vídeo de ex miss teen americana cai na net

A americana Melissa King, de 18 anos, que renunciou ao título de Miss Delaware Teen depois que um vídeo pornô amador foi publicado em um site de conteúdo adulto, alega que fez o pornô porque “pensou que seria divertido” e “precisava de dinheiro”.

Site do concurso ainda trazia nesta quinta-feira Melissa King como campeã (Foto: Reprodução)

 

Melissa, que havia vencido o concurso em novembro de 2012 (Foto: Reprodução)
Melissa, que havia vencido o concurso em novembro de 2012 (Foto: Reprodução) Melissa, que havia vencido o concurso em novembro de 2012, deve ser substituída pela vice-campeã Hailey Lawler. Apesar da renúncia da candidata de Delaware, o site do concurso ainda não havia sido atualizado nesta quinta-feira e trazia Melissa King como campeã.

De acordo com a imprensa americana, ela enviou uma carta de renúncia na terça-feira (26), mesmo dia em que o vídeo pornô estrelado por ela ganhou destaque na internet. Melissa havia gravado o vídeo pornô cinco meses antes de disputar o concurso de beleza.( não sei pq precisa renunciar por causa disso, o pais atrasado, depois ainda quer mandar no mundo, mas claro que vc ta querendo ver o vídeo né então .

http://tube.mallandrinhas.net/2013/02/melissa-king-miss-delaware-teen-dos-eua.html

denuncia: uso indevido de carros da prefeitura de SOROCABA

Gol da prefeitura permanece parado em frente à casa de servidor – Por: Divulgação
Mais fotos…

Flagrantes em vídeos e fotos mostram um funcionário público da Prefeitura de Sorocaba utilizando pelo menos dois automóveis da frota municipal para fins pessoais. A reportagem do jornal Cruzeiro do Sul teve acesso às imagens que registram momentos variados em que o servidor estaciona uma perua VW Kombi e um VW Gol com a logo da prefeitura em frente à casa dele, situada no Jardim Ouro Fino, onde os veículos permanecem por certo tempo até que ele saia novamente. Em um dos vídeos, o servidor aparece de sunga, na piscina da casa dele, enquanto a Kombi está estacionada na frente do imóvel. Quem denunciou informou, ainda, que vez ou outra um dos veículos pernoitou naquele endereço, e, em outras imagens, o funcionário é visto saindo com o carro tendo como passageira a esposa. Uma edição de um minuto feita pelo jornal com imagens gravadas pelo denunciante mostra alguns desses momentos, inclusive no caso da piscina. A prefeitura informa que irá apurar a denúncia envolvendo o funcionário.

De acordo com o denunciante, o servidor estaria trabalhando na prefeitura há cerca de sete meses. As imagens mostram o provável uso indevido de uma Kombi branca, prefixo 590, placas EHE-9085, e de um Gol, prefixo 656, placas BNZ-4306, ambos com a logo da Prefeitura de Sorocaba. Os automóveis foram vistos por mais de uma vez em períodos variados (manhã, tarde e noite), inclusive já teriam pernoitado em frente à casa. Houve vezes em que o funcionário teria voltado de manhã e à tarde na casa dele. As imagens vêm sendo coletadas desde dezembro passado e continuaram em janeiro deste ano. Quem fez as imagens e fotos, já observou o uso da Kombi específica para hemodiálise e até ambulância.

Em um vídeo feito em janeiro, com duração de 2min55s, é possível ver o servidor de sunga na piscina da própria casa, tendo à frente do imóvel a Kombi estacionada. Em outra ocasião, ele entra no carro e aguarda o filho que leva para ele o que parece ser um notebook. Na sequência, o filho sai de motocicleta e ele com a Kombi. Há gravação dele de bermuda e camiseta entrando na Kombi durante o dia e outra que mostra o Gol estacionado em frente a casa à noite. Essas cenas alternam-se em dias e períodos diferentes. Quem denuncia afirma ser um absurdo tal atitude, uma vez que o funcionário utilizaria os carros oficiais, gastando o combustível pago pela prefeitura, para ir trabalhar, voltar para casa e para resolver assuntos pessoais.

