detentas postam fotos sensuais em presidio do PARANÁ

Reprodução / Montagem BOL

Duas presas da Cadeia Pública de Guarapuava, na região central do Paraná, foram descobertas postando fotos sensuais tiradas dentro da cela. As fotografias foram feitas em abril e postadas em redes sociais.  Nas fotos, as presas aparecem fazendo poses sensuais nas camas de concreto do alojamento feminino da cadeia.

Após descobrirem as fotos na web, os agentes carcerários realizaram uma inspeção no alojamento das detentas e encontram o celular usado por elas.

As duas presas têm cerca de 30 anos, foram denunciadas por tráfico de drogas, dividem a mesma cela e são presas provisórias – ou seja, ainda não foram condenadas. Uma delas está presa desde abril, e a outra, há cerca de um ano.

As duas presas flagradas nas fotos receberam uma sanção disciplinar e foram impedidas de receber visitas ou alimentos de familiares por um mês. A ocorrência também pode impedir que elas recebam uma possível progressão de pena no futuro.

Celular dentro do presídio
“Infelizmente isso acontece. Os presos escondem muito bem”, afirma o chefe da cadeia pública de Guarapuava, Altemir Nascimento, lembrando que somente neste ano 40 celulares foram apreendidos em seu presídio (que abriga homens e mulheres), já em posse dos detentos.

Dentre os meios utilizados pelos detentos para conseguir os aparelhos, um dos mais corriqueiros é o “arremesso”, quando pedestres arremessam os celulares para dentro do pátio durante o banho de sol dos presidiários. “É celular e droga. Isso vinha sendo corriqueiro. Todo dia de sol, tinha dois, três arremessos”, conta Nascimento.

Para impedir a prática, no início de 2014 a diretoria da cadeia instalou uma tela de proteção no pátio. Desde então, já foram encontrados 77 celulares em cima da tela.  

( ta e os detentos que comandam o crime d edentro da cadeia, alguém estpa fazendo algo pra impedir celulares nos presídios dos homens ?

e as páginas do FACEBOOK, que exaltam o crime, administradas pelo tráfico o FACE faz algo ?  não né, mas fácil punir as mulheres ai pelas fotos sensuais.

a lourinha de boné é um tesão heim ? quer quiser ver as demais fotos  .

 

http://sweetlicious.net/artigonoticias/detentas-sensualizam-e-postam-fotos-no-facebook-de-dentro-do-presidio-45913

 

Anúncios

deputado quer criar KIT MACHO E KIT FÊMEA, homem machão e mulher submissa

  • Jair Bolsonaro (PP-RJ) e Matheus Sathler (PSDB-DF): "eixo liberal-conservador"

    Jair Bolsonaro (PP-RJ) e Matheus Sathler (PSDB-DF): “eixo liberal-conservador”

O advogado Matheus Sathler, candidato do PSDB (Partido da Social Democracia Brasileira) pelo Distrito Federal a uma vaga na Câmara dos Deputados, tem chamado a atenção e se tornado alvo de polêmica em Brasília e nas redes sociais.

Os motivos são suas bandeiras, plataformas eleitorais, atos e promessas de campanha. Entre suas propostas caso seja eleito, está a luta pela criação do que ele chama de “Kit Macho” e Kit Fêmea”, que seriam cartilhas para serem distribuídas nas escolas para “ensinar homem a gostar de mulher e mulher a gostar de homem”.

De acordo com o candidato, o kit serviria para neutralizar as ações que são desenvolvidas pelo programa federal “Brasil Sem Homofobia”, que estaria ensinando o homossexualismo às crianças brasileiras. 

Em entrevista ao UOL, Sathler disse que não gostaria que fosse feita uma reportagem com foco apenas na proposta dos kits macho e fêmea, já que possui uma série de propostas e ideias inovadoras para “livrar a família brasileira de sua total destruição, como vem tentando fazer o PT (Partido dos Trabalhadores), que é o partido de Satanás”. O candidato fez também uma denúncia, a de que existiria um “propinoduto gay” dentro do governo federal.

Após a entrevista com candidato tucano, a reportagem do UOL entrou em contato com o diretório do PSDB do Distrito Federal, para conhecer o posicionamento do partido em relação às ideias de Matheus Sathler. 

Leia, abaixo, o que diz Eduardo Jorge Caldas Pereira, presidente do PSDB-DF, sobre o assunto, e, depois, os principais trechos da entrevista com o candidato.

