homem de faca x homem armado, olha no que deu

 

o cara de faca tb provocou, fosse embora, quis mostrar que era macho se ferrou,a gora ta morto, e o outro deve estar foragido, ou ta preso, se entregou ?

e se o cara de faca avançasse pra cima , dava um tiro na perna e pronto, mas quando a cabeça não ajuda.


dois errados.

policiais estressados perigo nas ruas

Policiais estressados perdem o controle e se tornam perigosos

O excesso de pressão, trabalho, violência e perigo transformam a vida de muitos policiais. Alguns não conseguem lidar com vários sentimentos ao mesmo tempo e acabam entrando em crises depressivas ou de stress.  ( como vc ainda quer liberar arma pra cidadão ? todos tem problemas, mas tb procuram né ? nção é apenas o bandido, a policia tem de lidar com alcoolotras, brigas banais por causa de futebol, trânsito, mulher etc, enfim muita ocorrência que poderia ser evitada, pra ter mais tempo de ir atras de quem realmente da trabalho que é o crime organizado.

o povo da trabalho, exige uma policia atuante , mas não colabora em sua parte, ai temos isso.)http://noticias.r7.com/videos/policiais-estressados-perdem-o-controle-e-se-tornam-perigosos/idmedia/4f57484192bb3f3a74f60f5e.html

pai encontra armas com filha de 14 anos e chama a policia em VOTORANTIM

O pai da adolescente conta que não se arrependeu da atitude e que só pensou em proteger a filha caçula O pai da adolescente conta que não se arrependeu da atitude e que só pensou em proteger a filha caçula

A Polícia Militar de Votorantim recebeu uma chamada rara em  23 de agosto. Por volta das 18h, um pedreiro entrou no quarto da filha de 14 anos para efetuar reparos na instalação elétrica. Sobre o guarda-roupa, ele encontrou uma caixa com três armas de fogo: duas mini-garruchas calibre 22 e uma mini-pistola calibre 6,35.

Apesar dos apelos da filha, ele não pensou duas vezes e acionou os policiais, que foram à residência, na Vila Garcia, para apreender o armamento.

“Minha filha gritava, falava que era para entregar a arma a ela, que estava sendo  guardada para um traficante. Mesmo assim, chamei a PM e entreguei tudo”, conta, informando que neste dia a garota saiu de casa e passou a noite fora, retornando em seguida.

A menina  já cometeu um ato infracional há dois  anos, enquanto estava entre amigos “brincando” com uma arma de fogo que pertencia ao mesmo traficante. A jovem disparou acidentalmente, matando uma criança de 12 anos. A menina, então,   passou seis meses na Fundação Casa (Centro de Atendimento Socioeducativo ao Adolescente). Para o pedreiro, nenhum pai deve acobertar os erros dos filhos. “Quem ama educa”, afirma.

Entre nós / O delegado da Infância e Juventude de Sorocaba, José Augusto Pupin, afirma que é muito comum a atuação de menores de 18 anos no mundo do crime. “É uma escalada, pois ninguém começa roubando um banco. Este processo acontece aos poucos”, diz.

Segundo ele, neste momento a família tem um papel fundamental para recuperar os menores. “Os pais e familiares têm de impor limites”, afirma.

A ideia de que a lei não  atinge os menores seria um dos grandes incentivos para que crianças e adolescentes acabem seduzidos pela criminalidade. “Eles são peças de fácil reposição e acabam pagando sozinhos pelos crimes”, explica.

A lei nº 8069/90 prevê que crimes cometidos por pessoas com idade inferior a 18 anos são considerados atos infracionais e que são passíveis de internação na Fundação Casa. “Dou parabéns a este pai que demonstrou que ama sua filha e deseja que ela saia do caminho do mal”, conclui Pupin.

Jovem é baleado na cabeça

Além de ser mais um instrumento dentro do organismo do tráfico de drogas, a facilidade de acesso a armas de fogo também pode estar associada à prática de homicídios e crimes contra a vida. Não existe regra, já que não é possível afirmar que toda arma obtida de forma irregular seja usada para matar ou ferir alguém. Mas certamente é um facilitador que provoca ocorrências como a registrada na noite desta quarta-feira (28), quando  Wesley Gussonato, 24 anos, foi baleado no bairro Novo Horizonte.

De acordo com as informações da Polícia Civil, a vítima levou dois tiros na cabeça e foi encontrado em uma rua do bairro.  O socorro médico foi acionado e a vítima levada ao  Hospital Regional, onde permanece internada em estado grave e corre risco de morte.

26
armas brancas foram apreendidas em toda a cidade  no período de janeiro a julho de 2011

Tráfico reflete no índice de apreensão de armas
Apesar do bairro Nova Esperança concentrar o maior volume de  ocorrências, não há necessariamente reflexos da violência no local

Segundo levantamento da Polícia Militar, o Jardim Nova Esperança, zona oeste de Sorocaba, apresenta o maior número de armas apreendidas na cidade que, ao todo, somaram 124 até julho deste ano.

O bairro é patrulhado pela 5ª Companhia da Polícia Militar e apresentaria um dos maiores índices de prisões por tráfico de drogas, junto do  Mineirão.

Muitas pessoas estariam indo aos bairros para adquirir entorpecentes. “Isso reflete na quantidade de armas e drogas apreendidas no local”, afirma o capitão da 5 ª Companhia da Polícia Militar, Fernando Agrella. As armas são usadas para trocar com as drogas.

A criminalidade entre adolescentes também cresceu. “Durante as prisões, notamos muitos adolescentes envolvidos com a venda de entorpecentes ”, relata o capitão.

Para ele, o exemplo do caso de Votorantim mostra que as mulheres estão se envolvendo cada vez mais com a criminalidade.

Com a população / O capitão da 5 ª Companhia diz que a contribuição da população é fundamental para reduzir o número de crimes. “Liguem para o 190 e 181, é grátis e o anonimato é garantido”, conclui. Os serviços funcionam 24h em todos os dias da semana.( proteger a filha ? ela ja teve em cana, 6 meses de fundaçãocasas, não serviarm pra nada nesa maldita mania de DIMENOR, e agora JOSE ?

o traficante é capaz de matar o pai e a infeliz ainda fugir com ele, este homem ta com sangue ruim em casa, esta porcaria de DIMENOR ta acabando com o pais, ela tinha de ser apreendida e ficar uns bons anos na fundação.)