goleiro BRUNO se casa com dentista, e ai ninguém fala nada ?

O goleiro Bruno Fernandes se casou, no sábado (18), em cerimônia realizada dentro da APAC (Associação de Proteção e Assistência ao Condenado) de Santa Luzia, cidade localizada na região metropolitana de Belo Horizonte.

Bruno cumpre pena de 22 anos por ter sido condenado, em 2013, pela morte de Eliza Samudio, sua ex-amante. Eliza desapareceu em 2010. O jogador se casou com a dentista carioca Ingrid Calheiros, com quem iniciou relacionamento amoroso durante o processo sobre o caso.

Outro casamento de um colega de presídio de Bruno foi feito na mesma ocasião. Segundo a assessoria do TJ-MG (Tribunal de Justiça de Minas Gerais), que mantém parceria com as APACs, a cerimônia foi realizada pela Igreja Quadrangular [evangélica] e tem “efeito civil”.

Ainda conforme o tribunal, foram convidados parentes e amigos dos noivos, além de voluntários da APAC. O setor informou que eles foram previamente selecionados por meio de uma lista apresentada à direção da unidade. O casamento duplo teve acompanhamento de uma banda de louvor. Não foram permitidas fotos do ato.

Após o evento, foi servido um almoço aos participantes. A refeição, preparada anteriormente pelos voluntários e recuperandos do regime semiaberto, não teve o cardápio divulgado.

Segundo o TJ-MG, já foram realizadas nesta unidade quatro cerimônias de casamentos que contaram ao todo com a participação de 17 casais. As visitas íntimas a confinados nessa APAC ocorrem quinzenalmente.

APAC

Desenvolvido no Estado em parceria com o TJ-MG (Tribunal de Justiça de Minas Gerais) e a FBAC (Fraternidade Brasileira de Assistência aos Condenados), a APAC é uma entidade civil de direito privado, com personalidade jurídica própria.  Segundo o TJ, as associações são dedicadas “à recuperação e à reintegração social dos condenados a penas privativas de liberdade”.

O método, criado pelo advogado paulista Mário Ottoboni, 84, baseia-se em 12 pilares, tendo entre eles o trabalho, a família e a religião.

Nessas unidades prisionais, os internos são corresponsáveis pela administração, limpeza e segurança da unidade e pela preparação da comida, entre outras atividades.

As regras têm de ser seguidas por todos. Caso o recuperando cometa uma falta considerada grave [ex: facilitar a entrada de aparelhos celulares e drogas, agressão física e fuga], ele retorna para o sistema prisional tradicional.

( e a SUZANE leva marretadas por ser mulher né, amanhã o BRUNO  sai e fica de boa, SUZANE ficará marcada pra sempre, este é o machismo escarrado do pais.

e cadê as entidades defensoras da mulher, feministas radicais, femistas, e ai ? vão falar algo ?)

pq o hotel não tinha mais segurança ? só pq era apenas a ANA RICKMAN ?

 

no vídeo , o irmão do atirador, não acreditando no que aconteceu, e falando aos jornalistas como ele era, abaixo fotos dele, e as imagens postas ma net que mostram o quanto ele era obcecado pela ANA RICKMAN, doente mesmo, pô a mulher é casada com filho, mas vai entender né ?

mas a pergunta que não quer calar, e ninguém fez ainda, como o cara entrou no hotel com arma ? ANA não é famosa suficiente pra que o hotel tivesse segurança reforçada, se fosse ANITTA, LUDMILLA, SAFADÃO,JOELMA, MC GUI, etc hospedados ali, ah ninguém chegava perto do hotel nem entraria se não fosse devidamente revistado .

pior quando vem internacionais, até as ruas são fechadas pra eles , passarem tumultuando o já caótico trânsito, e caso algo ocorra, os fãs cercam a região toda, pra encher o saco mais ainda.

mas era apenas a ANA RICKMAN né ?

querem demolir logo o viaduto que caiu em BH, é sumir com provas ?

 

O TJ-MG (Tribunal de Justiça de Minas Gerais) determinou que a área do viaduto Batalha de Guararapes, que desabou na última quinta-feira (3), em Belo Horizonte, seja preservado para perícia e os trabalhos de demolição, adiados. A informação foi dada pela Defesa Civil da cidade, na manhã deste domingo (6), embora a Prefeitura ainda não tenha sido notificada.

A assessoria do TJ-MG não foi encontrada para comentar a decisão.

Na noite deste sábado (4), a construtora Cowan, responsável pela construção, afirmou ter recebido autorização dos peritos da Polícia Civil de Minas Gerais para iniciar às 8h deste domingo (6) a demolição da estrutura do elevado. De acordo com nota da empresa, os trabalhos de demolição seriam feitos entre 8h e 20h.