A reportagem questionou o Palácio dos Tropeiros a respeito da situação. A resposta veio em nota divulgada pela Secretaria da Comunicação: “A Secretaria da Administração (Sead) informa que desconhecia as informações apresentadas pela reportagem e que, a partir desta denúncia, a encaminhará para a Secretaria de Negócios Jurídicos (SEJ) para abertura de Processo Administrativo, apuração dos fatos e aplicação de todas as medidas e providências cabíveis. A Sead esclarece que nenhum motorista tem autorização para utilizar os veículos oficiais para fins particulares. Quanto à informação de pernoitar na residência, a mesma não procede, pois os veículos são recolhidos no final do período noturno na Central de Veículos, para que outro motorista do período diurno inicie o transporte de outros pacientes. ( todo mundo de celular na mão galera, denuncie , pois é seu dinheiro que ta ali, seu IPTU veio caro não é ? então.)

reunião vai discutir como combater os saques a trem no NOVA ESPERANÇA.

Devido aos constantes ataques às composições da concessionária América Latina Logística (ALL), sejam por saques ou vandalismo, representantes da empresa devem se reunir hoje com a Polícia Militar e Guarda Civil Municipal para discutirem um plano de ação para coibir esse tipo de delito, normalmente registrado na área do Jardim Nova Esperança. Ontem, durante ação de vândalos, novamente uma equipe de reportagem foi hostilizada e um fotógrafo agredido fisicamente. Na último dia 7, uma equipe do Cruzeiro do Sul também foi hostilizada e até mesmo ameaçada de morte ao cobrir furto de cimento dos vagões da ALL. 

De acordo com a assessoria de imprensa da ALL, ontem não houve furto de mercadoria, como ocorreu no início do mês com cerca de 200 pessoas saqueando sacos de cimento pesando 50 quilos cada. A nota específica que o problema constatado ontem foi o de vandalismo porque o trem estava vazio. Porém, os saques de cerca de 840 toneladas de arroz e 400 toneladas de cimento, justificam o encontro com as autoridades policiais. O local e o horário do encontro não foram divulgados. 

Ontem, por volta das 15h, uma equipe do jornal Bom Dia esteve no Jardim Nova Esperança, onde estaria havendo novo saque. Porém, no local, o fotógrafo Assis Cavalcante foi agredido com uma pedra de tamanho médio arremessada por um dos agitadores. Muitos estavam sobre os vagões escondendo parte do rosto com camisetas. Cavalcante feriu o punho direito, necessitando passar por exame médico. A repórter Adriane Souza não foi agredida por ter permanecido no carro enquanto o fotógrafo se aproximava dos vagões. 

Na noite do dia 7 deste mês, uma equipe do Cruzeiro do Sul foi até o bairro, nas proximidades da rua Paulo Mayer Cattani, para apurar os saques da carga de cimento, quando foi hostilizada pelos saqueadores, que chegaram a agredir tanto o fotógrafo quanto o repórter com empurrões, chutes, ameaça de quebra dos equipamentos e até mesmo ameaças de morte. Desde o início do saque até o período em que a reportagem permaneceu no local, o equivalente a 1 hora e 15 minutos, nenhuma viatura policial foi vista por lá. Ontem, segundo os jornalistas, também não havia presença policial no local. Ainda de acordo com a assessoria de imprensa da ALL, os últimos saques resultaram no furto de 840 toneladas de arroz e 400 toneladas de cimento.( aqui vão sugestões : transportar a carga de madrugada se possível, estes que eles preferem roubar, reforçar mais os vagões, dificultando o arrombamento, disfarçar os vagões, escrever neles que ali só tem produto perigoso como químicos por ex.

estabelecer horários certos, ai até um helicóptero da policia poderia acompanhar naquele trecho )

casa de prostituição de luxo é fechada no JD EMBAIXADOR em SOROCABA

Uma casa de prostituição situada no Jardim Embaixador foi fechada ontem por fiscais da Prefeitura e Polícia Civil, após denúncias feitas por moradores daquela região. Quatro mulheres e um homem que se identificou como gerente do estabelecimento conhecido pelo nome de “Gatas Universitárias”, foram ouvidos na Delegacia de Investigações Gerais (DIG) e depois dispensados.

 De acordo com a denúncia que chegou ao setor de fiscalização municipal acompanhada de um abaixo-assinado com 28 adesões, o prostíbulo de alto padrão situado na rua Ângelo Verrone, 85, funcionaria desde outubro passado. O documento também trazia anexado fotos do site pelo qual os programas eram agendados e que segundo apurado pelos policiais civis eram cobrados em torno de R$ 200 a R$ 300. As fotos exibiam as moças nuas. Foi apreendido um talão de comandas indicando o valor de R$ 30 para entrar na residência e preços de bebidas que variam de R$ 5 para uma água até R$ 120 por uma garrafa de vinho.

