dois dos assaltantes de joalheria do RJ apareçem mortos


Rádio Gospel FM

A Polícia Militar do Rio de Janeiro informou neste domingo (16/10) que dois dos quatro assaltantes do Norte Shopping, na zona norte, foram encontrados mortos em Guadalupe, subúrbio do Rio, entre eles está o que conseguiu fugir no sábado (15) do Hospital Souza Aguiar onde sob custódia policial estava internado. O comando da Polícia Militar levou o PM responsável pela guarda do preso até a Delegacia da área onde prestou depoimento e depois foi levado para o 3º BPM (Méier), onde ficou preso administrativamente por 72 horas. Os corpos foram identificados como de Alonso Ferreira Gomes, o Cara Torta, e Pool Magno de Oliveira, o Russinho.

Alonso Ferreira Gomes, o Cara Torta, estava foragido e foi encontrado morto junto com o comparsa
O Caso

O assalto aconteceu na tarde de terça-feira (11/10) e imagens flagraram Alonso Ferreira Gomes, o Cara Torta, atirando com uma pistola na saída da garagem do Shopping.

A Polícia Civil do Rio de Janeiro divulgou na quarta-feira (12) imagens que mostram em detalhes a ação dos bandidos. Bem vestidos e disfarçados de clientes, os assaltantes concluíram a ação sem despertar a atenção dos seguranças do estabelecimento.

Descobertos no momentos da fuga, as imagens mostram os assaltantes assustados e abrindo fogo contra os vigilantes. Um dos tiros acertou Ronaldo Aquino, de 74 anos, que chegava ao lugar pela entrada de pedestres. O idoso foi baleado no pescoço e morreu a caminho do Hospital Municipal Salgado Filho, no Méier.

As imagens do circuito interno de TV da joalheria serão usadas pelos investigadores da DH (Divisão de Homicídios) para tentar identificar os dois criminosos que conseguiram fugir. Os outros dois suspeitos foram capturados pelos policiais militares do Batalhão do Méier (3º BPM), que perseguiram o bando após o assalto.

De acordo com a Polícia Militar, os criminosos estavam usando camisas de gola polo e sapatos sociais. A estratégia é usada pelos bandidos para não chamar a atenção de vendedores e vigilantes.

As imagens das câmeras do shopping também foram analisadas. Com as filmagens, os agentes da DH vão investigar os passos dos assaltantes desde a chegada na joalheria até a fuga pelo estacionamento do shopping.

Com as saídas bloqueadas, os criminosos fizeram vários disparos contra os seguranças do shopping na tentativa de deixar o estacionamento a bordo de um carro roubado, que, segundo a polícia, levou os bandidos até o local.

Os bandidos foram perseguidos pelos PMs, que atiraram e atingiram um dos suspeitos de raspão na boca. O outro foi baleado na perna e tentou fugir, mas acabou localizado e preso. Com os dois criminosos, a PM apreendeu um rádio de comunicação, um celular e quatro cordões de ouro roubados, avaliados em aproximadamente R$ 20 mil.( o da primeira foto, que ta atirando no estacionamento do shopping onde houv o assalto, pode ter matado o aposentado durante a troca de tiros, mas quem matou os dois ?

queima de arquivo ? talvez, desentendi ento com outros integrantes ? quem sabe.)