UOL – O partido concorda com os posicionamentos do candidato Matheus Sathler?

Eduardo Jorge Caldas Pereira – O partido não concorda e já expressou isso diretamente a ele.

UOL – O que o partido pensa sobre a proposta de criação do “kit macho” e do “kit fêmea”?

E.J.C.P. – O partido é radicalmente contra essa ideia.

UOL – Se o partido é contrário aos entendimentos do candidato, qual é a lógica em mantê-lo entre seus quadros e de promover a sua candidatura?

E.J.C.P. – Um partido politico não precisa concordar com todas as crenças de todos os seus filiados. O que deve ser exigido é o cumprimento do programa partidário. O candidato, ao pleitear a vaga, se comprometeu a seguir o programa do PSDB. Quando esse assunto foi ventilado pela primeira vez – já depois de escolhido como candidato – e ele manifestou sua opinião, foi chamado pelo presidente do partido e se comprometeu a seguir a orientação partidária. O partido não dará guarida à posição do candidato. 

Entrevista com o candidato a deputado federal Matheus Sathler (PSDB-DF)

UOL – O senhor registrou em cartório o compromisso de doar 50% de seu salário como deputado, caso seja eleito, a entidades que tratam crianças que são vítimas de pedofilia homossexual. Há entidades assim específicas?

Matheus Sathler – Veja, eu não gostaria que a matéria ficasse restrita a este foco. Antes, gostaria de dizer que desde o ano de 2008 eu venho denunciando a existência de uma máfia gay dentro do governo federal, que vem desviando recursos públicos da área da Saúde para militantes LGBT (sigla para Lésbicas, Gays, Bissexuais e Transgêneros).

UOL – De que forma são feitos esses desvios?

M.S. – Por meio do Programa Nacional de DST/Aids, que é controlado por militantes gays. Eles utilizam dinheiro público para participar de congressos internacionais onde homens fazem sexo com homens. O governo envia gente para essas excursões gays sob a justificativa de que são congressos de combate à Aids, fazendo a farra com o dinheiro público. Desde 2011, eu denuncio também o desvio de dinheiro público para ONGs gays, através de convênios geridos pelo CNCD/LGBT (Conselho Nacional de Combate a Discriminação e Promoção dos Direitos de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais).  

UOL – Mas qual é a ilegalidade existente nesses convênios?

M.S. – Eles são criados de uma forma ilícita, abrigando somente entidades LGBT, não abrindo participação para as pessoas de bem. Então, foi criado esse propinoduto… espere, vamos ver, vamos dar um nome forte, para pegar o nome mesmo… (pausa) propinoduto LGBT.

UOL – Recentemente, o senhor também foi à polícia denunciar que estava recebendo ameaças e xingamentos em virtude de suas opiniões…

M.S. – Sim, ameaças de morte! Estou denunciando há uma semana. Eles (homossexuais) são os mais intolerantes. O pastor Silas Malafaia (líder do ministério Vitória em Cristo, ligado à Assembleia de Deus) falou recentemente disso que eu também estou sofrendo, essa perseguição do povo gay, via aparelhos do Estado criados para perseguir, contrariar a liberdade de expressão e usar os idiotas úteis para acabar com a espiritualidade e com a família.

UOL – Como se dá essa perseguição?

M.S. – Eles praticam fanatismo, demonizam o PSDB e outros partidos, é parecido com o discurso e os métodos de Adolf Hitler. Criaram um inimigo comum, tentam controlar as palavras. Já não se pode mais falar “homossexualismo”, agora é “homossexualidade”. Não pode dizer “dupla de homens”, é um “casal”. Presidente tem que ser presidenta. Tentam controlar a fala da população, isso é um método ligado ao comunismo histórico, ao stalinismo, e Hitler era nacional-socialista, não era de extrema direita, isso é mentira, ele tinha acordo com a União Soviética, que depois foi quebrado por interesses, não por ideologia. O nome do partido nazista era nacional-socialista.

UOL – Agora podemos voltar ao assunto da sua promessa registrada em cartório de doar metade de seu salário a entidades que cuidam de crianças que são vítimas de pedofilia gay? 

