PITBOYS agridem homossexual em SP

AMIGOS DE SÃO PAULO, ATENÇÃO !!!<br /><br /><br /><br /><br /><br /><br />
MOSTREM A CARA DESSES AGRESSORES CRIMINOSOS.<br /><br /><br /><br /><br /><br /><br />
DEIXEM A FAMÍLIA DELES CIENTE DESSE ATO.</p><br /><br /><br /><br /><br /><br />
<p>O bancário André Cardoso Baliera passava a pé pela avenida Henrique Schaumann, no bairro de Pinheiros, SP, por volta das 19 horas dessa segunda, 03/12, quando um carro se aproximou dele e seus ocupantes começaram a insultá-lo com ofensas homofóbicas. O jovem respondeu ao xingamento, o que levou os provocadores a descerem do carro e começarem a dar chutes e socos em André. Segundo testemunhas, a agressão teria sido gratuita e com motivação homofóbica. A vítima ficou com o rosto ferido. Policiais que realizavam patrulha na região levaram os envolvidos para a Central de Flagrantes do 91º Distrito Policial.<br /><br /><br /><br /><br /><br /><br />
Um dos agressores, o empresário Bruno Portieri, de 25 anos, deu a entender em entrevista para a equipe de TV da Rede Record, que a vítima mereceu ser agredida. "O agredido apanhou, apanhou de besta. Se ele tivesse seguido o caminho dele não teria apanhado", declarou o empresário.<br /><br /><br /><br /><br /><br /><br />
O outro agressor é Diego Mosca, de 29 anos, que trabalha como personal trainer. Os dois passaram a noite na carceragem do 91º DP. Após ouvir as testemunhas, a polícia considerou que os dois homens tentaram matar o bancário, por isso foram autuados em flagrante.</p><br /><br /><br /><br /><br /><br />
<p>PERFIL DO AGRESSOR DIEGO NO FACEBOOK<br /><br /><br /><br /><br /><br /><br />
https://www.facebook.com/diego.mosca.18</p><br /><br /><br /><br /><br /><br />
<p>PERFIL DO AGRESSOR BRUNO NO FACEBOOK<br /><br /><br /><br /><br /><br /><br />
https://www.facebook.com/bruno.portieri

AMIGOS DE SÃO PAULO, ATENÇÃO !!!
MOSTREM A CARA DESSES AGRESSORES CRIMINOSOS.
DEIXEM A FAMÍLIA DELES CIENTE DESSE ATO.

O bancário André Cardoso Baliera passava  a pé pela avenida Henrique Schaumann, no bairro de Pinheiros, SP, por volta das 19 horas dessa segunda, 03/12, quando um carro se aproximou dele e seus ocupantes começaram a insultá-lo com ofensas homofóbicas. 

O jovem respondeu ao xingamento, o que levou os provocadores a descerem do carro e começarem a dar chutes e socos em André. Segundo testemunhas, a agressão teria sido gratuita e com motivação homofóbica. A vítima ficou com o rosto ferido. Policiais que realizavam patrulha na região levaram os envolvidos para a Central de Flagrantes do 91º Distrito Policial.


Um dos agressores, o empresário Bruno Portieri, de 25 anos, deu a entender em entrevista para a equipe de TV da Rede Record, que a vítima mereceu ser agredida. “O agredido apanhou, apanhou de besta. Se ele tivesse seguido o caminho dele não teria apanhado”, declarou o empresário.


O outro agressor é Diego Mosca, de 29 anos, que trabalha como personal trainer. Os dois passaram a noite na carceragem do 91º DP. Após ouvir as testemunhas, a polícia considerou que os dois homens tentaram matar o bancário, por isso foram autuados em flagrante.  

( quando uma pessoa pratica musculação ou artes marciais deve saber que não pode usar isso conta gente mais fraca que não tem a mesma chance, pelo menos os de artes marciais aprendem isso é uma filosofia.

não tem a campanha conte até 10 na tv ? mesmo havendo discussão, vai embora, mas não o PITBOY desce do carro e bate, e ainda foram 2 contra 1 e ameaçaram quem estava registrando com seu celular.

vejam o vídeo abaixo e comprovem.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s