adaptador para sexo oral, tinha de ser invenção do JAPÃO

Anúncios

a duas semanas do casósio mulher é pega com adolescente

A norte-americana Destiny Witte, de 32 anos, foi presa na quarta-feira (27), duas semanas antes de seu casamento, acusada de manter relações sexuais com um garoto de 14 anos em Lakeland, no estado da Flórida (EUA).
Witte Destiny foi acusada de manter relações sexuais com um garoto de 14 anos. (Foto: Reprodução/WTSP)Witte Destiny foi acusada de manter relações sexuais com um garoto de 14 anos. (Foto: Reprodução/WTSP)
De acordo com a emissora de TV “WTSP”, Destiny trocou diversas mensagens de texto por celular com o adolescente antes de encontrá-lo em um parque local. A mulher e o garoto teriam mantido relações sexuais no banheiro masculino.
A polícia abriu uma investigação depois que familiares da vítima notaram que Destiny estava passando muito tempo ao lado do adolescente. A família também percebeu que o garoto estava agindo de forma estranha.
Destiny, que tem três filhos em idade escolar, iria se casar em duas semanas, mas o noivo desistiu da união após a prisão. Ela foi levada para a cadeia do condado de Polk.( e como sempre aconteçe precisa alguém de fora descobrir, ela vai presa e o garoto é mais um garanhão com moral e histórias pra contar.)

policia na caça a matadores de PMS

Divulgação/SSP

Cartaz da PM mostra dois suspeitos identificados e outros três procurados por retrato falado

A Secretaria de Segurança Pública divulgou nesta quinta-feira fotos dos suspeitos dos assassinatos de policiais militares nas últimas semanas. Três homens procurados foram identificados. Outros três tiveram apenas o retrato falado divulgado pela SSP.

O órgão pede à população que use o disque denúncia para qualquer informação que possa ajudar a prender os suspeitos. O número do Disque Denúncia é 181. Informações também podem ser passadas à Polícia Militar pelo 190 Polícia Militar ou ao Disque-PM pelo 0800-0555-190.

Onda de ataques

Desde o dia trinta de maio, policiais militares vem sendo alvo de ataques de bandidos. Sete oficiais foram mortos na capital paulista e ônibus foram queimados.

Nessa quarta-feira, ônibus municipais da companhia ViaSul que operam na região do Sacomã, na zona sul de São Paulo, não saíram da garagem durante a noite. Na segunda-feira, um ônibus da ViaSul foi incendiado enquanto o motorista estava parado com o coletivo esperando o horário marcado para a próxima viagem. Já na última terça-feira, dois homens em uma moto azul jogaram um coquetel molotov em um coletivo, por volta das 23h.

Leia também:

Rota prende suspeito de ligação com PCC e morte de policiais em São Paulo
Paula Miraglia: São Paulo novamente sob ataque
Em alerta após execução de policiais, PM reforça efetivo em São Paulo
Traficante da zona leste deu ordem para matar PMs
“Execução de PMs é retaliação ao trabalho da polícia”
São Paulo sofre nova onda de arrastões a restaurantes

Policiais da Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar (Rota) prenderam na quarta-feira (27) um homem suspeito de participar da morte policiais militares, durante onda de ataques contra agentes de segurança ocorrida nos últimos dias em São Paulo. O patrulhamento no Estado trabalham em alerta total, conforme relataram policiais à reportagem do iG.

No mesmo dia, o governador Geraldo Alckmin falou pela primeira vez sobre o assunto. Ele disse que “a policia não vai retroceder um milímetro” e que quem enfrentar “a polícia vai levar a pior”.

Divulgação/SSP

Um dos procurados pela morte de Policiais Militares

Apesar de repetir algumas práticas usadas nos ataques do Primeiro Comando da Capital (PCC) em 2006, governo e polícia não creditam à facção criminosa a autoria dos crimes. Para o governador, os atentados são reação de traficantes de drogas contra a ação da PM. “Não tem nenhuma relação com os fatos de 2006. O sistema penitenciário está totalmente sob controle. É uma reação à ação da polícia 24h prendendo criminosos e ligado isso sim, ao tráfico de drogas”. ( e o povo como sempre bunda mole, prefere dar uma de avestruz, esvonde a cabeça, joga fora seu voto em qualquer zé picareta e assim caminha  a humanidade.)

menina BRENDA que sumiu de culto evangélico, é achada em SP

A menina de quatro anos que havia desaparecido no dia 10 de junho durante um culto evangélico no Cambuci, centro de São Paulo, foi encontrada na tarde de ontem por um vizinho dela, na rua Vergueiro, também na região central.

Um homem não identificado pela polícia andava com Brenda Gabriela da Silva no colo quando parou em frente a uma loja de doces. Coincidentemente, o repositor Alex Ramos de Carvalho, 18, trabalhava no local e reconheceu a menina, sua vizinha.

“Cheguei perto do homem e disse que ele tinha sequestrado a menina. Ele falou que era pai dela e que pegaria o registro para provar. Então peguei ela no colo e, com a outra mão, fiquei segurando ele”, conta Carvalho.

O homem acabou fugindo quando o repositor tentou pegar o celular para ligar para a polícia. O suspeito está sendo procurado.

A PM foi chamada pelo jovem, que levou Brenda até o 5º DP (Aclimação), onde ela foi reconhecida pela mãe.

“É muita felicidade ver a minha filha de novo”, disse Geisa Maria da Silva, 30.

Segundo PMs, a menina estava tranquila, mas com muita fome. Ela teve seus cabelos cortados bem curtos.

  Reprodução/TV Globo  
Mãe reencontra com garota Brenda Gabriela que ficou desaparecida por cerca de duas semanas em São Paulo
Mãe reencontra com garota Brenda Gabriela que ficou desaparecida por cerca de duas semanas em São Paulo

DESAPARECIMENTO

Brenda desapareceu durante uma celebração da Igreja Pentecostal Deus É Amor, após a mãe se descuidar e perder a menina de vista.

A polícia foi acionada e chegou a analisar imagens de câmeras de segurança do templo em busca de pistas.

Geisa deixou de trabalhar para procurar a menina –espalhou cartazes pelas ruas da região com a foto da filha. A igreja também fez uma campanha na internet. ( parabens ao rapaz que teve atitude heróica)