M.S. – É um compromisso ao qual eu chamo atenção pela causa altruísta. Eu vou dar o dinheiro para creches, instituições cristãs que já ajudam na recuperação de crianças vítimas de pedofilia, qualquer tipo de pedofilia. Mas eu quero ajudar especificamente as vítimas de pedófilos gays, potencializar o uso da doação nesse sentido. O dinheiro é meu, eu tenho direito. Não podem querer controlar até o que eu faço com o meu dinheiro.

UOL – Entre as suas bandeiras está também a criação dos chamados “kit macho” e “kit fêmea”. Pode explicar do que se trata?

M.S. – Esse programa já está bem explicado em minha página na internet e em vídeos que coloquei no Youtube. O “kit macho” é para educar o menino a ser fiel à esposa, não ser violento, ser o líder da casa, não abandonar o lar, não ser apegado a bebidas e drogas, e, principalmente, a gostar somente de mulher. 

UOL – E o “kit fêmea”?

M.S. – O “kit fêmea” é para instruir a mulher a ser feminina, dócil, boa dona de casa, boa mãe, apegada aos filhos e apegada ao marido.

UOL – O senhor é contra a mulher trabalhar fora de casa?

M.S. – Não, não. Não sou contra a mulher trabalhar fora, mas não posso falar da família dos outros. Na minha casa,  a minha esposa abriu mão da sua carreira em nome de tomar conta do lar. Eu sustento minha esposa e ela me sustenta no auxílio que eu preciso. Porque o problema social da família está ligado à estrutura familiar, porque o PT quer destruir a família.

UOL – O PT tem por objetivo destruir a família?  

M.S. – Mas sem a menor dúvida! O PT é o partido de Satanás, pode escrever assim mesmo, para dar uma chamada meio forte. Você pode colocar que eu represento a ala mais ortodoxa no sentido liberal-econômico no PSDB. Que eu defendo a extinção do termo superavit primário, para defendermos um superavit nominal, com o pagamento total das dívida interna e externa, e não só dos juros da dívida. Diferentemente do PT e do Lula, que defendem o calote da dívida interna e externa. Eles são caloteiros, nós não somos caloteiros.  

UOL – Quais outras teses o senhor defende para que se diga que o senhor é da ala mais ortodoxa do partido? 

M.S. – Defendo a redução da carga tributária, tenho um plano de redução da carga na medida de um ponto percentual do PIB por ano, durante 30 anos, até que tenhamos uma das menores cargas tributárias do mundo. Proponho também uma privatização cooperativista do SUS (Sistema Único de Saúde) e do sistema educacional. Ou seja, os professores vão tomar a frente da educação pública. No começo, vai haver repasse de verbas para as cooperativas, o que vai ser reduzido gradualmente na medida que a carga tributária for sendo reduzida e eles puderem conduzir seus negócios por conta própria. 

Também defendo a substituição do Bolsa-Família pelo Bolsa-Empresário, onde quem recebe o benefício atual poderá trocá-lo por acesso a microcrédito, cursos de empreendedorismo etc. Assim, todos poderão andar pelas próprias pernas, e não mais depender do Estado. Assim, se uma mulher que recebe o Bolsa-Família terá condição de montar o seu ateliê, seu salão de manicure, ou o que ela quiser, é o livre-empreendedorismo.

UOL – O senhor partilha dessas ideias com algum grupo político ou pessoas com posicionamentos semelhantes? Há peças de sua campanha ao lado do deputado Jair Bolsonaro (PP-RJ)…

M.S. – Minha relação é muito boa com o Pastor Silas Malafaia, com o deputado Pastor Marcos Feliciano (PSC-SP) e com o Padre Paulo Ricardo (da ala conservadora da Igreja Católica). Também têm entrado em contato comigo o Reinaldo Azevedo e o Rodrigo Constantino (ambos colunistas e blogueiros da revista Veja). Nós, os liberais-conservadores, temos nos articulado, sim.

 

( primeiramente é esta falta de dialogo entre héteros e homos que nos proporciona esta guerra sem fim que não vai nos levar a nada .