 O delegado José Humberto Urban Filho, titular da DIG, esclareceu que a prostituição não é crime, mas sim sua exploração. Ele também explicou que em casos de prostituição a operação policial não é suficiente para caracterizar o crime, o que será feito pelas oitivas das moças e do homem que foi encontrado no imóvel e que, a princípio se apresentou como morador e depois admitiu ser gerente. O crime de prostituição prevê pena de dois a cinco anos de reclusão e multa. Também de acordo com o delegado Acácio Aparecido Leite, que esteve na casa, o crime de prostituição é provado pela repetição da conduta.

 Além das comandas, na casa interditada também foram apreendidos um computador, dois frascos de anabolizantes que seriam de uso pessoal do gerente e várias seringas. 

Fiscalização 

O chefe da Divisão de Fiscalização da Prefeitura, Wagner Alex Bedeschi, disse que o imóvel não tinha nenhuma inscrição municipal regulamentando alguma atividade, mas frisou que o talão de comanda já caracteriza a presença de comércio no local. Diante disso a casa foi interditada, e o gerente, que diz residir no local, precisará comparecer ao setor de fiscalização a fim de reiterar a desinterdição para poder voltar a morar na casa. Mas em caso de reincidência a casa será novamente interditada, e será cobrada uma multa de R$ 316,45. 

Wagner Bedeschi também enfatizou que as denúncias devem ser feitas diretamente na Divisão de Fiscalização, que fica na rua Pernambuco, número 100, uma travessa da avenida Eugênio Salerno, e que a partir disso é feito um levantamento da situação cadastral, e então solicitado apoio da Polícia Civil.( este tipo de lugar tem de ser em lugares afastados, onde não haja residencias de famílias por perto senão da nisso ai.)

prostitutas de outros estados migram pra SP por causa da copa 2014

Cidade de São Paulo deverá receber número maior de prostitutas em 2014

 

Sede da abertura da Copa do Mundo de 2014, São Paulo deve receber mais de 500 mil pessoas no mês do Mundial. São esperados torcedores, jornalistas, comerciantes, além das próprias seleções que disputarão o torneio. Mas a capital paulista também contará com um fluxo bem maior de profissionais de outro ramo: a prostituição. A expectativa do aumento no turismo sexual durante o evento chamou a atenção de diversas acompanhantes do interior e de fora do Estado, que se preparam para visitar e ter um período lucrativo na capital paulista no ano que vem.

A movimentação para a Copa despertou o interesse de garotas dos mais diversos estilos, sejam acompanhantes de luxo que cobram R$ 800 por programa ou meninas mais simples, que pedem R$ 50 por relação. A capixaba Brenda, por exemplo, é uma das prostitutas que já tem até flat reservado para vir com um grupo de nove garotas de Vitória, somente para o mês do Mundial. Além disso, elas planejam criar um blog em inglês para divulgar seus serviços.

“Vamos alugar três flats e contratar até motorista para buscar os clientes no hotel, se precisarem. O programa por aqui [Vitória] sai por volta de R$ 150, mas podemos cobrar até três vezes mais na Copa. A procura será absurda, mais do que em qualquer outro evento”, destacou a jovem de 20 anos em entrevista por telefone.

A bauruense Juliana é outra profissional do sexo que viajará com um grupo de amigas para São Paulo durante a Copa. Mas ao contrário da capixaba, ela tem ambições bem mais simples e ainda não tem ideia de onde irá trabalhar durante os jogos.  

Juliana cobra R$ 50 reais por programa no interior, mas é obrigada a dividir os lucros com a casa em que trabalha. A acompanhante de 24 anos afirma que não terá nenhuma condição de investir em planos mirabolantes na capital do Estado e que, por isso, não vai nem procurar um local para ficar quando o torneio se aproximar.  

“Vamos chegar e ir para a [rua] Augusta mesmo. Sei que o pessoal todo vai para lá. Só não me pergunte aonde vamos dormir, isso a gente vê quando chegar. Mas já pensou se consigo sair com um jogador? Faço de tudo pra ele casar comigo e me tirar daqui! Já pensou se eu consigo?”, sonhou Juliana.

