LEVY FIDELIX x radicais gays.

 

Em resposta ao discurso homofóbico de Levy Fidelix, candidato do PRTB à Presidência, representantes da causa LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais e Transgêneros) organizam um ‘beijaço’ gay na avenida Paulista para terça-feira (30), às 17h, em frente ao vão livre do Masp (Museu de Arte de São Paulo).

De acordo com a página do ‘beijaço’ no Facebook, Levy Fidelix não pode continuar impune depois de seu comentário sobre homossexuais durante o debate eleitoral, transmitido pela Record na noite de domingo (28).

“Queremos fazer um ato que mostre que não aceitamos que esse tipo de discurso homofóbico do Levy possa ser dito com tanta naturalidade em rede nacional! É um absurdo que um presidenciável incite o ódio desse jeito, em um período em que todos os dias estamos vendo nas notícias a morte de gays, lésbicas, travestis e pessoas transexuais!”, diz o texto da página do evento, que já conta com mais de 5.000 participantes confirmados.

Durante o debate, Levy associou a homossexualidade com pedofilia e afirmou que gays precisam de atendimento psicológico “bem longe daqui”. Além do discurso de ódio, o candidato disse que “aparelho excretor não reproduz”.

“Como é que pode um pai de família, um avô ficar aqui escorado porque tem medo de perder voto? Prefiro não ter esses votos, mas ser um pai, um avô que tem vergonha na cara, que instrua seu filho, que instrua seu neto. Vamos acabar com essa historinha. Eu vi agora o santo padre, o papa, expurgar, fez muito bem, do Vaticano, um pedófilo. Está certo! Nós tratamos a vida toda com a religiosidade para que nossos filhos possam encontrar realmente um bom caminho familiar”, declarou.

As declarações homofóbicas do candidato repercuturiam não só no Brasil, como na imprensa internacional. O jornal britânico The Guardian classificou o debate entre os candidatos como uma noite ruim para a democracia e tolerância.

 

( LEVY nada mais disse do que MALAFAIA   BOLSONARO e outros  tb arrotaram por ai, quando não tinha internet, todos viviam  na escuridão, não tinham onde expressar, gays, feministas, sem teto, sem terra entre outros,agora com a net, não sabem o que fazer, os reacionários ficaram feito baratas tontas.

em vez de todos se sentarem e resolverem suas diferenças, ficam nesta guerra infantil , acusações de ambos os lados, homofobia, ditadura gay, KIT GAY querendo homossexualizar crianças etc,  claro que nem todos os gays não se importam com ataques, apenas trabalham e deixam o barco correr, é uma ala que não suporta ouvir criticas de ninguém que já se levantam.

deixa o LEVY falar a eleição é domingo, ai na segunda todos somem, opinião cada um tem a sua, não se preoicupem com palavras e sim ações, como homofóbicos que pegam em armas e matam gays por ai,m isso sim é pra se preocupar.

 

 

suposto casal do vídeo da VIVIANE ARAÚJO aparece,serão eles mesmo ?

 

apareceu o suposto casal do vídeo em que apontaram que seria a VIVIANE ARAÚJO, se trata de um empresário e sua amante, que estavam indo pro motel , mas ela não tinha documentos, então fizeram ali mesmo, se se preocupar com um carro que esta perto.

mas a moça não tem a tatuagem do vídeo e ai ?   e a mulher do carequinha , nada sabe ?

 

aborrecentes promovem rolezinho e causam pânico no QUINZINHO DE BARROS EM SOROCABA

O Zoológico Quinzinho de Barros fechou duas horas mais cedo, na tarde deste domingo, por causa de um rolezinho. Dezenas de adolescentes se reuniram em frente, na rua Teodoro Kaisel, em encontro que teria sido marcado pela internet. Para que os visitantes, a maioria de famílias com crianças, não fossem incomodados nem houvesse danos, a direção do zoo decidiu encerrar o horário de funcionamento às 15h. Normalmente fica aberto até as 17h.

