ROBIN WILLIAMS VAMOS BOICOTAR ?

Ator diz que Brasil conseguiu as Olimpíadas após enviar cocaína e strippers

Ator diz que Brasil conseguiu as Olimpíadas após enviar cocaína e strippers

O Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos Rio-2016 estuda processar o ator norte-americano Robin Williams pelas declarações durante entrevista ao programa “Late Show”, de David Letterman. Na ocasião, o ator ironizou a vitória da candidatura da cidade brasileira sobre Chicago.

“Espero que a Oprah [Winfrey, apresentadora] não esteja chateada com as Olimpíadas. Chicago mandou Oprah e Michelle [Obama, primeira-dama americana]. O Brasil mandou 50
strippers e meio quilo de pó. Não foi justo”, disse ele.

Em nota, os organizadores comunicaram que “o assunto está nas mãos de seus advogados, capitaneados por Sérgio Mazzilo, que estão analisando as medidas judiciais cabíveis nos Estados Unidos”.( ja é o segundo a falar mal do BRASIL, a primeira foi a comediante WANDA SYKES ,em outubro, vc pode relembrar ai abaixo ou se não sabia ,pois é e agóra ,vamos boicotar ROBIN WILLIAMS ?, caramba a maioria do povo de CHICAGO não queria olimpiada lá,será que não entenderama ainda ? Pensativo) 

HUMORISTA AMERICANA FALA MAL DO BRASIL:( publicado em outubro ,para relembrar Bravo)
 
seu nome ,é WANDA SYKES,uma comediante americana que vc ja deve ter visto em filmes como A SÓGRA , A VOLTA DO TODO PODEROSO E MINHA SUPER EX NAMORADA, me recordo dela destes 3 se alguem souber de mais.
 
 
pois bem esta criatura falou mal do BRASIL, num programa de tv ,perguntaram a ela o que tinha achado do RJ ter ganho o direito de sediar as olimpíadas 2016,ai ela soltou  se o comite olimpíco tinha incluido prostituição como modalidade olímpica,e que talvez fosse escolhida a bunda mais bonita do RJ duante a competição.
 
uma alusão de que qui só temos prostitutas, e CHICAGO não tem ? se ela não se confórma . e tb não respeitar a opinião da maioria dos cidadãos de CHICAGO não quererem as olimpíadas e darem graças do RJ ter ganho é problema dela,mas num programa de tv ofender gratuitamente o BRASIL ,alis ofender em q , o que tem de mais ser prostituta, tem várias maneiras, esta WANDA nunca fez teste do sofá quando jovem ? talvez não ,mas não lhe da o direito de falar o que bem quer,mas tb não daremos bola, se formos ligar pra todos que falam mal de nós o pais não anda mais.    http://leilacordeiro.blogspot.com/2009/10/humorista-americana-ofende-o-brasil.html  clique no link e leia a matéria completa disso.Bravo
 
 

A Comissão de Educação do Senado aprovou projeto de lei de autoria do senador Valdir Raupp (PMDB-RO), que torna crime fabricar, importar ou distribuir jogos de videogames ofensivos "aos costumes e às tradições dos povos, aos seus cultos, credos, religiões e símbolos".

O projeto de lei, 170/06, altera a lei 7716/89, equiparando a divulgação de conteúdo discriminatório por meio dos videogames ao crime de preconceito previsto no artigo 20 da lei, com pena de um a três anos de reclusão.

Reprodução
Game japonês
Game japonês "RapeLay", que simula estupros; projeto de lei contra games "ofensivos" passa em comissão do Senado

"Alguns jogos têm passado de brincadeiras de mau gosto, sendo arsenal de propaganda e doutrinação contra determinadas culturas", avalia o relator Valter Pereira (PMDB-MS), em seu parecer.

"Não é possível confundir liberdade de expressão dos jogos com culto à anarquia, desrespeito à imagem e honra das pessoas e aos cultos com suas liturgias", conclui ele.

O projeto segue para votação na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), em decisão terminativa.