  • Arquivo Folhapress

Vale lembrar que São Paulo é uma cidade acostumada a receber grandes eventos, como a Fórmula 1 e convenções internacionais. Porém, a expectativa entre as profissionais do turismo sexual é que a Copa do Mundo ultrapasse de longe qualquer um destes acontecimentos graças à maior importância e exposição dos jogos, além de acontecer ao longo de um mês, período maior do que qualquer outro evento deste porte no país.

Estudante de odontologia no Paraná, Karina também visitará São Paulo exclusivamente para a Copa do Mundo. Mas ao contrário das outras duas acompanhantes, ela já fechou um programa fixo de duas semanas com um empresário alemão que estará na cidade para o Mundial.

Experiente em viagens internacionais ao lado dos clientes, a paranaense embolsará nada menos do que R$ 10 mil para dar atendimento exclusivo ao alemão, além de ter todas as suas despesas pagas.

“Ele virá para trabalhar nas duas primeiras semanas da Copa e depois deve viajar para acompanhar a Alemanha. Só fechamos o primeiro período, por enquanto. Se não der certo o resto, ficarei em São Paulo até o fim fazendo programas, já tenho flat disponível para mim”, afirmou Karina.

Mas não são apenas as acompanhantes em si que estão se preparando para a movimentação durante a Copa. Algumas das casas de prostituição mais conhecidas da capital também estão investindo em infraestrutura e buscando a contratação de profissionais que falam inglês e espanhol.

É o caso de uma casa de massagem próxima ao aeroporto de Congonhas, que irá disponibilizar até 50% a mais de garotas para a clientela durante o evento. Além disso, a casa também contará com uma limousine para buscar os interessados nos hotéis no ano que vem.

“O importante é ter uma boa comunicação com os hotéis, pois são eles que nos indicam para os hóspedes. Já temos uma boa experiência pela Fórmula 1 e Indy, mas na Copa tudo deve ser maior. Por isso, vamos selecionar várias garotas de fora de São Paulo para podermos atender a todos”, ponderou o gerente da casa.( já imaginem a muvuca, paulistas tendo de disputar clientes com profissionais de outros estados sem falar na pedofilia que vai rolar solta, pois terão prostitutas de todas as idades ao gosto do freguês.

mas tb a migração será pro RJ tb, pois lá será a final, pensem no caos, ainda mais com praia) 

 

epidemia de dengue, acho que fui uma das vitimas

a coisa começou ontem dia 26/02, na rua entregando folhetos, já sentia fraqueza, não aguentei mais e fui pra casa, deitar na cama, mais tarde, estava com febre ai eu e minha irmã fomos os posto de saúde do bairro.

ai começaria meu calvário, feito exames, coleta de sangue, nos informaram que teríamos de ir ao PA DA ZONA OESTE , NA AV GENERAL CARNEIRO, oras se na tv vc deve procurar o posto  de saúde mais próximo de onde mora , é propaganda enganosa ?

ao chegarmos no PA começaria o que seria um dia de horror, chegamos umas 2 e pouco da tarde, fomo sair umas 9 e cacetada da noite.


notem pela foto o caos que ta o PA, bem tive de coletar sangue de novo, pois ali o resultado saíria em 2 horas, no posto demora 2 dias, mas esta fila nunca andava.


esta moça ai tb com suspeita de dengue, chegou a desmaiar na fila, ai está sendo atendida pela enfermeira,  e ela veio de longe la do ÉDEN, pois é galera , estão mandando gente do ÉDEN pro PA zona oeste, então se vc mora em lugar afastado não fique doente.


ah e a enfermeira que ta atendendo a mocinha, não tem jeito com criança não, ela sabe dar injeção ou coletar de adulto, mas a criançada berrava na mão dela. 




a todo instante, gente batia na porta pra saber de seu exame, se tava pronto, ou se ia demorar, tanto que teve um cara que bateu a porta na cara de uma moça deixando-a revoltada, meu exame só sai as 8:59 da noite.



esta porta ai que está trancada, seria uma das saída do lugar, então se houver algo como que fica ?


bem com exame na ,mão, faltava passar pelo médico, mas como ja era noite, o plantão já havia sido trocado e NÃO TINHA MÉDICO, a coisa tava tensa no local, tanto que 4 guardas municipais , já se posicionaram num dos corredores, minha irmã teve de fazer um drama ali,que eu tava com febre alta coisa e tal, deixaram eu passar na frente de todos, pois logo surgiu uma médica.