Policiais militares e guardas civis municipais acompanharam a movimentação, mas não houve registro de violência nem de danos. Domingo é o dia de maior visitação no zoológico. A medida de fechar mais cedo foi tomada por precaução, para evitar eventuais problemas, informou neste domingo a Prefeitura, por meio do Serviço de Comunicação (Secom). As famílias que estavam no interior do zoológico foram orientadas a sair.

No domingo da semana passada, grupos de adolescentes que também se reuniram em frente ao zoológico já haviam causado confusão. Eles teriam incomodado os visitantes com gritos e obstruindo as calçadas de acesso.

A entrada do zoológico está liberada, sem a cobrança de ingresso, desde 29 de agosto. Houve rescisão do contrato da Prefeitura com a empresa que administrava a bilheteria. Uma licitação irá definir a nova prestadora de serviço.

 

rolezinho

 

( será que vai voltar de novo esta praga de rolezinho ? os shoppings já proibiram e pegam pesado contra esta massa de desocupados, agora resolveram fazer na rua, e ai causam pânico e medo em todos a volta, o FACEBOOK  e mdemais redes sociais, deveriam monitorar estes jovens, meses atrás mataram um líder destes rolezinhos em SP, podemos ter um crime destes aqui tb ? 

casais sem filhos viajam muito mais, toma zé ruela pobre, faça filho otário.

Economia de quem optou por não gerar herdeiros é de pelo menos 25% de toda a renda obtida em décadas. Mas não ter filhos, por si só, não garante saúde financeira, diz especialista

 

 

A terapeuta Maria Helena Novaes*, de 40 anos, optou por não ter filhos. Com uma renda confortável, ela dificilmente teria realizado o sonho de conhecer o mundo se tivesse engravidado. E essa escolha teve mais ligação com dinheiro do que com falta de tempo ou dedicação.

Thinkstock/Getty Images

Casal com renda de R$ 5 mil pode acumular R$ 3,3 milhões em 30 anos, com 25% do que iria para os filhos

 

 

Ela e o marido traçaram um planejamento financeiro para desfrutar da vida de turistas. “Sempre viajamos duas vezes por ano, mas, se tivéssemos filhos, não conseguiríamos bancar todo o conforto e mimos dessas viagens”, conta Maria Helena.

Gisele Céo*, de 33 anos, deixou de ser dependente dos pais há pouco tempo, ao passar em um concurso público federal. Com renda em torno de R$ 6 mil, ela não tem vergonha em dizer que prefere não comprometer seu orçamento com as despesas de um filho, embora diga gostar de crianças.

“Agora que posso decidir como gastar meu dinheiro como bem entender, vou me endividar por anos, sem fazer minhas vontades? Não, existem outras formas de encontrar realização além de filhos, e o dinheiro proporciona algumas delas, por que não?”.

Pessoas sem filhos são cada vez mais numerosas no Brasil. O percentual de casais que optaram por não gerar herdeiros cresceu de 14% para 19% entre 2002 e 2012, segundo o último levantamento do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), divulgado no ano passado.

“Mais caro que um carro de luxo e um cruzeiro pelo mundo”

Thinkstock/Getty Images

Grupo dos sem filhos ganhou o apelido dink nos EUA (“dupla renda, sem filhos”)

 

 

De tão representativo, o grupo dos sem filhos ganhou o apelido de “dink” nos Estados Unidos (abreviação de “double income, no kid”, ou “dupla renda, sem filhos”). A economista e psicanalista francesa Corinne Maier, autora do livro “Sem Filhos – 40 Razões Para Você Não Ter”, admite ter se arrependido de engravidar e um dos motivos foi financeiro.

 TAMBÉM: Ela gasta, ele poupa: opostos se atraem nas finanças

“Um filho custa uma fortuna. Está entre as compras mais caras que um consumidor médio pode fazer em sua vida. Em matéria de dinheiro, custa mais caro que um carro de luxo do último tipo, um cruzeiro ao redor do mundo, um apartamento de quarto e sala em Paris. Pior ainda, o custo total pode aumentar no correr dos anos”, diz, em trecho do livro.

