um só poupa tempo pra SOROCABA ?

2013-09-19 08.40.04

2013-09-19 09.40.11

 

2013-09-19 09.45.31

 

2013-09-19 09.43.15

 

estive no poupa tempo na quinta feira , na primeira foto, vcs podem ver a fila que se forma, ates do lugar abrir as 9 hrs, depois vc tem uma idéia pelo restante das fotos.

o atendimento foi bom, apesar de que poderia ter mais gente pra atender, vc passa pela triagem, pega sua senha e aguarda, mas ai vem o problema : SOROCABA tem gente demais, e uma sói unidade não vai dar conta é questão de tempo .

em vez de construir mais shoppings pra mauricinho e patricinha, desfilarem suas bundas, deveriam ter feito mais unidades do poupa tempo , quem avisa amigo é .

mais um curintiano ex preso da BOLÍVIA se envolve em coisa errada

 

Torcedor que ficou preso na Bolívia é ferido em troca de tiros com PM 

Raphael Machado Castilho foi baleado em Santo Estevão, na Bahia. 

Ele foi internado em estado grave na cidade de Feira de Santana, diz PM. 
Um dos torcedores do Corinthians preso na Bolívia após a morte de um adolescente em um jogo realizado pela Libertadores no estádio Jesús Bermúdez, na cidade de Oruro, foi preso novamente, desta vez na em Santo Estevão, na Bahia, na noite de sexta-feira (20). 

Segundo informações do tenente Wilson, da 57ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM), Raphael Machado Castilho de Aráujo, que é de Santos (SP) e mora em Praia Grande (SP), estava acompanhado de Alex Nascimento da Silva, 23 anos, em uma moto. 

Segundo a PM, um dos dois teria atirado contra uma viatura que fazia uma blitz pela cidade. 

De acordo com o tenente, a polícia reagiu aos tiros e perseguiu os dois suspeitos, que acabaram baleados e detidos. Raphael foi atingido no braço e acima do peito, do lado esquerdo e levado para o Hospital Geral Clériston Andrade, em Feira de Santana, cidade distante cerca de 100 km de Salvador. Já Alex, que é de Santo Estevão, foi atingido nas nádegas e está no Hospital Municipal da cidade.

O tenente Wilson informou que foi apreendido com os rapazes um revólver calibre 38, de modelo especial. Com Raphael, a polícia encontrou documentos que comprovam a entrada e saída dele na Bolívia. 

Também foi encontrada uma carteira da torcida organizada do Corinthians, a Gaviões da Fiel, em nome de Raphael. 

A polícia informou que os dois suspeitos não correm risco de morte. 

Nenhum policial ficou ferido durante a troca de tiros. 

De acordo com informações da 57ª CIPM, Alex tem passagens pela polícia por porte ilegal de armas, aliciamento de menores e é suspeito de envolvimento de tráfico de drogas. 

Ainda segundo a polícia, o baiano teria dito a PMs que Raphael estava morando em Santo Estevão há cerca de um mês. 

Raphael estava no primeiro grupo de corintianos libertado pelo governo boliviano, e chegou ao Brasil em 9 de junho. 

A mãe do torcedor, Valcineia Machado dos Santos, confirmou ao G1 que o filho foi hospitalizado na Bahia, mas não quis dar mais detalhes sobre o ocorrido. 

O caso foi registrado no Complexo Policial de Feira de Santana, de onde deve ser encaminhado para uma 
delegacia local.  

( agora são 4, os 3 que brigaram em BRASÍLIA no jogo contra o VASCO e agora este ai.

vem cá, será que os pais do KEVIN SPADA o garoto morto na BOLÍVIA estão sabendo destas noticias ?  ah mas se os 12 não estão evolvidos naquele caso ?


mas choraram diante da tv, dizendo que estavam sequestrados na BOLÍVIA, que era inocentes, mas vendo estas badernas de agora é pra se pensar, afinal será que foi um de menor que usou aquela sinalizador ? e os demais encobriram ?)

família envenenada, polícia prende namorado suspeito

Movimentação na entrada do prédio onde a auxiliar de enfermagem Dina Vieira Lopes da Silva, 43, e seus quatro filhos foram encontrados mortos no final da noite de segunda-feira (16) Leia mais

O boliviano Alex Guinone Pedraza, 33, foi preso na noite desta terça-feira sob suspeita de matar a namorada, a auxiliar de enfermagem, Dina Vieira da Silva, 42, e os quatro filhos dela. A família foi encontrada morta na noite de segunda-feira no apartamento em que morava em Ferraz de Vasconcelos (na Grande São Paulo).
No imóvel onde as vítimas estavam foram apreendidos uma jarra com um líquido amarelado e pedaços de bolo. O DHPP (departamento de homicídios) investiga a possibilidade de envenenamento, mas ainda não está claro como isso pode ter ocorrido.
 