bem como protesto, deixei este material num dos banheiros lá, a médica disse que teria de voltar e refazer os exames, hj fui no posto do meu bairro primeiro pois tb teria de ir pra uma reavaliação, como nada deu alterado e tudo normal, não acharam necessário voltar ao PA , amanhã devo ir novamente ao posto, até que seja contatado que tenho ou não dengue.

por isso estou aqui agora em casa escrevendo isso, senão estaria no PA , tirando mais fotos , mas vamos ver que bicho dá. 


mas a coisa da dengue ta feia no BRASIL todo pessoal, vamos tomar cuidado, a coisa ta feia, assim como eu, vc tb pode passar mal de-repente e ter de correr num PA da vida, e passar horas de horror.

FACEBOOK, censura foto de mulher que fez mastectomia, mas bandidos do RJ postam armas a vontade

O Facebook causou polêmica neste mês ao censurar a foto de uma mulher nua que passou por uma mastectomia dupla – cirurgia de remoção da mama. Ela aparece com o peito tatuado, sem mostrar o rosto. A imagem foi publicada na rede social pelo dono de um estúdio de tatuadores canadense, retirada de um livro.

Na publicação no site, o autor informa que ela passou pela mastectomia após descobrir que tinha câncer de mama. 

Paciente fez mastectomia e teve foto removida do Facebook, gerando protestos na rede Foto: Facebook.com / Reprodução
Paciente fez mastectomia e teve foto removida do Facebook, gerando protestos na rede
Foto: Facebook.com / Reprodução

 

Segundo o jornal Daily Mail, a imagem foi removida por ir contra as regras do Facebook sobre nudez.

 

Após a remoção da foto, o mesmo usuário voltou a publicá-la, pedindo que outros contatos a reproduzissem pela rede, curtindo e compartilhando a fotografia. 

Como resultado, a imagem, postada em 13 de fevereiro, soma mais de 145 mil curtidas, 119 mil compartilhamentos e 17 mil comentários até esta terça-feira. A maioria das pessoas que comentaram a publicação se diz a favor de que a imagem continue na rede e protesta contra a medida adotada pelo Facebook.

 

A pressão funcionou. A rede social declarou que manterá a imagem no site.

 

Conforme o Daily Mail, porém, o dono do perfil que publicou a imagem originalmente foi contatado por usuários do Facebook que pediram que ele removesse a foto( pois é, a foto foi considerada pornográfica pelo FACE , mas vejam abaixo.)

Traficantes do RJ usam Facebook para recrutar bandidos, ostentar armas e ameaçar policiais…



 Tráfico ‘recruta’ mão de obra pelo Facebook 


Rede social também é usada para exibir armas e ameaçar policiais 


POR DIEGO VALDEVINO 


Rio – O Facebook é a nova ‘vitrine’ usada por bandidos para ‘promover’ o tráfico de drogas na Favela Faz Quem Quer, em Rocha Miranda. 


Com o nome ‘Dina Terro dos policia’ (‘Dina, terror dos policiais’), um criminoso do bando chega a contratar mão de obra para suas bocas de fumo através da página na rede social. 


Apesar de a polícia já ter excluído a página duas vezes, os criminosos sempre voltam a colocá-la no ar. 


Nela, expõem fotos de armas, fazem ameaças e trocam informações com outros bandidos, em textos repletos de erros de português e gírias. “Se apagarem a página novamente, esquenta não, que vou fazer ela de novo, tá ligado? Faz Quem Quer”, escreveu Dina, no fim de dezembro. 


Em 16 de janeiro, um jovem se oferece para atuar no tráfico. 


“Qual é, mano, como eu faço para traficar aí no Faz Quem Quer?”. 


Quatro minutos depois, Dina pergunta: 


“De que quebrada você é?”. 


O outro responde, logo em seguida: 


“Aqui da Vila Rosali, em São João de Meriti, mas já trafiquei ali no Chapadão, mano (…)”. 


Em postagem no dia 27 de janeiro, Dina dá um recado que, pela falta de erros grosseiros de português, parece ter sido copiado de algum lugar: 


“Monstros e primos, aliados e guerreiros, todos eles vivendo o mesmo desespero, a liberdade é sonho ou pesadelo, retroceder nunca”. 


