50 tons de acidentes, cuidado ao imitar o filme .

’50 tons de cinza’ aumentou acidentes sexuais, dizem bombeiros de Londres
Corporação lançou campanha contra uso de algemas e anéis no pênis.
Oficial pede ‘bom senso’ aos espectadores do filme que estreou na quinta.

Do G1, em São Paulo

O corpo de bombeiros de Londres está preocupado com o chamado “efeito ‘Cinquenta tons de cinza'”. Em texto publicado no site oficial da coporação nesta quinta-feira (12), dia da estreia do filme, há um alerta de que ele “poderia levar as pessoas a ficar presas ou enroscadas em objetos como algemas ou anéis”. Isso porque a história do longa, de forte teor erótico, é protagonizada por um casal que pratica jogos com brinquedos sexuais. A produção adapta o primeiro volume da trilogia best-seller escrita por E.L. James e descrita como “pornô para mamães”.

“Em 2013/14, os bombeiros atenderam 472 incidentes envolvendo pessoas presas e enroscadas, muitas vezes com acessórios domésticos usados no dia a dia. Isso tem aumentando constantemente, ano após ano, desde o lançamento dos livros de ‘Cinquenta tons de cinza'”, diz o comunicado. O primeiro capítulo saiu em 2011.

Nos últimos três anos, o custo total das operações de salvamento teria aumentado em cerca de 400 mil libras (R$ 1,7 milhão). De abril de 2013 para cá, houve 393 incidentes, aumento que os bombeiros acreditam ter relação com sexo. Desse total, 28 envolviam pessoas presas em algemas. Além disso, 293 anéis de dedo foram removidos, incluindo sete casos em homens tinham anéis presos em seus pênis. Cada um desses acidentes teria custado aos contribuintes alegadas 295 libras (R$ 1,288 mil).

Algemas e anéis

Um gráfico informa que os incidentes envolvendo “remoção de objetos de pessoas” ou “remoção de pessoas de objetos” totalizaram cerca de 420 em 2010/2011.
Em 2011/2012, saltaram para cerca de 445. No último período observado, 2013/2014, já foi ultrapassada a marca de 470 ocorrências.

A nota cita ainda uma campanha iniciada pela brigada para prevenir acidentes. Chama-se “Cinquenta tons de vermelho” (no orginal: #FiftyShadesOfRed). No Twitter oficial da corporação, há uma série de alertas sobre riscos do uso de brinquedos sexuais.

Ainda assim, incidentes embaraçosos continuam a acontecer. O texto descreve um caso de novembro de 2014 no qual os bombeiros tiveram de socorrer um homem que, durante três dias, ficou com dois anéis de metal presos em seu pênis.

Inicialmente, ele teria sido levado a um hospital da capital inglesa, mas, depois de os médicos concluírem que a remoção dos anéis era inviável, os bombeiros foram acionados. Para concluir o serviço, usaram um instrumento hidráulico.

Um oficial do corpo de bombeiros de Londres chamado Dave Brown afirma na nota: “O efeito ‘Cinquenta tons de cinza’ parece ler elevado ao máximo o número de incidentes com algemas, então esperamos que os espectadores do filme usem o bom senso para evitar chegar a situações extremas”.

Por fim, a brigada de Londres dá três conselhos básicos:

– O bom senso é necessário – se [algo] não parece seguro, provavelmente não é mesmo, então não faça isso!;

– Se você usar algemas, sempre mantenha as chaves acessíveis;

– Dedos e aparelhos eletrônicos não se dão bem, especialmente aqueles com lâminas.

( olha , pois mais que bombeiros , médicos sejam profissionais, eles não deixarão em algum momento de folga de comentar tais casos entre os colegas .

imagine então as enfermeiras fofocando na hora da folga , ou do almoço  o seu caso ?, bem desde que seus vizinhos não saibam né, nem parentes, amigos etc .

portanto meu amigo, minha amiga, tenha cuidado com certas brincadeiras ok ? procure orientação de especialistas , no sex shop por ex.)

mulher de bombeiro nega participação do marido em sexo a 3 num quartel de bombeiros em NOVA IGUAÇU

quartel-bombeiro-tv

A mulher do sargento do 4º Grupamento de Bombeiros Militar que ficou 23 dias preso por suspeita de permitir orgia no quartel de Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, negou a participação do marido no esquema de organização da “festinha”, em junho de 2012. Um cabo é acusado de praticar sexo com um casal que conheceu na internet dentro do quartel, sob a conivência do sargento.

De acordo com Patrícia Cardoso, o cabo que teria feito sexo com um casal em uma viatura da corporação bolou tudo sozinho e agiu pelas costas do comando. As fotos do encontro vazaram em um site de conteúdo adulto.

— Eu sei da inocência do meu marido. Assim que saiu essa história, em junho do ano passado, ele conversou comigo. Eu sei que ele jamais permitiria isso. Ele não sujaria a farda que ele tanto ama e nem desrespeitaria os nossos dois filhos. Foi tudo organizado pelo cabo. Ele agiu sozinho e enganou todo mundo.

A mulher do sargento contou que o cabo teria aproveitado uma saída de rotina para encontrar o casal na rua e entrar, de forma sorrateira, para o quartel.

— Eles sempre saem para comprar lanche à noite, isso é normal. Então, meu marido disse que ele [cabo] afirmou que ia comprar lanche, mas enganou todo mundo e ainda entrou com o casal.

O juiz militar Marcius da Costa Ferreira aceitou denúncia do Ministério Público Militar do Rio de Janeiro contra o cabo e o sargento. Eles foram acusados de praticar ou permitir a prática de ato libidinoso em local sujeito à administração militar — pena de seis meses a um ano —, com agravantes de abuso de poder ou violação de dever inerente a cargo e quando o ofendido estava sob a imediata proteção da autoridade.

O primeiro interrogatório está marcado para 13 de maio, na Auditoria de Justiça Militar, na Gamboa, zona portuária do Rio de Janeiro.

( esta é a unica imagem que se tem dos fatos, já que não consegui achar as demais fotos, se alguém souber, pode me informar aqui, que mostrarei.

a coisa toda veio a tona, devido a uma tenente ter visto as fotos na net e denunciado tudo, agora resta apurar mesmo se o cabo agiu sozinho, mas pra que investigar a fundo ?  se pode expulsar dois só pra dizer que o corpo de bombeiros é sério né ?

vale o conselho,se vc vai fazer coisas deste tipo, não fotografe nem filme, pois se cai na net, pode explodir do seu lado, quem postou na web e pq  ? colocou num site adulto achando que ninguém do quartel poderia ver ? alias como esta tenente descobriu  isso ?)