O envenenamento pode ter sido causado por um integrante da família ou por alguém de fora, diz a polícia, que apura ainda a hipótese de intoxicação após vazamento de gás. Muitas fezes e vômito também foram encontrados no chão do apartamento. Não havia sinais de violência.
 
Dina já havia registrado três boletins de ocorrência contra o namorado, por ameaça. As queixas foram apresentadas em 2008, 2009 e 2013. Ele também já foi condenado a dois anos de prisão por furto em 2005
 
Pedraza disse à polícia que havia tentado ligar para a mulher na tarde de segunda. Sem conseguir contato, decidiu ir até o apartamento, no andar térreo do condomínio, de classe média.
 
Ao olhar pela janela do apartamento, Alex disse ter visto duas crianças caídas na sala. Ele pediu ajuda a vizinhos para arrombar a porta, onde encontrou toda da família. Equipes do Samu (Serviço Médico de Urgência) foram ao local e constataram que todos já estavam mortos.
Uma vizinha disse à polícia que por volta das 8h ouviu uma criança chorar muito.
Ontem à tarde a polícia foi com Alex ao apartamento para que ele reconstituísse o que havia narrado antes. A Polícia Civil disse que vai pedir imagens das câmeras de segurança do condomínio para verificar se alguma pessoa esteve com a família.
 
CRIME FAMILIAR
Esse foi o quarto crime em menos de dois meses envolvendo famílias assassinadas sem sinais de furto ou roubo.
No imóvel em que foram encontrados Dina e os filhos foram apreendidos uma jarra com um líquido amarelado e pedaços de bolo. O DHPP (Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa) apura a possibilidade de envenenamento.
 
Não está claro como isso ocorreu. O envenenamento pode ter sido causado por um integrante da família ou por alguém de fora, diz a polícia.
Muitas fezes e vômito também foram encontrados no chão do apartamento. Não havia sinais de violência.  ( vejam se da pra entender, uma mulher namorar um cara que ja esteve preso, ah mas é  segunda chance, a pessoa não merece ?
 
bem ai é cada um, cada um, mas ela já tinha feito 3 boletim contra ele , e mesmo assim continuou a relação ? )

CQÇ e as obras paradas de SOROCABA, vai andar agora depois de ontem ?


 

pois é foi preciso o programa vir aqui pra vermos isso.

mas entranho termos dois jornais que pouco falam , e notaram que o CRESPO tinha que falar com o CQÇ  ? ele tem obsessão pela prefeitura que coisa

pais perdem a guerra contra o crime que adotam seus filhos cada vez mais cedo.

 

Enquanto esperava no Plantão Policial Norte para assinar o boletim de ocorrência com o nome do filho, uma empregada doméstica,  que optou por não se identificar,  se dizia indignada e chocada com a postura do filho. “Fico pensando onde errei, sabe. Trabalho duro e nada falta, nem amor, nem educação.” 

Assim como ela, os pais de centenas de adolescentes de Sorocaba envolvidos com o tráfico de entorpecentes se sentem perdidos, avalia a psicóloga infantil Maura Pereira. “Não há uma fórmula mágica e os pais sentem que falharam na missão de educar. Muitos nem imaginam que o filho está no crime”, explica. 

De janeiro a julho deste ano, os casos deste tipo registrados em Sorocaba cresceram 66% em comparação ao mesmo período de 2012. 

E a mãe de uma menor de 17 anos sentiu exatamente isso na  semana passada. A filha, que está matriculada em escola particular, usava o horário letivo para vender drogas em frente ao Cemitério Consolação, bairro da Vila Haro.  Ela foi apreendida pelos guardas civis municipais da Romu Rosivaldo, Picoli e Renato Martins. 

Para eles, a menor contou que  ao descobrir que o tráfico era lucrativo, não teve dúvidas e fez a troca. Sua mãe estava na igreja quando foi avisada da situação. “Desconfiava que tinha algo errado com minha filha, mas não esperava que chegasse a este ponto”, relata aos GCMs. 

Pela experiência da Guarda Civil Municipal –  corporação de Sorocaba que mais apreende adolescentes – a grande maioria só descobre a verdade sobre os filhos no momento de registrar um flagrante.

Pais não conseguem crer que filhos se envolvam com crime
“Meu filho sempre sai este horário, mas achava que ele estava só passeando com amigos”, diz a mãe de Abner Fernandes da Silva Marques, 21 anos, aos guardas civis municipais da Romu Barbato, Picoli e Rosivaldo, que flagraram seu filho na  semana passada com Paulo Henrique Favioli dos Santos, 18, vendendo drogas na Praça Ilma Pereira de Carvalho, bairro Cajuru. 