Pessoas adicionadas à página de Dina também postam ameaças à polícia. 


Um destes amigos virtuais escreveu, na noite de 29 de janeiro, que não quer ser “um traficante violento”, mas que “se tiver que matar”, matará policiais. ( e agora FACEBOOK quanto a  isso vcs vão fazer o que ?)

de menor deverá assumir a morte de torcedor na BOLÍVIA.

adolescente, 17, menor de idade para a lei brasileira, que a organizada Gaviões da Fiel apresentará nesta segunda-feira como a pessoa que acionou o sinalizador qumatou o boliviano Kevin Beltrán, informação revelada hoje pela Folha, poderá, pela legislação boliviana, pegar até 25 anos de prisão.

 
Advogados bolivianos consultados pela reportagem apontam que um indivíduo é considerado pela lei de seu país maior de idade assim que completa 16 anos.
Na Bolívia, segundo os advogados, é considerado menor quem tem até 15 anos. Nesse cenário, ele cumpriria, no máximo, apenas cinco anos de prisão.

San José x Corinthians

 Ver em tamanho maior »

Policiais bolivianos escoltam torcedores do Corinthians detidos indiciados pela morte de torcedor de 14 anos do San José Leia mais
Para ter efeito prático na situação dos 12 brasileiros detidos, o integrante da Gaviões teria de ser apresentado à Justiça boliviana e confessar a autoria do crime.
Filiado à torcida uniformizada Gaviões da Fiel desde outubro de 2010, o adolescente H.A.M., 17, mora em Guarulhos. Ele vai contar nesta segunda-feira na Vara de Infância e Juventude de Guarulhos que disparou acidentalmente o sinalizador. Ele revelará também que embarcou em um dos quatro ônibus da caravana de organizadas para a Bolívia com seis sinalizadores –não está claro se todos navais, como o que atingiu Espada.
Outro ponto que será abordado pelo garoto para tentar mostrar que o tiro foi acidental é que, logo depois de ter disparado, ele precisou deixar o local com medo de represália dos próprios corintianos. Pelo menos três deles, também membros de organizadas, alegaram quase terem sido atingidos pelo sinalizador.
O argumento do advogado do menor, Ricardo Cabral, será de que a possibilidade de ter atingido pessoas próximas a ele mostra que não direcionava o sinalizador para a torcida adversária.

( tem tudo pra dar em pizza, como o tal de menor não vai voltar a BOLÍVIA , se for fica 25 anos preso lá ?

mas e os outros que estão presos  ? e este de menor é o autor do disparo talvez acidental  ? entranho que justamente agora apresentem um menor pra assumir  a bronca, parece coisa combinada.)

 

WANDERLEA DOS SANTOS SILVA desabafa sobre vídeo na praia de rio das ostras.

A recepção inicial é fria. Na porta de casa, no Vale do Ipê, em Belford Roxo, Wanderlea dos Santos Silva, de 41 anos, reluta em falar sobre as cenas quentes que protagonizou no carnaval de Rio das Ostras ou do vídeo que correu a internet esta semana. Aos poucos, mais solta, ela revela: ‘Eu não transei’. Nas imagens acima, Wanderlea aproveita para se defender das críticas que vem recebendo na internet. 

– Estou pensando em processar o Youtube se eles não tirarem essas imagens do ar. Eu já tenho um advogado, mas também posso procurar um defensor público, não sei ainda. Essa situação toda me causou muita dor de cabeça. Olhei os comentários do vídeo e até tinha bastante gente me defendendo, mas outros falavam muita bobagem. 

Wanderlea dos Santos Silva, de 41 anos, foi filmada no mar de Rio das Ostras
Wanderlea dos Santos Silva, de 41 anos, foi filmada no mar de Rio das Ostras Foto: Urbano Erbiste  

É isso mesmo. Wanderlea tem um companheiro, Johne Max Geraldo dos Santos, de 38 anos (ou apenas Max). Os dois se relacionam há cerca de dois meses, mas foi justamente logo após o flagrante com outro homem que o casal passou a dividir o mesmo teto, dormindo lado a lado pelas últimas duas semanas.

