USO DIGITAL PARA RECONHEÇER BANDIDOS

‘Sacada’ de vítima ajuda no esclarecimento de assaltos   Um lampejo criativo de uma vítima está ajudando a polícia a esclarecer vários roubos a residências de Sorocaba atribuídos a Davi Pedroso Leme, 24 anos, e Diego Pereira da Rocha, 26.

Depois de receber a dica de um homem que teve sua casa invadida, policiais inseriram digitalmente bonés sobre as fotos dos acusados, o que permitiu que outras pessoas  também os reconhecessem sem sombra de dúvidas.

A dupla foi presa em abril, quando estava a bordo de um carro roubado. Como é de praxe, policiais chamaram vítimas  para tentar o reconhecimento através de fotos, mas a resposta era sempre negativa.

Foi então que uma das vítimas tapou com os dedões as cabeças dos acusados (da testa para cima) e os reconheceu na hora.

“Eles sempre agiam com bonés e quando mostrávamos as fotos com as cabeças descobertas, os cabelos ocultados durante os assaltos ajudavam a mudar toda a fisionomia”, explica um investigador do 1º DP envolvido na apuração. “Colocamos os bonés falsos e já conseguimos três reconhecimentos.”

Segundo  relatos, Davi e Diego  eram violentos nas ações. Em dois  roubos nos quais já estão identificados as vítimas foram  amarradas.

Em um dos crimes a dupla fez crianças como reféns e ameaçou voltar para sequestrar e matar a proprietária da casa, caso ela estivesse escondendo objetos de valor.

Em outro caso, um dos acusados efetuou um tiro que atingiu a parede da casa assaltada. A dupla segue presa no CDP de  Sorocaba. ( vitima esperta e a policia tb, ta ai uma boa, o uso digital para descobrir  e prender estes elementos.Wink)


HUMOR:

Adão estava perambulando triste pelo jardim do Éden, muito sozinho,
quando Deus perguntou:

– O que há de errado com você?
Adão disse
que não tinha com quem conversar e era muito solitário…

Deus
disse-lhe que então iria lhe fazer uma companhia e que seria uma mulher.
Disse mais:

– Ela será muito bonita, recolherá alimento para você;
irá cozinhar para você, e quando você sujar suas vestimentas, ela lavará
para você. Concordará sempre com cada decisão que você tomar e não o
enganará. Será sempre a primeira a admitir que está errada quando vocês
tiverem um desentendimento. Elogiará e o apoiará sempre. Carregará suas
crianças, e nunca pedirá que você se levante no meio da noite para
cuidar delas. Nunca terá uma enxaqueca e sempre terá vontade e
disposição para lhe dar amor e carinho sempre que você necessitar.

Adão
então perguntou a Deus:

– Quanto me custará essa mulher?
Deus
respondeu:

– Um braço e uma perna!
Adão, pensou por um momento e
então, falou:

– Senhor, o que posso conseguir por uma costela?
Naturalmente,
o resto da história você conhece… Olha só o que dá ser mão-de-vaca!


O Joãozinho está sentado na 1ª fila.
O professor pede aos alunos para
darem exemplos de excitantes:

– O café! – responde a Maria

Muito bem – diz o professor

– O álcool! – responde o António

Muito bem – diz o professor

– Uma mulher nua! – responde o Joãozinho.
O
professor, num tom de voz severo:

– Você vai dizer ao teu pai para
vir falar comigo amanhã, tenho duas palavrinhas para dizer a ele…

No
dia seguinte o professor repara que o Joãozinho está sentado na última
fila.

Ele pergunta:
– Joãozinho, você deu o recado ao seu pai?

Sim, senhor professor

– O que é que ele te disse?
– Ele me disse:
se o seu professor não fica excitado com uma mulher nua é porque é
viado!

Fica longe dele, meu filho.

Bill e Sam, dois amigos da
terceira idade, encontravam-se no parque todos os dias para alimentar os
pássaros, observar os esquilos e discutir os problemas mundiais.
Um dia, Bill não apareceu. Sam pensou que ele poderia estar resfriado ou
coisa semelhante. Entretanto, Bill não apareceu nos próximos dias e
semanas. Sam ficou preocupado.
Como eles se conheciam somente do parque, Sam não tinha a menor idéia
onde Bill morava e ficou impossibilitado de saber o que de fato ocorreu
com ele.
Passado um mês, Sam estava chateado pois ficou na sua mente a ultima vez
que viu Bill. Indo ao parque como de costume, lá estava sentado Bill.
Sam ficou felicíssimo e se aproximou.
– Por Deus, Bill, o que aconteceu com você?
Bill respondeu:
– Eu estava na cadeia.
– Cadeia? – gritou Sam. Por quê motivo?
Bill disse:
– Você conhece a Vanessa, aquela garçonete loira e deliciosa da padaria
que eu vou de vez em quando?
– Claro que me lembro, falou Sam.
– Bem, um dia ela foi à Policia e me denunciou por estupro. E eu, com
meus 89 anos de idade, fui todo feliz para a Corte e me considerei
culpado.
– E aí?
– O porra do juiz me sentenciou a 30 dias por falso testemunho!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s