Além das dezenas de porções de drogas, Abner estava com o celular que trazia fotos suas com revólveres de calibre 38. 

“Geralmente a família é pega de surpresa por achar que o filho não é capaz deste tipo de coisa, mas o traficante consegue levar até mesmo um jovem de boa família para o crime”, alerta o subcomandante da GCM, Ezequiel de Oliveira. 

Neste ano, mais de 360 menores foram flagrados no tráfico por guardas  municipais. “A maioria deles é  de famílias de pais trabalhadores”, complementa.

Pelas ocorrências registradas, nota-se que a faixa etária mais aliciada para o tráfico é de 11 a 19 anos. “Estes jovens creem na ilusão vendida pelo traficante de um futuro promissor ganhando seu próprio salário, com poder e proteção”, avalia o subcomandante da GCM. Ezequiel  finaliza com um recado: “Pais, amem seus filhos. Cuidem bem e os acompanhe, pois se vocês não fizerem isso, algum criminoso irá fazer.”

Cuidados importantes

Fique de olho nas coisas dos filhos
Se chegarem em casa com objetos estranhos, de muito valor ou com dinheiro, desconfie. Faça perguntas e busque saber a real origem de tudo, não acredite em presentes ou trocas.

Acompanhe de perto a rotina escolar
Sempre consiga um tempo para conversar com professores, orientadores pedagógicos e diretores; muitas vezes seus filhos podem estar faltando ou apresentando mudança de comportamento sem que você saiba.

Previna-se e busque orientação
Escolas e instituições de segurança pública possuem material de orientação sobre o que fazer em muitos casos de envolvimento com o crime. Busque informações para saber prevenir ou lidar com esta condição.

A palavra e a atenção são importantes
Não se afaste da vida de seu filho, procure saber onde ele vai, com quem anda. Sempre converse e saiba ouvir. Carinho familiar e tempo de qualidade juntos podem fazer a diferença.

Nunca duvide de sinais e alertas
Se notar qualquer coisa diferente no comportamento deles, investigue sem medo.

entrevista: Ezequiel de Oliveira – Subcomandante da GCM
Sensação de impunidade é fator marcante

Subcomandante da Guarda Civil Municipal, Ezequiel de Oliveira, fala um pouco mais da experiência da corporação.

A GCM patrulha ao redor de escolas, em praças também. Qual é o perfil destes jovens aliciados pelo tráfico?
Se eu dissesse um perfil exato, estaria errando. O que posso afirmar é que alguns apreendidos estão usando o uniforme da escola, por exemplo. Este ano tivemos cinco crianças (menores de 12 anos) flagrados no tráfico. O bandido não está preocupado, ele tira os estudos, o convívio familiar e acaba com a vida deste jovem. Tudo para obter o ganho dele.

Como é lidar com estas famílias?
Os pais se sentem sem chão  por não saberem onde buscar ajuda. Se o envolvido com o tráfico não é usuário de drogas, está muito perto de se tornar. 

Qual a maior dificuldade em impedir que os menores voltem para o crime?
A sensação de impunidade. Percebemos isso nas ruas. Este é um fator marcante, pois o ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente) passa isso para eles. Temos casos de menores apreendidos até 11 vezes, que voltam às ruas.

MAIS

Crescimento lamentável
O advogado Indalécio Alves, presidente da Comissão de Cidadania e Ação Social da OAB , promove o projeto “OAB Vai à Escola”. Ele comenta que, “lamentavelmente, é grande o índice de drogas envolvendo alunos”. Segundo Indalécio, há uma necessidade de uma melhor sintonia entre os pais e os professores para que um ajude o outro a prestar atenção no comportamento da criança e do adolescente.

Projeto OAB Vai à Escola
Entre os temas abordados pelo projeto estão “Direitos e Deveres do Adolescente” e “Drogas”. O trabalho também orienta os pais  para que criem uma boa sintonia com seus filhos, fiquem atentos e sempre os acompanhe.

289 atos infracionais de tráfico foram registrados, até o momento,  este ano

Mais conscientes
O advogado Indalécio crê que os menores precisam ser mais firmes em suas decisões. “É necessários exercer o poder do não, como recusar convites que não vão gerar boas consequências”, conclui.( pois é faz filho pra que ? pra depois deixar a rua criar ? 

é preciso acabar com este negócio de de menor, 3 aninhos em fundação casas não consertam estas criaturas, deixa mais tempo, precisa acabar o machismo no BRASIL, esta coisa, de ah ele é homem, ah ele sai com amigos, ah ele busca auto-afirmação , mas que maldita auto-afirmação é esta ?)

senta no charuto do FIDEL, vejam lugares onde os cubanos terão de trabalhar.