— Eu mesma contei pra ele sobre isso tudo assim que voltei de viagem, antes de saber dessa coisa de vídeo — diz Wanderlea, que apenas ontem, em uma lan house, assistiu às cenas em questão: — Não transei com o rapaz. Acho que ele só disse na delegacia que fez para aparecer. A gente se beijou, foi bom e faria de novo, mas quem pode dizer se eu estava com o biquíni abaixado? Estão falando demais, e eu não devo nada a ninguém.

 

Já Max, surpreendido ao chegar do trabalho e encontrar a amada dando uma entrevista, parece realmente ter levado numa boa toda a situação. No entanto, embora não tenha hesitado em perdoar Wanderlea, o funcionário de uma transportadora preferiu não assistir ao vídeo. Afinal, o que os olhos não veem, o coração não sente (ou sente menos).

— Tem que entender, né. Gosto muito dela. E se veio me contar por conta própria, não tenho por que duvidar de nada. Eu confio — assegura.

 

Ontem, mais detalhes sobre a aventura em Rio das Ostras de Wanderlea, que é mãe de um casal de gêmeos de 9 anos, vieram à tona. Ela e o rapaz de 27 anos, auxiliar de serviços gerais na cidade do Norte Fluminense, se conheceram horas antes de entrarem juntos no mar, na sexta-feira anterior à folia. O mergulho caliente aconteceu depois de um bate-papo animado e algumas cervejas

Na noite de ontem, no aconchego do lar, Wanderlea conseguiu até brincar com o apelido que ameaça vingar: “Cicarelli de Rio das Ostras”.

— Se fosse com o Max, eu com certeza teria chegado aos finalmente — garante.

Max, sorrindo, apenas concorda com a cabeça.

 

Wanderlea e o companheiro, Johne Max Geraldo dos Santos
Wanderlea e o companheiro, Johne Max Geraldo dos Santos Foto: Urbano Erbiste 

Veja a entrevista com a dona de casa

O que aconteceu na praia?

Não aconteceu nada demais. Não mantive relações sexuais com ninguém dentro d’água. Fui com os meus filhos para a praia. Conheci um rapaz. Tomamos cerveja em frente à praia e depois fomos para a água. Ficamos conversando e rolou um beijo. Qual o problema se eu beijar alguém? Mas não transamos. Meus filhos estavam perto de mim. 

Por que, então, você foi parar na delegacia?

A guarda me chamou e falou que eu tinha sido vista fazendo sexo. Falei: “Não estava fazendo isso”. Chamaram uma conselheira tutelar, que ficou com os meus filhos. Fiquei quase três horas na delegacia. Pedi para fazer exame de corpo de delito para provar que não tinha transado. 

Você veio para Rio das Ostras passar o carnaval?

Vim na quinta-feira (um dia antes do incidente na praia), para ver a minha filha mais velha, que tem 19 anos e mora na cidade. Moro em Belford Roxo, com os gêmeos (um casal de 9 anos). Não trabalho porque o pai deles paga pensão e prefere que eu fique em casa cuidando. 

Como foram os dias após o episódio?

Fiquei com medo de voltar à praia e que as pessoas ficassem me olhando e apontam para mim. Me senti constrangida. Ia ficar uma semana, mas fui embora na segunda-feira. Acabou com o meu carnaval. 

Você pretende tomar alguma providência? 

Estou pensando em processar o Youtube se eles não tirarem essas imagens do ar. Eu já tenho um advogado, mas também posso procurar um defensor público, não sei ainda. Essa situação toda me causou muita dor de cabeça. Olhei os comentários do vídeo e até tinha bastante gente me defendendo, mas outros falavam muita bobagem. ( DONA WANDERLEA, mesmo que o youtube retire o vídeo do ar, não adianta mais, ele ficará na net pra sempre, seja em outros sites ou nos arquivos de quem já baixou e salvou. 

a própria DANIELA TREPARELLI já percebeu que seu nhec nhec na ESPANHA ta na rede até hj e vai ficar lá, deixa rolar e esquece tudo, logo tudo isso passa e a senhora volta a ser mais uma anônima dos seus 15 minutos de fama. 

ah e praia é espaço publico, a senhora pode voltar lá o quanto quer e ninguém pode falar nada.)

corintianos presos na BOLÍVIA estão numa masmorra

Torcedores corintianos estão presos acusados de participação na morte do jovem

Torcedores corintianos estão presos acusados de participação na morte do jovem

23/02/2013 – 06h00

Corintianos vão para presídio superlotado e vigiado por próprios detentos bolivianos