Um cálculo feito pelo professor da ESPM e presidente do Instituto Nacional de Vendas e Trade Marketing (Invent), Adriano Maluf Amui, mostrou que, dependendo da condição econômica dos pais e da disposição em investir no futuro do filho, os gastos com o rebento podem variar entre R$ 200 mil e R$ 1 milhão ao longo de 21 anos – considerando-se apenas gastos básicos, com educação, saúde e lazer.

“O custo de criar um filho aumentou muito para a nova geração em idade fértil”, diz o educador financeiro do instituto Dsop, Reinaldo Domingos. Levando-se em conta o aumento do custo da educação e o prolongamento da dependência para perto dos 30 anos de idade, a decisão por ter filhos passa cada vez mais pela condição financeira do casal.

“Se você não quer comprometer 25% do que ganha, não tenha filhos”

Os pais precisarão desembolsar, no mínimo, 25% de todo o ganho familiar nesta nova vida, como um investimento, ao longo de décadas, estima Domingos. “Se você não quer comprometer 25% da sua renda com outra pessoa, não tenha filhos”, alerta o educador financeiro.

Thinkstock/Getty Images

Ausência de filhos não garante vida financeira confortável, alerta educador do Dsop

 

 

Embora não ter filhos gere uma economia considerável, alerta Domingos, essa opção está longe de garantir uma vida financeira tranquila. Da mesma forma, quem gerou uma vida pode ter pleno controle de seu orçamento. A educação financeira, lembra, nada tem a ver com a escolha em ter filhos.

MAIS: Conheça os erros financeiros dos abastados

Se o casal for excessivamente consumista, mesmo sem filhos, pode se frustrar por não conseguir formar uma poupança ou fazer um plano de previdencia como gostaria. Já uma pessoa controlada e com perfil investidor pode ter dinheiro de sobra para suas realizações pessoais, ao lado dos filhos.

Portanto, diz Domingos, ao considerar motivos financeiros dentro da opção de ter filhos, deve-se levar em conta não só quanto se ganha, mas como a pessoa lida com o dinheiro. Deve-se pesar sonhos e prazeres: por exemplo, sem filhos, pode-se destinar os 25% para umqa doação, para um plano de aposentadoria ou um estilo de vida mais confortável.

Economia dos “sem filhos” pode ser direcionada para outros sonhos

O educador financeiro do Dsop calculou três casos hipotéticos de quanto um casal pode acumular ao longo de décadas com a quantia que deixaria de investir se tivesse filhos. A estimativa considerou aportes mensais de 25% da renda familiar, levando em conta um rendimento médio de 0,65% por mês e a inflação anual de 5,91% ao ano (correspondente ao IPCA do ano passado):

CASO 1 – Renda de R$ 2 milInvestimento mensal: R$ 500,00Valor acumulado em 20 anos: R$ 452.290,18

Valor acumulado em 30 anos: R$ 1.345.061,76                                                                   

CASO 2 – Renda de R$ 5 milInvestimento mensal: R$ 1.250,00Valor acumulado em 20 anos: R$ 1.130.725,46

Valor acumulado em 30 anos: R$ 3.362. 654,41

CASO 3 – Renda de R$ 10 milInvestimento mensal: R$ 2.500,00Valor acumulado em 20 anos: R$ 2.261.450,91

Valor acumulado em 30 anos: R$ 6.725.308,81

 

( ai pobre, toma na cabeça, ai burra que engravidou cedo , toma a cabeça tb , acorda cambada de zé ruela, pode ser que vc não possa viajar pelo mundo, mas pelo BRASIL pelo menos dá, basta usar camisinha e pilula viu ?

usem a cabeça ( a de cima zé.)

motorista invade casa do cidadão em SOROCABA, botou a culpa numa moto fantasma.