KIT MACHO ,pq não criam o kit honesto, já que o nobre candidato tb acha que vídeos podem mudar uma pessoa, o KIT HONESTO seria exibido nas fundações casas onde os internos seriam transformados em anjos trabalhadores, desta forma esvaziaríamos o lugar e teríamos futuros trabalhadores honestos e integros.

isso é impossível né deputado BOLSONARO e afins .

se está havendo farra com dinheiro publico para festas gays, então chame todo o BRASIL pra discutir a denuncia, afinal gay tb trabalha e paga imposto, não são todos que participam de tal orgia que o deputado diz existir.

e família não adianta em nada se o machismo não for combatido de vez, querer criar KIT FÊMEA pra ensinar mulher a ser submissa e ficar apenas em sua casa, enquanto o machão apronta na rua né deputado, já tivemos  isso no passado, a mulher mudou deputado se a sua prefere ser a moda antiga ai é problema dela, não queira cria uma nova geração de tapadas, não é a mulher que joga bomba atômica nos outros tá ? )

aprovado postos de primeiros socorros nos terminais de SOROCABA e dai ? é 6 por meia duzia.

Com 12 votos favoráveis e seis contrários, foi aprovado em primeira discussão nesta terça-feira (5) o projeto de lei que prevê a implantação de postos de atendimento de primeiros socorros dentro dos terminais São Paulo e Santo Antônio. Mais uma vez, o vereador Rodrigo Manga (PT), autor do projeto, defendeu a proposta que teve seu parecer de inconstitucionalidade rejeitado em sessão anterior.

“Um terço da nossa cidade passa todos os dias por esses terminais, das seis da manhã a meia noite”, argumentou. “Acidentes ocorridos ganharam a imprensa, mas temos também informação de outros casos, como de infartos dentro dos terminais”, completou Manga, lembrando que o secretário de Saúde, em conversa com o vereador, sinalizou a viabilidade da medida.

Alguns parlamentares defenderam a proposta, já o líder do governo, vereador José Francisco Martinez (PSDB) concordou que o projeto é bom, mas lembrou que a Prefeitura encontra dificuldades na área de saúde como a falta de profissionais. De acordo com Manga, o atendimento de rotina nos terminais seria realizado por uma equipe de enfermagem composta com técnico e enfermeiro.

Projetos do Executivo

Ainda em primeira discussão, foi aprovado o projeto concede Auxílio-Moradia, Auxílio-Alimentação e Auxílio-Transporte aos médicos intercambistas vinculados ao Programa Mais Médicos. O projeto foi aprovado com duas emendas adequativas da Comissão de Justiça e votos contrários dos vereadores José Francisco Martinez (PSDB) e Marinho Marte (PPS). O vereador Francisco França (PT) defendeu o projeto destacando que o gasto da prefeitura será de aproximadamente 3 mil reais por profissional, sendo cerca de 40 médicos na cidade.

Em segunda discussão, foi aprovado o substitutivo ao projeto de lei de autoria do Executivo, que autoriza o município a doar à Fazenda do Estado, uma área de 5 mil metros quadrados, para a construção do Núcleo Acadêmico da Polícia Civil. A área a ser doada está localizada na Avenida Caribe, entre as Ruas La Plata e Comendador Abílio Soares. O projeto foi aprovado por unanimidade, com ressalva de Marinho, de que o local não é adequado. Para o vereador, o local ideal seria às margens de uma rodovia, longe dos bairros residenciais.

prezado vereador RODRIGO MANGA: a ideia aparentemente parece ser boa mas: a saúde está sucateada, falta médicos nos PS UPH, hospitais da vida e o senhor quer fazer mais pronto atendimentos ?

a pessoa é atendida no terminal tudo bem, mas se precisar ser encaminha ao hospital e ai ? lá comece seu calvário pra realmente ter o melhor atendimento.

na boa vereador é uma ideia furada .)

LUAN SANTANA vai receber 4 milhões de nosso impostos pra levantar sua carreira

 

Foto: Curta TV Revolta Ministério da Cultura libera mais de R$4 milhões para shows de Luana Santana  Saiba mais: http://www.folhapolitica.org/2014/08/ministerio-da-cultura-libera-mais-de-r4.html João Revolta critica Luan Santana e detona atitude do governo: http://www.politicanarede.com/2014/08/artista-se-revolta-com-liberacao-de-r4.html

 

afinal o cara ai não é sucesso ? ta concorrendo o prêmio de melhor show do ano pelo canal MULTISHOW, mesmo assim vejam a palhaçada com dinheiro público.

dinheiro que podia ser repartido pra outros que tentam começar, não só na área de musica, mas teatro, cinema, quem comanda esta grana no ministério ? é fã tb d cara ?

prefere agradar luanetes do que dar chance pra outros , pegar nossa grana dos impostos e dar pra um cara que ai sim, deve pegar mais de uma numa noite, se nunca pegou ( ah tá) agora vai afinal 4 milhões de presente.

afinal ele ta precisando ? seus shows não rendem o esperado mais ? um conselho que sempre dou pra quem começa : GUARDE DINHEIRO, não gaste tudo com noitada, mulheres, etc que amanhã vc pode precisar, exs não faltam, pior quando o cara tem um DNA sendo esfregado na cara por oportunistas da vida.

