caso TAYNÁ, outra jovem é achada morta a 1 km do primeiro crime


Outra jovem é encontrada morta a 1 km de onde polícia achou corpo Tayná no Paraná

A polícia do Paraná encontrou na terça-feira (23) o corpo de outra garota a cerca de um quilômetro do local onde foi ocultado o cadáver de Tayná Adriane da Silva, 14, em Colombo (região metropolitana de Curitiba). 


Jennifer Priscila de Oliveira, 20, trabalhava em uma ótica na cidade e havia desaparecido após dizer a amigas que iria a um churrasco. 


A reportagem apurou que a polícia encontrou sinais de violência sexual no corpo de Jennifer, cujo corpo foi encontrado vestido – tal qual o de Tayná. 


Ainda não se sabe, porém, se Jennifer foi morta no local ou apenas teve seu cadáver levado para lá. 


Ainda que por precaução, a polícia busca indícios da possível ligação entre uma e outra morte. ( será o mesmo cara ? agora a policia tem o dever de esclarecer os dois casos e MOSTRAR O VERDADEIRO CULPADO ou culpados.

se for o mesmo,ele se sente a vontade, depois da  presepada da prisão e tortura de 45 suspeitos e que foram soltos pois nada foi provado contra eles e os policiais e delegados afastados e presos.

antes que a cidade exploda em fúria, resolvam logo estes casos.)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s