CASO DA COMERCIANTE, INVADIRAM A DELEGACIA DE NOVO ?

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Dois raios caem, sim, no mesmo lugar. Menos de uma semana após uma comerciante ser assaltada dentro de uma delegacia instalada no Jardim das Nações, em Salto, criminosos invadiram a mesma unidade  e praticaram atos de vandalismo em todos seus cômodos. Assim como no caso do assalto, ninguém foi preso.

 A invasão só foi descoberta quando funcionários da unidade chegaram para trabalhar na manhã desta segunda-feira. A unidade ficou fechada no fim de semana, mas moradores do bairro disseram não ter percebido as janelas da entrada principal quebradas até a noite de domingo. O distrito policial ficou fechado ao atendimento durante parte da manhã.

Peritos estiveram no local para tentar pegar impressões digitais dos invasores. Como funcionários, policiais militares que registram ocorrências e a população em geral frequenta a delegacia, o desafio é distinguir quais seriam as impressões deixadas pelos criminosos.

Informações podem ser passadas à polícia pelo Disque-Denúncia 181.

 

No entanto, ela foi surpreendida por dois homens que anunciaram o assalto.

A mulher reagiu e chegou a lutar com um dos criminosos. Mesmo assim, eles pegaram sua bolsa –que continha R$ 13.500 – e fugiram. A Corregedoria da Polícia Civil abriu um inquérito na última sexta-feira para investigar o assalto.

 

Possível busca por  inquérito
Para o diretor do Deinter-7 (Departamento de Polícia Judiciária), Weldon Costa, é possível que os invasores estivessem procurando pelo inquérito que apura o roubo à comerciante ocorrido na semana passada. “Nada foi levado. Também não houve vandalismo. Procuravam algo”, afirma. “Mas o inquérito não estava lá”, complementa.

O delegado explica que a polícia tem recebido informações que podem levar aos autores do assalto, mas todas estão sendo triadas para evitar que a polícia fique à mercê do denuncismo.

O assalto
A comerciante foi rendida por um homem armado no saguão da delegacia. Após lutar com a vítima, ele fugiu com R$ 13,5 mil junto de um comparsa. Nenhum policial que estava na delegacia reagiu ao roubo.

(pelo jeito a ousadia dos caras não tem limites, mas chega a ser estranho, entrar numa delegacia, só por causa de um inquérito ? sem falar que cópiaas deles podem ter, até no computador se é que fazem isso.

mas a policia precisa de uma resposta rápida , afinal uma afronta dupla, os bandidos entram pra roubar a mulher la dentro e agóra invadem novamente, agóra se não houver resposta eficaz , de que adianta manter esta delegacia ?Bravo)


NOTICIAS DO DIA:

Guilherme Lara Campos/AE
Grevistas fazem protesto em rua da região da Bela Vista (SP)

 A manifestação dos funcionários da USP (Universidade de São Paulo), ocorrida nesta terça-feira (18) na rua Itapeva, nos arredores da avenida Paulista, teve confusão com o motorista de um veículo por volta das 14h, no primeiro incidente registrado.

Valter Garcia, médico do hospital Igesp, dirigia seu carro pela rua no sentido centro quando foi cercado por manifestantes. Ele diz que os servidores não quiseram dar passagem e que se colocaram na frente do automóvel. Um dos militantes, Fernando Daniel, afirma ter pedido ao motorista para dar meia volta, mas que não foi atendido. Segundo ele, o médico teria avançado sobre os funcionários com o veículo.

O R7 presenciou o momento em que Fernando Daniel deu um tapa no capô do carro. Garcia desceu do veículo e foi ameaçado pelos manifestantes, que continuaram cercando-o. O motorista chamou polícia e, por volta de 14h30, registrou um boletim de ocorrência. O médico retirou o veículo de perto da manifestação.

Segundo Garcia, agentes da CET (Companhia de Engenharia de Tráfego) estavam presentes e disseram que a rua não está com o trânsito impedido. Após a confusão, os funcionários fecharam completamente a rua. Segundo a Polícia Militar, 300 pessoas participam do protesto no local.

O ato ocorre diante do Cruesp (Conselho dos Reitores das Universidades Estaduais Paulistas), que está reunido para uma nova rodada de negociação salarial com o Fórum das Seis, que agrega sindicatos dos funcionários e dos professores da USP, Unesp (Universidade Estadual Paulista) e Unicamp (Universidade Estadual de Campinas).

Anteriormente, o Cruesp havia oferecido aumento de 6,57%, valor que foi rejeitado pelos sindicatos. Eles querem reajuste de 16%. ( na hora que vem a tropa de choque ai não fica um né ? olha a manifestação é democratica, um direito de todos, mas este direito não pode atrapalhar a vida de terceiros, que nada tem a ver com a manifestação, rua é passagem publica, e se tem uma emergência médica ?Bravo)

 

 


NOTICIAS  DO MUNDO:

Huang Guangyu já foi considerado o homem mais rico da China, dono de uma fortuna de mais de R$ 3 bilhões (US$ 1,7 bilhão) menos de cinco anos atrás. Hoje responde por crimes de corrupção e suborno e pode passar até 14 anos na cadeia, tempo pelo qual foi condenado nesta terça-feira (18) por um tribunal de Pequim.

O ex-empresário, de 41 anos, foi detido em novembro de 2008 e indiciado em janeiro de 2009 por práticas de negócios ilegais.

Até a ocasião, ele aparecia como um bem-sucedido homem de negócios que cresceu vendendo eletrodomésticos a preços mais baratos do que qualquer concorrente. Isso rendeu-lhe, inclusive, o apelido de “o detonador de preços”.

Com US$ 500 no bolso e um diploma somente do ensino médio, ele fundou a cadeia de varejo Gome, que hoje tem 420 lojas na China. Ele começou a carreira vendendo produtos baratos na beira de rodovias de Pequim que comprava de fábricas na região.

Guangyu, segundo a Justiça, enriqueceu comprando e vendendo moedas estrangeiras em um esquema que envolvia remessas ilegais de dinheiro para Hong Kong. Também teve envolvimento nas manipulações na Bolsa de uma empresa cotada em Shenzhen e que ofereceu mais de R$ 1 milhão (US$ 600 mil) a autoridades.

Os subornos tinham como objetivo obter vantagens para a Gome e sua empresa imobiliária, a Beijing Pengrun.( la 14 é 14,não tem essa de beneficios, bom comportam3ent, semi aberto etc, este homem com certeza, adoraraia ter sido julgado aqui.Pensativo)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s