noticiaas do dia

O aumento do número de acidentes com feridos e ocorrências com morte no trânsito de Sorocaba no ano passado é bem superior ao crescimento da sua  frota de veículos. Estatística da Urbes –Trânsito e Transportes confirma que o trânsito da cidade se tornou mais violento.

Em 2008, Sorocaba chegou aos 286.406 veículos, 8,1% maior que os 264.903 que a cidade possuía no fechamento de 2007. No mesmo período, o número de acidentes de trânsito cresceu 14%, fechando 2008 com 9.214 ocorrências, contra  8.068 do ano anterior. O número de acidentes que resultaram em feridos subiu 15% – em 2007 haviam sido registrados 2.705 casos contra os 3.111 de 2008.

Mortes
O dado mais alarmante do levantamento  se refere às mortes no trânsito. Enquanto em 2007 haviam sido registrados 24 óbitos, em 2008 foram mortas 38 pessoas, elevação de 58%. O crescimento é sete vezes superior ao aumento da frota de veículos no mesmo período.

Em nota enviada pela assessoria de imprensa, o presidente da Urbes, Renato Gianolla, afirma que ao longo dos últimos anos a autarquia tem tentado reduzir os índices de acidentes trabalhando a engenharia de tráfego e sinalização, educação para o trânsito de forma continuada e fiscalização.
   
Motociclistas são as maiores vítimas
Ocupantes de motos são as principais vítimas em Sorocaba. Das 38 mortes registradas no ano passado, 49% (19) das vítimas estavam em motocicletas.

Trafegavam em automóveis 37% (14) das vítimas e o restante em outros tipos de veículos ou como pedestres.

Análise da frota mostra que o número de motos  cresceu de 2007 para 2008, percentual de 12%, bem mais que os 7% dos automóveis.

Entre os que se feriram, mas sobreviveram,  ocupantes de motocicletas são 43% do total, mesma porcentagem das vítimas que ocupavam automóveis.

Quem dirige em Sorocaba afirma perceber a maior agressividade no trânsito. O mapeador de processos Lucas Maia, 23, foi vítima de acidentes a bordo de motos em 2005 e 2008. “Nas duas vezes o errado era o motorista do carro, mas isso serviu para que eu revesse certas irresponsabilidades que eu também cometia”, afirma.

Para o comandante interino da Companhia de Trânsito da Polícia Militar, Marcel Ribeiro, a violência no trânsito  é resultante de imprudência e não de falhas na engenharia de tráfego. “O maior número de acidentes ocorre nas vias arteriais, onde  sinalização e asfalto são excelentes”, diz. “Não podemos descartar também que a frota cresce, mas o número de vias não acompanha. São muitos veículos disputando os mesmos espaços.” ( O JEITO,VAI SER IMPLANTAR O RODIZIO,QUE RESOLVE POR ALGUM TEMPO,AI DEPENDENDO DO AUMENTO DA FROTA, SP POR EX JA TÃO TA MAIS ADIANTANDO O RODIZIO,AMPLIAR POR EX:CARROS COM FINAL ZERO E UM ,JA NÃO PODEM CIRCULAR AMANHÃ, MAS AI COM CERTEZA VAI TER MUITA CHIADEIRA POR PARTE DOS MOTORISTAS, DIFICIL SOLUÇÃO.Nervoso)

 
 

NOTICIAS DO MUNDO:
PROSTITUTA INVADE APTO NOS EUA,E TENTA OBTER SEXO  COM 3 HOMENS.  ( É A CRISE,FORÇANDO PESSOAS A FAZEREM ISSO E 10 DÓLARES NÃO TA CARO 22 REAIS,AQUI NO BRASIL TA MAIS CARO,NA RUA CHEGA A 30,40 REAIS,E ELA É JEITOSINHA,UM TRATO NO CABELO,UMAS ROUPAS MAIS OUSADAINHAS QUEM SABE,SE BEM QUE OS CARAS NÃO DEVEM SER BRAD PITT NÉ ?BrincalhãoTonto)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s