marcou encontro virtual, se sentiu enganado e partiu pra porrada

Uma história no mínimo inusitada aconteceu esta semana na China. Um homem de 35 anos gastou mais de R$ 22 mil para conhecer pessoalmente uma garota com quem mantinha um romance virtual, mas acabou se revoltando com o que viu.
Ao gastar toda esse grana, quando for finalmente ao encontro com a namorada virtual, para encontra-lá pessoalmente, logo percebeu que ela erá bem diferente da foto de perfil e a agrediu fisicamente.
( primeiramente não existe web cam na CHINA ? ta a mocinha pode ter usado uma foto antiga, pode ter dado uma pequena engordadinha vá lá.
 
 
mas isso não é motivo pro cara espancar, por isso que este negócio de namoro virtual, mascar encontros pode ser uma roubada, quantos casos ai até acabam em tragédia.
 
 
a chinesinha ai é bonita de qualquer jeito, o cara deve se achar o máximo pra se sentir enganado e ficar furioso, gastou grana pq quis.)

chinesa louca , passa a faca no berimbau do marido 2 vezes.

Uma mulher na província de Henan, na China, foi presa acusada de decepar o pênis de seu marido depois de descobrir que ele estava tendo um caso.

A crueldade não parou por aí. Os médicos conseguiram implantar o órgão sexual, mas a esposa voltou e cortou novamente!

O marido e pai de cinco filhos, Fan Lung de 32 anos, tinha usado o telefone de sua esposa para enviar um e-mail cheio de palavras picantes para sua amante, Zhang Hung de 21 anos. Ambos, moradores da cidade de Shangqiu.

Fan tinha esquecido de fazer logout da sua conta, e quando sua mulher Feng foi usar o celular, encontrou as mensagens eróticas enviadas pelo marido. Em um acesso de raiva, Feng pegou uma tesoura e cortou o pênis de seu marido enquanto ele dormia no quarto, premeditando o crime.

Fan foi levado para um hospital, onde os médicos conseguiram reimplantar o órgão. Feng, no entanto, conseguiu entrar disfarçada no quarto de repouso do hospital e cortou novamente, só que desta vez jogou-o pela janela, de acordo com relatos do jornal Mirror.

A equipe saiu correndo para ver o que estava acontecendo e encontrou o paciente com sangue escorrendo pelas pernas e batendo na mulher“, disse uma recepcionista do hospital.

A polícia e os médicos vasculharam toda a área, mas não encontraram o pênis decepado. A equipe do hospital acredita que um cachorro farejou através do sangue e possa ter engolido ou levado para comer em outro local.

Fan está extremamente perturbado e seu psicológico foi severamente abalado.

( o hospital não tem segurança, já que a mulher conseguiu entrar, pareçe coisa de filme, alias nunva vi um assim, ta uma ideia para um filme de horror.

e o cara ainda usou o telefone da esposa ?  muito confiante o mané heim ? e 5 filhos, mas lá não é apenas um o permitido ? )

WALKING DEAD real, passageiro morde outro em metrô na CHINA

um aposentado de 70 anos começou a morder com enorme furia  um jovem  de 20 anos que  estava ao seu lado no metrô. As imagens são muito fortes. O incidente inacreditável aconteceu a bordo de um metrô na cidade de Guangzhou.

Parece que a razão para a agressão surgiu depois de uma briga no banco, apesar de haver muitos lugares livres. Passageiros presentes não moveram um dedo, quer dizer uma passageira moveu um, para tirar fotos com o aparelho de celular. Em todo caso, chamaram a polícia, que prendeu os dois na próxima parada. Após o interrogatório, ambos foram levados pra prisão.

(será que o WALKING DEAD é exibido lá na CHINA, se for o cara é louco a ponto de querer imitar o seriado.)

chinesa tarada se aproveita de bebum e créw ou tentou ?


Mulher encontra bêbado deitado em calçada e faz sexo com ele na China 


Chinesa iniciou ato sexual no meio da rua e foi fotografada por pedestres. 


Caso virou piada e homens deitaram na rua para se tornarem ‘alvos’. 


Do G1, em São Paulo 



Usuários da rede social chinesa Weibo (equivalente ao Twitter) ficaram chocados quando avistaram uma mulher fazendo sexo com um homem bêbado, que estava deitado no meio da rua em Chengdu, na China. 


Assim que avistou o homem, a chinesa tirou as calças do bêbado, o acordou e iniciou o ato sexual no meio da rua, sem se preocupar com os pedestres. ) 


De acordo com testemunhas que fotografaram o incidente, o chinês tentou resistir em alguns momentos, mas cedeu ao ato pouco depois. Ao final, a mulher saiu caminhando normalmente, e não há informações sobre as motivações do ato. 


