apenas 50 em novo protesto em SOROCABA ?

 Mais fotos…

Por três horas, no final da tarde ontem, um grupo de 50 manifestantes provocou lentidão e congestionamento em três das principais avenidas de Sorocaba: Dom Aguirre, Afonso Vergueiro e Engenheiro Carlos Reinaldo Mendes. O ato mobilizou dezenas de policias militares, guardas civis municipais e agentes de trânsito da Urbes -Trânsito Transporte para orientação do tráfego de veículos durante o trajeto da passeata. O helicóptero Águia da PM também acompanhou do alto a movimentação que teve vários momentos de tensão entre motoristas e manifestantes.

O protesto foi feito em sua maioria por adolescentes e jovens que pediam por meio de palavras de ordem, faixas e cartazes, a extinção da cobrança de tarifa no transporte público da cidade. A caminhada dos manifestantes saiu por volta de 18h do estacionamento do Paço Municipal e foi até a praça da Bandeira, ao lado do Terminal Santo Antônio, onde encerraram as manifestações às 21h. Durante concentração em frente da Prefeitura de Sorocaba, o grupo leu uma Carta Aberta que exigia a valorização dos profissionais da saúde, da educação, dos GCM e principalmente a criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para apurar irregularidades na Urbes.

Sem nome ou liderança, depois de uma reunião entre os seus integrantes, o grupo dirigiu-se à avenida Engenheiro Carlos Reinaldo Mendes, no trecho em frente ao prédio da Prefeitura e interditaram a via nos dois sentidos por quase 20 minutos, observados de perto pelas autoridades policiais. Motoristas para fugir do bloqueio resolveram passar por cima do canteiro central da avenida até que agentes de trânsito desviaram o tráfego em frente da Biblioteca Municipal Jorge Guilherme Senger, para que os veículos seguissem a avenida no sentido centro.

Pacificamente, o grupo começou a marchar pela avenida em direção a avenida Dom Aguirre. No trecho final da avenida Engenheiro Carlos Reinaldo Mendes, os manifestantes andaram na contramão por cerca de 50 metros entre os veículos até atingir a rua Padre Madureira, onde desceram já com a via livre após os bloqueios feitos pela Urbes. 

Confusão e tensão

Na avenida Dom Aguirre, em frente ao 15º Grupamento de Bombeiros de Sorocaba, os manifestantes paralisaram o trânsito do cruzamento por mais de 15 minutos provocando grande confusão. A ação acabou irritando alguns motoristas e motociclistas que acabaram furando o bloqueio. Os manifestantes fizeram cordão de isolamento para que nenhum outro veículo passasse, gerando um clima de tensão com os demais motoristas que ficaram presos na avenida. Novamente houve motoristas que subiram o canteiro central, também, na avenida Dom Aguirre para fugir do trânsito paralisado. 

Alguns dos manifestantes e motoristas mais exaltados acabaram discutindo durante o bloqueio e até um componente do grupo pulou sobre o capô de uma caminhonete Chevrolet S10 que quis passar pelo isolamento. Uma equipe de reportagem da TV Tem de Sorocaba foi ofendida verbalmente por dois manifestantes e em solidariedade ao trabalho dessa equipe, os demais jornalistas passaram a acompanhar a passeata à distância.( mas só 50 ? se marcar pra amanhã outro protesto, tem de ser cedo, pois a tarde tem jogo ? é isso ? desanimou ?) 
 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s