aborrecentes dirigem e infernizam o trânsito em SOROCABA

 A ousadia e o vigor da adolescência engrossam a lista de imprudências registradas em Sorocaba.  Na madrugada desta quarta, por exemplo, seis menores foram flagrados pela Guarda Civil Municipal em um carro na rua Leonel de Moura Brizola, Conjunto Habitacional Ana Paula Eleutério, o Habiteto. O veículo era guiado por um jovem de 16 anos.

“A aparência de quem conduz o veículo chama a atenção. Por isso, adolescentes acabam sendo abordados”, explica o subcomandante da GCM, Benedito Zanin.

Nas autuações realizadas pela corporação, que envolvem menores guiando carros e motos, grande parte afirma adquirir o veículo na conhecida Feira da Barganha. “Os jovens têm a necessidade de chamar a atenção e acabam adquirindo veículos para se exibir a  amigos e, muitas vezes, mulheres”, destaca o subcomandante. “É algo natural da idade, que acaba gerando ocorrências e, muitas vezes, acidentes.”

Objeto de risco / Especialista no comportamento de jovens, a psicóloga Fátima Giacon, concorda com a afirmação do subcomandante da Guarda Civil Municipal. “Os adolescentes do sexo masculino realmente têm como objeto de desejo o carro  ou a moto”, diz a especialista.

 Para ela, este comportamento faz parte da sociedade há muito tempo. “O jovem da classe média e alta também possui tal desejo, mas seus próprios pais acabam dispondo o veículo para eles”, explica. “Já os menores da periferia buscam este carro ou moto em lugares ilícitos, com maior facilidade”, complementa. “Se o menor vive num contexto criminoso, ele irá em busca do objeto de desejo infringindo a lei, sem nenhum remorso.”

Além das posses /O BOM DIA flagrou alguns adolescentes guiando motos na avenida Chico Xavier,  Habiteto, na tarde desta quarta.
Crianças e mulheres observavam os adolescentes pela via, sem demonstrar nenhuma surpresa. Uma das motos não possuia placa.

No outro caso, o jovem trafegava pela rotatória, entrando na contramão da avenida. “Os menores que adquirem esses veículos irregulares nunca serão vistos nas grandes avenidas da cidade. Eles costumam permanecer nos bairros e usam seus carros e motos apenas pela ostentação social”, esclarece o subcomandante Zanin.

Quando são apreendidos, carros e motos seguem para o guincho Nove de Julho onde permanecem à disposição da Justiça. Todos os veículos são investigados e costumam passar por perícia.


Acidente deixa três feridos
Após tentarem evitar a abordagem da Guarda Civil Municipal, seis adolescentes se envolvem em um acidente,  na madrugada desta quarta, no qual todos acabaram presos nas ferragens do carro.

 “Estávamos patrulhando os arredores da unidade de saúde do Habiteto, quando um carro vermelho passou com seis adolescentes”, explica o GCM Maurício Ferreira que, junto com o GCM Soares, acompanhou o automóvel onde estavam os menores.

O carro era guiado por um menor de 16 anos. “Eles tentaram chegar até a área verde do bairro, onde pretendiam abandonar o carro e fugir a pé. Antes disso, o menor perdeu o controle do veículo e bateu no muro de uma casa”, conta o GCM Ferreira.

O Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) foi acionado. Os seis rapazes ficaram presos nas ferragens do veículo. Três deles foram levados ao Hospital Regional, com ferimentos leves na região da cabeça. “O carro funcionava com um galão de produto de limpeza repleto de etanol. Ficamos com medo de o veículo explodir antes dos adolescentes serem retirados”, destaca o GCM.

Problema social / Em contato com familiares dos jovens – que possuem entre 12 e 16 anos – o GCM Ferreira conta que os pais se mostraram cansados. “Nós já os conhecíamos, pois quase todos possuem atos infracionais por tráfico de entorpecentes”, afirma o guarda. “Por isso, alguns dos pais até perguntaram se não poderíamos levar seus filhos para Fundação Casa.”

Há mais de dez anos na área de direito, o advogado Felipe Ferreira diz que, ao atender casos semelhantes a este, os pais se demonstram esgotados. “Geralmente este pai já foi até a delegacia mais de uma vez atrás do filho”, conta o advogado. “Alguns creem que a internação na Fundação Casa é uma saída”, conclui.

18
motos compradas na Feira da Barganha foram apreendidas pela GCM em 2012, nas mãos de menores

Sucatas
“Algumas dessas motos e carros não possuem placas, retrovisores e peças fundamentais. Por isso são tão baratas. É preciso tomar cuidado, pois o adolescente não arrisca só a própria vida, mas a vida de outras pessoas também”, diz o subcomandante Zanin, da GCM

190 
é o número para denúncias da PM. A GCM atende no 199 ( ai na hora do vamos responder pela barbaridade que vier a cometer, ai abaixa a cabeça , AH SOU DE MENOR.

esta corja só quer alegria,e nada de responsabilidade, mas afinal uma pergunta: onde eles arrumam grana pra comprar veículos e motos ?)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s