Penitenciária de San Pedro, Oruro, Bolívia. É lá que os 12 torcedores corintianos indiciados pelo homicídio do jovem boliviano Kevin Douglas Espada, de 14 anos, ficarão presos à espera do julgamento ou uma segunda ordem judicial. Funcionando desde 1844, a prisão está hoje superlotada e opera sob um controle peculiar de segurança: lá, são os próprios detentos os responsáveis por garantir a ordem.
A descrição é do ministro conselheiro da embaixada do Brasil na Bolívia, Eduardo Saboia. Ele é o chefe da representação brasileira no país vizinho e acompanha, com certa apreensão, a situação dos brasileiros presos após o jogo entre San José e Corinthians, na quarta-feira – o duelo terminou empatado em 1 a 1.
“Na Bolívia é assim: são os presos que fazem a segurança interna do local. As autoridades só garantem que os detentos não saiam do presídio”, explicou Saboia. “Isso nos preocupa. Temos que tentar garantir a integridade física dos brasileiros aqui”.

Corinthians é punido por morte de torcedor na Bolívia – 4 vídeos 

  • Neto%3A%20%22eu%20tiraria%20o%20Corinthians%20da%20Libertadores%22Neto: “eu tiraria o Corinthians da Libertadores”
  • Corinthians%20%E9%20punido%20e%20jogar%E1%20Libertadores%20sem%20torcidaCorinthians é punido e jogará Libertadores sem torcida
  • Nova%20imagem%20exibe%20momento%20em%20que%20corintiano%20joga%20sinalizadorNova imagem exibe momento em que corintiano joga sinalizador
  • TV%20boliviana%20mostra%20momento%20em%20que%20sinalizador%20%E9%20lan%E7adoTV boliviana mostra momento em que sinalizador é lançado

PróximoAnterior

A penitenciária de San Pedro fica no prédio de um antigo convento colonial. Em meados do século 19, o imóvel foi convertido em presídio e, naquela época, passou a receber principalmente ladrões que costumavam assaltar mineradoras na área da cidade de Oruro.
Oficialmente, o presídio tem capacidade para 250 presos. No final do ano passado, entretanto, jornais bolivianos informavam que cerca de 450 pessoas estavam detidas em San Pedro. Dentre eles, estão homens, mulheres e até bebês, filhos das detentas.
Todos eles, segundo os jornais da Bolívia, vivem em condições precárias. As celas da penitenciária San Pedro são pequenas, as paredes são feitas de barro, o chão é de piso frio e, em dias de chuvas, várias goteiras surgem no teto do presídio.
Nada disso, porém, preocupa mais Eduardo Saboia do que a segurança dos torcedores presos na penitenciária. Ele disse que, durante o Carnaval, um brasileiro foi assassinado durante um motim em uma penitenciária de Cobija, perto da fronteira com o Acre. Sabendo disso, a embaixada brasileira já solicitou proteção especial aos corintianos.
“O clamor popular é grande”, afirmou Saboia. “Nós já falamos com o diretor do presídio. Ele nos disse que os brasileiros vão ficar em duas celas isoladas.”
Questão judicial
Ao mesmo tempo em que a embaixada busca garantir a segurança dos torcedores, Saboia disse que o órgão tenta assessorar juridicamente os brasileiros presos. Na sexta-feira, o próprio Saboia esteve com a promotora boliviana que indiciou os torcedores para entender os motivos da prisão temporária deles.
No encontro, ele foi informado de que a prisão foi solicitada por “precaução”. Segundo a própria promotora, se a investigação avançar e for descartada a participação dos brasileiros detidos na morte de Kevin Douglas, eles podem ser liberados.
Saboia afirmou que todos os presos afirmam ser inocentes. Eles se até se colocaram à disposição da Justiça para ajudar o esclarecimento do caso e identificar responsáveis. O ministro conselheiro da embaixada espera que essa ajuda seja utilizada e as investigações avancem rápido. Assim, os brasileiros poderiam ser libertados mais brevemente.
O governo boliviano foi procurado pelo UOL Esporte para comentar a situação dos brasileiros presos no país e a segurança do presídio em que estarão. As autoridades não responderam à reportagem.

Morte na Bolívia em jogo do Corinthians10 fotos1 / 10

21.fev.2013 – Caixão com o corpo do jovem Kevin Beltran Estrada, de 14 anos, é colocado dentro de carro em Oruro