DILAMALANDRA sanciona lei que proíbe divulgar informações sobre acidentes aéreos, mas logo agora com a tragédia do EDUARDO CAMPOS ? hummm

A lei que torna sigilosa a investigação de acidentes aéreos no Brasil mudou completamente a maneira de apuração de um acidente. A lei, que foi sancionada em maio deste ano pela presidente Dilma (PT), afirma que, a polícia e o Ministério Público, só terão acesso à caixa-preta do avião, o qual permite escutar as conversas da tripulação, com a permissão judicial.

Mesmo assim, a lei estabeleceu duas regras que permite a liberação dos dados. Desde que haja a permissão em forma de consulta do Cenipa, órgão da Aeronáutica responsável pela apuração de acidentes aéreos; e que essas informações sejam protegidas por segredo de Justiça, evitando a divulgação do conteúdo.

O objetivo de proteger os detalhes e as informações da polícia e do Ministério Público é evitar que os dados sejam usados em inquéritos ou ações criminais contra suspeitos de causar determinados acidentes aéreos. O Cenipa não tem como interesse procurar culpados, mas descobrir as falhas que provocam acidentes, para evitar que desastres aconteçam novamente.

Pela lei, o depoimento de alguém que tenha participado de algum acidente não poderá ser usado no tribunal. De acordo com o Cenipa, essa proteção evita que a pessoa sinta-se ameaçada e que colabore com as investigações.

Um exemplo aconteceu na colisão do jato Legacy e o Boeing da Gol, em 2006, no qual 154 pessoas que estavam à bordo morreram. Nesta ocasião, os controladores se recusaram a ajudar nas investigações temendo ser punidos.

O texto ainda proíbe que análises e conclusões do Cenipa, sobre um acidente, sejam utilizadas como prova em inquéritos ou processos. Mas o órgão pode, a pedido da autoridade policial, ceder um técnico para auxílio. 

Preservar sem punir

A escolha pela preservação, ao invés da punição está em convenção da Organização Internacional da Aviação Civil, assinada pelo Brasil.

“o que queremos é que a investigação, feita com objetivo de prevenção de acidentes, não seja utilizada para outros propósitos”, afirma Fernando Camargo, coronel aviador do Cenipa.

Já o procurador do Ministério Público Estadual, afirma que essa lei dificulta a investigação da responsabilidade criminal. Por sua vez, o procurador federal Anderson Vagner, achou a lei  positiva por estar alinhada às recomendações internacionais a respeito.

( ou seja meu amigo, vc só vai saber o que quiserem que vc saiba, esta lei entra no exato momento da morte do EDUARDO CAMPOS.

se disserem que foi acidente, resta vc acreditar , ser manipulado nas informações. 

criada a boneca sexual mais perto da perfeição humana, parece gente mesmo.

a companhia japonesa criou a “boneca sexual” mais perto da perfeição humana, com pele próxima da realidade e olhar autêntico. Os “brinquedos” da Orient Industry são feitos de silicone de alta qualidade e chegam a enganar à primeira vista, segundo o Daily Mail.

As bonecas são chamadas de “Dutch Wives”, um termo usado para chamar bonecas sexuais no Japão, e segundo suas propagandas quem comprar nunca mais vai querer ter uma namorada na vida real novamente. A boneca vem com uma seleção de roupas que permite ao dono não fazer visitas a lojas de lingerie.

De acordo com o porta-voz da empresa, Osami Seto, a Orient Industry percebeu que duas áreas precisavam ser mudadas, os olhos e a pele. “Nós percebemos que finalmente chegamos a algo que é sem dúvida difícil de ser distinguível do real”. Os compradores ainda podem customizar o tamanho dos seios, cor dos olhos e do cabelo da boneca.

 

( pena que é só no JAPÃO, estas coisas não se espalham  pelo mundo, pensem quanta revolução faria.

a solução para os feios, não mais ficar desesperado caçando em baladas, internet e só ficar levando toco, sem falar que todos poderiam ter aceso a uma destas mesmo sendo baixa renda .)