Em junho, depois de polêmica causada pelo game "Rapelay", que simula estupros, o órgão regulador japonês proibiu games de violência sexual. ( piada né,num pais onde a pirataria é aceita pela maioria, só os honestos não poderão vender este tipo de jogo,ja nos camelôs.Bravo)

 

Uma ONG da Dinamarca lançou um jogo eletrônico que pode ser acessado gratuitamente pela internet, e que chama a atenção para os maus-tratos contra mulheres de uma forma inusitada: convida o jogador a agredir uma adolescente.

O jogo foi disponibilizado na internet pela ONG "Born og Unge I Voldsramte familier", que luta pela defesa dos direitos dos menores que sofrem maus tratos de suas famílias.

Reprodução
Game dinamarquês polemiza e convida o jogador a agredir uma adolescente
Game de ONG dinamarquesa polemiza e convida o jogador a agredir uma adolescente

Em "Hit the bitch", o jogador pode bater na adolescente várias vezes enquanto ela o insulta.

Durante o jogo, a jovem mostra repetidamente o dedo médio ao jogador enquanto lança frases provocadoras, e ele responde no mais puro estilo machista.

Quando finalmente se derruba a jovem à base de pancadas e o jogo termina, aparece uma mensagem, em dinamarquês, insultando jogador e dizendo que não há desculpas que justifiquem os maus-tratos contra as mulheres.

Diante da polêmica surgida –e do fato de que jogadores de outros países não entendam a mensagem do jogo, desenvolvido em dinamarquês–, os responsáveis pela ONG bloquearam os acessos ao mesmo a partir do exterior.

"Prezado visitante não-dinamarquês: devido ao alto número de visitas, "Hit the bitch" foi limitado exclusivamente a usuários da Dinamarca", diz a mensagem da página bloqueada.

A mensagem, assinada por "Children exposed to violence at home" ("Crianças expostas à violência doméstica", em tradução livre) acrescenta que, "no entanto, a violência doméstica é um problema global. Portanto, por favor, apoie a luta contra ela em seu próprio país". (deveria ter em inglês pelo mmenos a mensagem,mas os machões tb lógo bloqueariam ,e quem não entende tb bloquearia,pois alegaria que o jogo estimula a violência contra a mulher ,a inicitiva é boa, mas tem pais atrasado que não acompanha os demais.Pensativo)

 

Alunos da rede municipal de Altinópolis, na região de Ribeirão Preto (313 km de São Paulo), estão sendo gravados. O monitoramento por câmeras nas salas de aula e no pátio começou há 15 dias na escola Padre Geraldo Trossel e deve ser estendido pela prefeitura a outras unidades da rede.

A partir do início do próximo ano letivo, os pais terão acesso via internet, ao vivo, às imagens gravadas nas salas de aula.

Segundo o prefeito Marcos Hernani Hyssa Luis (PMDB), o Nanão, os equipamentos foram instalados como parte do projeto pedagógico de tentar aproximar os pais do ambiente da escola. "A questão da segurança está inserida nesse contexto."

De acordo com ele, os pais sem conhecimentos de informática estão passando por cursos de inclusão digital para ter acesso às imagens. "No início, houve um pouco de receio dos professores, mas depois eles perceberam os benefícios das câmeras", afirma o prefeito.

Maria Cristina Dutra de Oliveira, diretora da escola, afirma que não houve casos de violência que tenham provocado a instalação das câmeras. Os equipamentos, segundo ela, também não visam interferir no trabalho dos professores.

"No início, os alunos ficaram meio admirados, não acreditavam que estavam sendo gravados, mas depois passou. Não mudou nada no comportamento deles", diz a professora de matemática Roberta Zanata.

Outra professora, Lurdes Benedito de Souza, afirma que, "no primeiro momento", ficou constrangida, mas depois esqueceu as câmeras. "Meu trabalho continuou o mesmo, mas os alunos ficaram um pouco inibidos. Os que davam trabalho continuam dando trabalho, mas menos do que antes."

Pais de alunos ouvidos pela Folha não só aprovaram a instalação das câmeras como a veem como um modelo a ser adotado em outras escolas.

