metade do relatório e começou a cabecear de sono. Artur
a acordou com tesão, a fim de jogo. Como aqueles momentos estavam cada vez
mais raros no casamento deles, ela resolveu fazer um último esforço de
reportagem e transar. Deram uma meio rápida, meio mais ou menos, e, quando
estava quase pegando no sono de novo, sentiu uma apalpadinha no seu
traseiro com o seguinte comentário:
– Tá ficando com a bundinha mole, Belinha… deixa de preguiça e começa
a se cuidar..
Belinha olhou para o abajur de metal e se imaginou martelando a cabeça
de
Artur até ver seus miolos espalhados pelo travesseiro!
Depois se viu pulando sobre o tórax dele até quebrar todas as costelas!
Com um alicate de unha arrancou um a um todos os seus dentes depois
deu-lhe Um chute tão brutal no saco, que voou espermatozóide para todos os lados!
Em seguida usou a técnica que aprendeu num livro de auto-ajuda: como
controlar as emoções negativas.
Respirou três vezes profundamente, mentalizando a cor azul, e ponderou.
Não ia valer a pena, não estamos nos EUA, não conseguiria uma advogada
feminista caríssima que fizesse sua defesa alegando que assassinou o
marido cega de tensão pré-menstrual…
Resolveu agir com sabedoria.
No dia seguinte, não levou as crianças ao colégio, não fez um
supermercado rápido, nem brigou com a empregada.

Foi  para uma academia e malhou duas horas.
De lá foi para o cabeleireiro pintar os cabelos de acaju e as unhas de
vermelho.
Ligou para o cliente novo insuportável e disse tudo que achava dele, da
mulher dele e do projeto dele.
E aguardou os resultados da sua péssima conduta, fazendo uma massagem
estética que jura eliminar, em dez sessões, a gordura localizada.
Enquanto
se hospedava num spa, ouviu o marido desesperado tentar localiza-lá pelo
celular e descobrir por que ela havia sumido.
Pacientemente não atendeu.
E, como vingança é um prato que se come frio, mandou um recado lacônico
para a caixa postal dele.
– A bunda ainda está mole. Só volto quando estiver dura.
Um beijo da preguiçosa…
(Extraído do livro: Este sexo é feminino /Patrícia Travassos).


 LULA NA INDIA DE NOVO?

AI está LULINHA,nas INDIA de novo,sinceramente não ha templo,budista banho no GANGES o escambau que de jeito esta zona aqui,enquanto LULA lá o pau come solto aqui,é cpi que não sai,greves o próprio irmão do presidente alvo da operacão zeque-mate da pf,etc etc e tal,acho que nem com a bencão e todos os paises asiáticos, esta zoeira vai acabar.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s