O caso foi fotografado por transeuntes e muito compartilhado no site chinês. 


 O caso da “chinesa tarada” virou piada na rede social e, em resposta ao caso, alguns chineses tiraram fotos deitados em gramados pela cidade, dizendo que era uma tentativa de “ter a mesma sorte” que o bêbado.

( a mulher tava doida ?, drogada ?, fez sexo mesmo ? o trem subiu ? teve orgasmo ?, o cara tava consciente ? ou ficou só no esfrega ? na tentativa ?
????????  sinceramente não vejo vantagem, a não ser que os dois tivessem aproveitado

CHINA exibe condenados a morte ao vivo pela tv

Um “desfile” na televisão estatal chinesa de quatro homens estrangeiros sentenciados à morte pelo assassinato de 13 marinheiros no rio Mekong provocou indignação na China ontem.

Muitas pessoas consideram que foi uma exibição desnecessária de vingança.

O assassinato dos marinheiros chineses, em 2011, foi um dos ataques mais mortais a cidadãos chineses no exterior nos tempos modernos.

O suspeito principal, Naw Kham, extraditado para a China em maio pelas autoridades do Laos, foi considerado culpado pela morte dos marinheiros no ano passado na região do chamado “Triângulo de Ouro”, ponto de encontro das fronteiras do Laos, Mianmar e Tailândia e lugar conhecido pelo tráfico de drogas.

Naw Kham, de Mianmar, e outros três suspeitos foram executados por injeção letal na cidade chinesa de Kunming, mas antes disso foram mostrados ao vivo na televisão estatal, amarrados com cordas e acorrentados, enquanto a polícia os conduzia da prisão até o ônibus que os levaria ao local da execução.

A transmissão, da China Central Television, não mostrou a execução propriamente dita.

“A transmissão ao vivo por duas horas do processo desses criminosos que enfrentam a pena de morte constitui uma violação do artigo 252 da Lei de Processo Criminal da República Popular da China”, disse um destacado advogado de direitos humanos, Liu Xiaoyuan.

“O artigo determina que criminosos que enfrentam a pena de morte não podem ser exibidos ao público”, disse.

  AFP  
Imagem de transmissão de TV estatal mostra Naw Kham seguindo ao local de execução
Imagem de transmissão de TV estatal mostra Naw Kham seguindo ao local de execução

A televisão chinesa exibia cenas do tipo regularmente no passado, mas praticamente parou de fazê-lo há quase duas décadas.

O retorno à prática provocou manifestações de ultraje em muitas redes sociais.

“Amarraram (o preso) com cordas e o desfilaram diante de 1,3 bilhão de chineses. São esses os direitos humanos que o governo vive destacando?”, escreveu um usuário no microblog chinês Sina Weibo, semelhante ao Twitter.

A caçada a Naw Kham ganhou cobertura ampla na mídia chinesa. Alguns jornais festejaram a captura dele e a compararam ao assassinato de Osama bin Laden por forças americanas.

De acordo com o tabloide “The Global Times”, a China chegou a cogitar realizar seus primeiros ataques com drones (aviões não tripulados) para matar Naw Kham, mas as autoridades teriam decidido capturá-lo vivo e levá-lo a julgamento.

Um dos três executados era tailandês, um era laociano e o outro era apátrida, segundo a mídia chinesa.

Acredita-se que a China execute milhares de pessoas por ano –o número exato é segredo de Estado–, e a pena de morte conta com amplo apoio popular.

Mas a exposição pública dos condenados pelas mortes no Mekong levará a população chinesa a questionar o uso de execuções, opinou Nicholas Bequelin, pesquisador da organização Human Rights Watch, para quem “é uma iniciativa predadora, voyeurística e exploradora, algo que contraria a própria finalidade de se ter um sistema legal”. ( o governo certamente deve ter feito isso pra intimidar outros a não cometerem crimes, mas se vai fazer isso, deve exibir os ricos corruptos que cometem crimes tb.

aqui seria festa, afinal brasileiro adora sangue, mas vale lembrar que só pobres morreriam, e alguns sem culpa realmente comprovada.)

não vai sair ? então passamos em volta.

Casal de idosos se recusou a assinar um acordo para permitir a demolição da residência. (Foto: China Daily/Reuters)

 Um pequeno prédio ficou no meio de uma estrada recém-construída em Wenling, na província de Zhejiang, na China, depois que um casal de idosos se recusou a assinar um acordo para permitir a demolição da residência. O casal afirmou que a compensação oferecida era insuficiente para cobrir os custos da construção de uma nova casa.

Pequeno prédio ficou no meio de uma estrada recém-construída em Wenling. (Foto: China Daily/Reuters)

( se fosse aqui, derrubavam, o prédio com o casal dentro.)