O professor de artes marciais Ricardo Honório Tozzi, 39, pai de Karen Gonçalves, 12, disse que a medida deve trazer "mais respeito por parte dos alunos". "Eles vão ficar meio constrangidos de perturbar, porque tudo vai ser filmado", afirma.

Antonio Sérgio Bendazolli, 55, pretende comprar um computador para acompanhar o que se passa na escola. Pai de Caio César Bendazolli, 16, Antonio cita o problema das drogas no ambiente escolar como um dos que podem ser enfrentados com o uso das câmeras. (não só dentro como colocar câmeras na parte de fóra da escola para monitorar  vagabundos que se aproximem.)

 
 
NOTICIAS DO MUNDO:
 

Os pais de uma menina tiveram uma ideia inusitada para extrair um dente de leite da filha. Eles decidiram amarrar a ponta de um fio no dente e a outra em um carrinho com controle remoto, segundo reportagem publicada pelo jornal inglês “Daily Mail”. 

Para ajudar na extração, os pais colocaram uma rampa para o carrinho saltar. Apesar de perigosa, a ideia foi bastante eficaz. A cena foi filmada e colocada em sites de compartilhamento de vídeos, como o YouTube (veja aqui) e Live Leak (assista aqui).  

Foto: Reprodução/YouTube

Pais amarraram a ponta de um fio no dente e a outra em um carrinho. (Foto: Reprodução/YouTube)

Foto: Reprodução/YouTube

Menina mostra que dente foi extraído com sucesso. ( que coisa,seu filho tem medo de dentista,faça isso então, veja o video da extração aqui   http://www.youtube.com/watch?v=AIq-vG7tm8s Nerd)

 
Faculdade dos EUA recusa formatura a alunos obesos

Uma universidade dos Estados Unidos está provocando polêmica após anunciar que vai recusar a formatura de alunos obesos.

Em 2006, a Lincoln University, em Oxford, no Estado da Pensilvânia, havia obrigado os estudantes com índice de massa corpórea (IMC) acima de 30 – um indicador de obesidade – a praticar Educação Física três horas por semana.

O curso inclui atividades como hidroginástica, aeróbica e artes marciais.
Agora que a primeira turma está para se formar, os que não reduziram seu IMC correm o risco de não conseguirem se formar.

"Cerca de 15% de nossos alunos não conseguiram um IMC menor que 30, portanto, esperamos que dezenas deles não completem o curso", disse à BBC James L. DeBoy, chefe do departamento de Saúde, Educação Física e Recreação da universidade.

‘Epidemia’

LeBoy defendeu a decisão da instituição, dizendo que "tempos drásticos requerem medidas drásticas".
"Estamos em meio a uma epidemia de obesidade nos Estados Unidos, e sabemos que a obesidade se associa a doenças do coração, diabetes, acidentes vasculares-cerebrais, câncer e problemas ósseos e musculares", afirmou.

Mas muitos alunos vieram a público para reclamar da universidade. "O requisito do IMC é ridículo", definiu Sharifa Riley, aluna de jornalismo, à BBC.

"Estou perfeitamente consciente de que a obesidade está se tornando um problema, principalmente para pessoas da nossa idade. Mas os estudantes vêm à universidade para receber uma educação", disse. "Para mim, trabalhar durante quatro anos para chegar ao final do meu curso e alguém me dizer que não posso me formar por causa do meu peso, não tem nada a ver."

Em entrevista à rede CNN, o professor de Direito David Kairys, da Universidade de Temple, também na Pensilvânia, disse que, do ponto-de-vista legal, a exigência da Lincoln parece "paternalista" e "intrusiva".