No desabamento do Batalha de Guararapes, foram atingidos um micro-ônibus, um Fiat Uno e dois caminhões. A motorista do micro-ônibus Hanna Cristina dos Santos, 26, e o condutor do Fiat Uno, Charles Frederico Moreira do Nascimento, 25, morreram.

Preparação para demolição

Desde o início da manhã deste sábado (5), operários e máquinas da prefeitura e da Sudecap (Superintendência de Desenvolvimento da Capital), além da Cowan, estavam prontos para iniciar a demolição da estrutura, mas os peritos exigiam que área onde foi constatado um afundamento de seis metros de um dos três pilares de sustentação do viaduto fosse preservada.

O local deverá ser isolado num raio de dez metros e cercado por tapumes, para acesso apenas dos peritos à área.

Para a conclusão da perícia técnica, de acordo com a Polícia Civil, ainda são necessárias sondagens e análises do solo para tentar confirmar o que levou o pilar a afundar.

A estrutura de sete metros era sustentada por cinco estacas de cada lado, com 22 metros cada. Parte dos trabalhos dos peritos é feito com equipamento que reproduz a área em três dimensões, facilitando a elaboração do laudo técnico.

Jogo da seleção

A prefeitura tem urgência na demolição por causa da necessidade de liberação da avenida Pedro 1º, antes de terça-feira (8), dia da partida entre as seleções do Brasil e da Alemanha, no Mineirão, localizado na mesma região, a Pampulha, onde ocorreu o desabamento.

A avenida Pedro 1º é a principal via de ligação do Aeroporto de Confins, na região metropolitana, com o centro de Belo Horizonte.

Em nota, a prefeitura informou que adotou as providências solicitadas pela PC para o início da demolição do viaduto. “A prefeitura está pronta para iniciar os trabalhos de demolição, tão logo haja a liberação por parte da Polícia Civil”, diz o comunicado.

 

( se for preciso manda o jogo pra outra capital, oras, pq tem de ser no MINEIRÃO ? isso ta mais pra sumirtem com as provas do crime de terem feito uma obra nas coxas, e superfaturada.)

indiano vem ao BRASIL, achando que ia pegar a GIOVANNA ANTONELLI

O indiano Bakul, 26, que trabalha de garçom em um hotel de luxo em Dubai e foi até MG para encontrar uma mulher que usava a foto da atriz Giovanna Antonelli em um perfil da internet
 
O garçom indiano Bakul Bakulmiah, 26, que mora na cidade de Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, teve uma grande surpresa ao chegar ao Brasil para conhecer quem ele achava ser o amor de sua vida. Segundo reportagem da TV Alterosa, afiliada do SBT em MG, Bakul conheceu uma brasileira que usava fotos da atriz Giovanna Antonelli para ilustrar sua página no Facebook. Ele veio ao país para conhecer a moça, mas, quando chegou a Belo Horizonte, quem estava à espera dele era uma mulher de 41 anos, divorciada e mãe de dois filhos.
Se a surpresa de Bakul foi grande, a mineira, que não quis se identificar, também não gostou da pessoa que conheceu no aeroporto. “É uma figura interessante. Diferente do que eu vi pela webcam, ele é muito baixinho”, afirmou a brasileira em entrevista à TV Alterosa.
Após finalmente se conhecerem e descobrirem que não estão apaixonados, o problema ficou ainda maior. Bakul, que já planejava ficar definitivamente no Brasil, veio apenas com a passagem de ida e com Dirhans, moeda corrente em Dubai mas que não é trocada em nenhum banco ou casa de câmbio.
Como nenhum dos dois tinha dinheiro para comprar uma passagem de volta para Dubai, a mineira procurou ajuda na Polícia Federal, que também não pôde fazer nada. Bakul não pode ser extraditado, pois entrou legalmente no país e está com o visto em dia. Após a divulgação do caso na televisão local, muitos mineiros se propuseram a ajudar o rapaz. Algumas mulheres até mesmo se disseram apaixonadas e dispostas a conhecê-lo melhor.
Apesar de inicialmente não gostar da ideia de abrigar o rapaz, a “falsa Giovanna Antonelli” aceitou levar Bakul para sua casa e disse que a família está tentando fazer uma vaquinha para comprar uma passagem. ( bem primeiramente, falta homem no BRASIL, a ponto de mulher se corresponder com estrangeiro.
ele não viu a cara real dela pela cam ? ela tb não procurou confessar que não era a GIOVANNA ANTONELLI ? mas tb tenha dó né, a mulher usa um foto falsa de uma atriz de novela (antiga por sinal)  pra que ? se corresponde com um cara lá de fora e o cara vem atras dela ?
mas tb ele é doido né ? se aventurar a vir na incerteza, achando que ia se dar bem ? e ela achando que era um sheik do petróleo ? 
e agora JOSÉ ?)