HABITETO, até a ROTA de SP teve de vir pra cá

Policiamento no Habiteto recebeu reforço da Rota – Erick Pinheiro

Mais fotos…

Telefonemas anônimos com ameaça de ataques fizeram com que todo serviço público do bairro Habiteto, como escolas, creche e até mesmo posto de saúde, fechasse as portas ao meio-dia de ontem. A situação de incertezas quanto à retomada da ordem no dia seguinte ao confronto entre manifestantes e policiais em represália à morte de dois adolescentes pela Polícia Militar na madrugada de quinta-feira, determinou também a vinda da Rota, que pertence ao 1º Batalhão da Tropa de Choque da Capital.

Os adolescentes mortos, Michel Rodrigues de Siqueira, e Luiz Felipe Aparecido Teodoro, ambos de 17 anos, foram sepultados ontem no cemitério Santo Antônio. Dando sequência à vigília feita pela Polícia Militar durante toda madrugada de ontem, nove viaturas permaneciam no bairro também durante o dia, além de várias equipes da Guarda Civil Municipal com o objetivo de preservar os prédios públicos. Entretanto, telefonemas que chegaram aos prédios públicos, dando conta de que haveriam novos ataques, sem portanto especificarem horário, fizeram com que estudantes fossem liberados e no período da tarde nenhum serviço voltou a funcionar. 

De acordo com GCMs, os telefonemas ameaçadores ganharam força por coincidirem com uma denúncia formalizada de que novos protestos estariam sendo preparados. Outro serviço público prejudicado foi o do transporte público, que logo pela manhã deixou de atender todo o bairro, fazendo com que os passageiros embarcassem ou desembarcassem cerca de um quilômetro antes da entrada principal do Habiteto. Na madrugada de ontem, transporte fretado por empresas também não pôde entrar.

Porém, mesmo com a presença de equipes da Rondas Ostensivas com Motocicletas (Rocam) e viaturas da Força Tática marcando presença logo na entrada do bairro, enquanto outras viaturas rondavam pelas suas ruas internas, o clima era de tensão, especialmente pelo velório do adolescente Michel, que transcorria na sede da Pastoral do Menor.

A reportagem do Cruzeiro do Sul foi hostilizada no bairro de manhã e à tarde não se aproximou do velório para ouvir os familiares das vítimas. O féretro, acompanhado por dois ônibus e duas motos de escolta, deixou o bairro às 16h10, quase meia hora depois da entrada da primeira viatura da Rota no bairro, que foi seguida de várias outras. 

A previsão era de que oito viaturas chegariam à cidade. Os dois rapazes, que segundo as primeiras informações já teriam passagens pela Fundação Casa, foram sepultados no cemitério Santo Antônio. O outro adolescente, Luiz Felipe, foi velado na Ossel, e ambos foram enterrados no mesmo horário, e em sepulturas próximas.

Devido ao clima de tensão, a Secretaria Municipal de Esportes e Lazer (Semes), também adiou os jogos varzeanos marcados para hoje e amanhã, no Estádio Wilson de Abreu. O jogo de hoje seria pelo campeonato de veteranos, e os outros dois que seriam realizados amanhã, válidos pela Taça Cidade.

Video mostra ataques a prédios públicos no Habiteto :

( até a ROTA DE SP ? isso mostra que já fazemos parte da grande SP, que hraças aos 290 mil ou mais que habitam a zona norte, não somos mais cidade do interior.)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s