Posto de saúde em Santa Maria do Cambucá, no interior de Pernambuco, que vai receber médicos cubanos

Os cubanos que chegarão a partir da próxima semana a cidades do interior de Pernambuco vão encontrar ambientes bem diferentes do que viram nas visitas a algumas unidades básicas de saúde na capital do Estado.

Infiltração, mofo, estruturas enferrujadas, equipamentos quebrados e unidades que funcionam de forma improvisada foi a realidade encontrada pela Folha em municípios do agreste pernambucano que receberão cubanos.

Cubanos atuarão em postos sem banheiro e com trincas
Em Pernambuco, médico vai dividir quarto
Moradores farão festa para receber profissionais cubanos
À espera de cubanos, posto de saúde na BA está há três meses sem faxina
No RS, posto de saúde funciona em puxadinho de escola
Em MG, rachadura em posto de saúde assusta moradores e funcionários

Esses municípios que receberão os cubanos são aqueles em que nenhum profissional brasileiro ou estrangeiro inscrito no Mais Médicos demonstrou interesse na primeira fase do programa federal.

O município de Frei Miguelinho (a 151 km do Recife) solicitou quatro médicos, mas receberá apenas um, que trabalhará no distrito de Capivara, na zona rural.

A mesa em que o médico trabalhará está enferrujada, assim como a escadinha que o paciente usa para alcançar a mesa de exames.

 

Há seis meses a geladeira que deveria guardar vacinas e medicamentos está quebrada. Há um ano não chega água nos dois banheiros da unidade, que também servem de depósito para material de limpeza. A água para descarga fica em baldes destampados na sala da enfermeira.

A situação não melhora na minúscula unidade de apoio, a sete quilômetros do posto de saúde principal. Lá, as vacinas chegam em isopor porque, como o cartaz na porta avisa, a geladeira está desativada.

Em Santa Maria do Cambucá (a 145 km do Recife), o posto de saúde que fica na cidade precisa de ampliação para atender todos os meses a uma demanda local de 1.500 famílias.

Assim como todos os outros visitados pela reportagem, não atende integralmente às especificações da Política Nacional de Atenção Básica. A sala da enfermeira, por exemplo, funciona em uma garagem.

A Folha não conseguiu chegar ao posto de saúde de Sobradinho, zona rural de Salgadinho (a 111 km), porque chovia, e a estrada de terra que leva à unidade estava intransponível.

Fátima Lopes, secretária de Saúde de Passira, município a 100 km do Recife e que receberá três cubanos (quantidade recorde no Estado) afirma que, além do mofo, há carências de infraestrutura nas três unidades contempladas.

“A estrutura não está conservada. A manutenção não vinha acontecendo há anos”, afirmou.

Representantes das administrações de todos os municípios informaram que as unidades estão inscritas no Requalifica, programa do Ministério da Saúde que prevê recursos para construção, reforma e ampliação dos postos de saúde.

Segundo o Ministério da Saúde, a unidade de Frei Miguelino deve passar por obras de ampliação no valor de R$ 87 mil. Ainda segundo a pasta, o município de Santa Maria do Cambucá também deve receber recursos. O valor não foi informado. O ministério afirma ainda que irá investir R$ 15 bilhões até 2014 na expansão e melhoria da rede pública de saúde do país.   http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/2013/09/1342232-cubanos-encontrarao-mofo-e-ferrugem-em-postos-de-saude-de-pe.shtml   ( cliquem no link ai e vejam mais fotos dos lugares onde os cubanos terão de trabalhar.

depois pergunte pra eles se ta pior que em CUBA ? mas o que interessa é a copa né ? e depois não querem que vc proteste, policia reprime, alias como perguntar não ofende, o policial tb precisa de atendimento médico, onde ele é atendido heim ? 

não duvidem que vai ter médico cubano querendo voltar pra CUBA, não duvidem.)

barraco sensual , roça seios entre DENISE E ANDRESSA na fazenda

não assisto a FAZENDA, apenas posto os vídeos de banhos das peoas aqui, mas hj vi este vídeo e decidi postar.

um barraco entre DENISE ROCHA E ANDRESSA URACH, vejam ai, o momento tesão acontece quando as duas roçam os seios uma na outra, só faltou se beijarem, o que seria uma delicia, o tipo VEM CA MINHA LOURA, ME BEIJA HEHEHEHEHEH.

mas vem cá vc acredita em reality ? acha que isso ai é verdade, teatro,todos são atores ? uma novela disfarçada de realidade ? ou é tudo verdade mesmo ? 

ah mas que o barraco foi sensual foi.