Imagens captadas pelo Centro de Operações e Inteligência (COI) da Guarda Civil Municipal (GCM) flagraram o momento em que a motorista de um Chevrolet Astra Branco invadiu a Casa do Cidadão, situada na avenida Nogueira Padilha, na madrugada desta quarta-feira (24). Com o impacto, as duas portas de vidro se estilhaçaram e parte dos móveis que estavam no interior do prédio público ficaram danificados.
Segundo a GCM, após o acidente, a motorista, de 28 anos, fugiu do local, deixando o para-choque dianteiro e uma das placas do carro dentro da Casa do Cidadão, o que facilitou a identificação da motorista.
Após consulta pela placa do veículo, foi constatado que a mulher reside em Votorantim. Em seguida, ela foi localizada com o carro. De acordo com o guarda Antonio Nóbrega, a mulher relatou que foi fechada por uma moto e, por isso, teria perdido o controle do veículo. A justificativa dada, no entanto, não condiz com as imagens do COI. Após ser identificada, a motorista foi encaminhada ao Hospital Regional de Sorocaba, já que apresentava ferimentos no rosto e no peito.
Por conta das portas de vidro estilhaçadas e dos móveis danificados, a Casa do Cidadão permaneceu fechada até às 13h30 – horário em que reabriu – para reparos. Tapumes irão substituir, provisoriamente, as portas de vidro do local. 
O caso foi apresentado no Plantão Policial Sul, que elaborou boletim de ocorrência por fuga de local de acidente, conforme estabelece o Código de Trânsito Brasileiro (CTB).
 
 
 
 
( pois é ou bebeu, ou tava correndo demais, ai poem a culpa num carro ou moto fantasma que só ela teria visto, são as desculpas de praxe.

médica cubana gostosa da um pé na bunda no mais médicos e se manda pros EUA

Imagem: Arquivo pessoal
Uma médica cubana abandonou o serviço em uma Unidade Básica de Saúde (UBS) em São Vicente, no litoral de São Paulo. Segundo amigos da cubana ouvidos pela reportagem do G1, ela estaria morando nos Estados Unidos após ter planejado, com bastante antecedência, a fuga do Brasil. Nesta quarta-feira (24), o Ministério da Saúde informou por meio de nota que 35 cubanos já deixaram o programa ‘Mais Médicos’ no Brasil. Até o momento 14.400 médicos participam do programa no país, dos quais 11.400 são de Cuba.
 
 
Yaumara Perez Garriga, de 30 anos, é natural da cidade Las Martinas, em Cuba. Ela chegou em São Vicente em novembro do ano passado com outros três profissionais cubanos do Programa ‘Mais Médicos’, do governo federal. Na chegada, ela se mostrou otimista. “Nosso trabalho é que vai falar por nós”, disse ela, na época. Yaumara foi direcionada para trabalhar na UBS Parque São Vicente.
 
 
Yaumara abandonou o serviço na semana passada, quando realizou os últimos atendimentos médicos dentro da UBS. Segundo os amigos dela, a médica cubana tinha um temperamento tranquilo e era conhecida como ‘bonequinha’ por algumas pessoas dentro do hospital. Os amigos contam que ela planejou se mudar para Miami e, assim que chegou aos Estados Unidos, conversou com alguns conhecidos por meio das redes sociais, afirmando que tudo teria ocorrido como o planejado inicialmente.
O G1 entrou em contato com a UBS Parque São Vicente, na manhã desta quarta-feira (24), à procura da médica. Um funcionário havia sido orientado a informar que Yaumara, na verdade, estava afastada do trabalho e que não tinha previsão de retorno.
 
 
Já a Secretaria da Saúde de São Vicente informou ao G1, por meio de nota, que a médica cubana Yaumara Perez Garriga não compareceu ao serviço na segunda-feira (22) alegando ter uma consulta médica em São Paulo. Na terça-feira (23), a médica também não compareceu ao serviço. A Sesau entrou em contato com o Ministério da Saúde e informou sobre a falta. Segundo o Ministério da Saúde, a médica só pode ser notificada após 48 horas de ausência injustificada. A Sesau informa ainda que já pediu ao Ministério da Saúde a reposição da profissional. 
 
 
( pois é , viu a fria em que entrou e caiu fora, no pais do PT ela acordou pra realidade.)