famoso CHAMPINHA não deve ganhar as ruas tão cedo

Roberto Aparecido Alves, Champinha, receberá novo acompanhamento psicológico / Reprodução

O detento Roberto Aparecido Alves, também conhecido como Champinha, chocou o Brasil em 2003, quando tinha 16 anos, pelos crimes cometidos contra o casal de namorados Liana Friedenbach, 16, e Felipe Caffé, 19, que acampava na zona rural de Embu Guaçu (SP).

O Ministério Público Estadual (MPE) divulgou a decisão da Justiça de São Paulo de manter Champinha sobre poder do Estado pela terceira vez neste ano. Atualmente ele se encontra em uma unidade especial que atende adolescentes com transtornos psicológicos graves.

Agora, com 28 anos, ele receberá acompanhamento psicológico e avaliações de psicólogos e assistentes sociais do Núcleo de Assessoria Técnica Psicossocial (NAT). Novos laudos psiquiátricos e psicossociais serão apresentados em março de 2016.

O objetivo da Defensoria Público é que Champinha possa receber seu tratamento em liberdade. Em 2003 ele foi encaminhado à extinta Fundação Estadual do Bem-Estar do Menor (Febem) e em 2007 foi levado para a Unidade Experimental de Saúde, onde está hoje. 

( é isso que tem de fazer com de menor, não deixar 3 aninhos, mas 10,15,20 em caso de crimes hediondos.

vejam este cara ai, nunca mais falaram dele,pega estes vagabundos e poem pra trabalhar, estudar, se quiserem comer, aumentando a pena , fará talvez com que muitos pesem em não cometer crimes bárbaros pra não perderem a juventude encarcerados.)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s