"O curso de fitness deveria ser uma escolha do estudante", concluiu.

cadê a democracia americana que tanto falam PQP, FDPS PAIS DE MÉRDA ( esta é a tal democracia americana que tanto pregam por ai ? se a pessoa,e estuda, tirou notas boas no vai ter seu diploma só por ser gorda ?

 
que pais é este então caramba ?Bravo)


ENSAIO DE GEYSE ARRUDA

pra quem foi chamada de feia e gorda ,ela ta aparecendo bastante não ? o la em casa heheeheh, veja mais fótos aqui  http://entretenimento.r7.com/famosos-e-tv/fotos/geisy-arruda-se-veste-de-noiva-em-ensaio-fotografico-4.html


PIADAS REAIS ,SIM ELAS EXISTEM.

Os 5 Processos mais bizarros no Estados Unidos

5º lugar (empatado): Kathleen Robertson, de Austin, Texas, recebeu US$ 780.000,00 de indenização de uma loja de móveis, por ter tropeçado numa criancinha que corria solta pela loja e quebrado o tornozelo. Até aí, quase compreensível, se a criança descontrolada em questão não fosse o próprio filho da sra. Robertson.  


5º lugar (empatado): Terrence Dickinson, de Bristol, Pennsylvania, estava saindo pela garagem de uma casa que tinha acabado de roubar. Ele não conseguiu abrir a porta da garagem, porque a automação estava com defeito. Não conseguiu entrar de volta na casa porque a porta já tinha fechado por dentro. A família estava de férias e o sr. Dickinson ficou trancado na garagem por oito dias, comendo ração de cachorro e bebendo pepsi de um engradado que encontrou por ali.
Ele processou o proprietário da casa, alegando que a situação lhe causou profunda angústia mental.
Recebeu US$ 500.000, 00.

4º lugar: Jerry Williams, de Little Rock, Arkansas, foi indenizado com US$ 4.500,00, mais despesas médicas, depois de ter sido mordido na bunda pelo “beagle” do vizinho. O cachorro estava na coleira, do outro lado da cerca, mas ainda assim reagiu com violência quando o Sr. Williams pulou a cerca e atirou repetidamente contra ele com uma espingardinha de chumbo.

3º lugar: Um restaurante na Filadélfia foi condenado a pagar US$ 113.500,00 de indenização a Amber Carson, de Lancaster, Pennsylvania, após ela ter escorregado e quebrado o cóccix. O chão estava molhado porque, segundos antes, a própria Amber Carson havia atirado um copo de refrigerante no seu namorado, durante uma discussão.

2º lugar: Kara Walton, de Claymont, Delaware, processou o proprietário de uma casa noturna da cidade vizinha, por ter caído da janela do banheiro quebrado os dois dentes da frente. Ela estava tentando escapar do bar sem ter que pagar o couvert (de US$ 3,50).
Recebeu US$ 12.000,00, mais despesas dentárias.

1º lugar: o grande vencedor do ano foi o sr. Merv Grazinski, de Oklahoma Cty, Oklahoma. O Sr. Grazinski havia recém comprado um Motorhome Winnebago Automático e estava voltando sozinho de um jogo de futebol, realizado em outra cidade. Na estrada, ele marcou o piloto automático do carro para 100 km/h, abandonou o banco do motorista e foi para a traseira do veículo preparar um café. Quase como era de se esperar, o veículo saiu da estrada, bateu e capotou.
O sr. Grazinski processou a Winnebago por não explicar no manual que o piloto automático não permitia que o motorista abandonasse a direção. O júri concedeu a indenização de US$ 1.750.000,00, mais um novo Motorhome Winnebago. A companhia mudou todos os manuais de proprietário a partir deste processo, para o caso de algum outro retardado mental comprar seus carros.

Tem coisas que não da pra acreditar!!! ( ta vendo meu amigo ? e vc ainda quer morar lá né ? fica ai babando ovo pelos EUA, vai lá zé ruéla.Doente)

O velho fazendeiro do interior de Minas está em sua sala, proseando com um amigo, quando um menino passa correndo por ali.
Ele chama:
– Diproma, vai falá pra sua avó trazê um cafezinho aqui pra visita!
E o amigo estranha:
– Mas que nome engraçado tem esse menino! É seu parente?
– É meu neto! Eu chamo ele assim porque mandei a minha filha estudar em Belzonte e ela voltou com ele!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s