mulheres israelenses ficam nuas em apoio a blogueira egípcia

Cerca de 40 mulheres israelenses decidiram tirar a roupa para mostrar solidariedade a uma egípcia de 20 anos que causou furor no mundo árabe na semana passada ao postar uma foto de si mesma nua em seu blog. A publicação da imagem seria um protesto contra a falta de liberdade de expressão em seu país.

Israelenses ficam nuas para demonstrar apoio a blogueira egípcia

De acordo com o site israelense “Ynet News”, para apoiar a blogueira, Aliaa Magda Elmahdy, –que estaria recebendo ameaças devido à publicação da imagem– as israelenses posaram nuas em uma foto em grupo. No entanto, elas optaram por não aparecer nuas, e sim atrás de uma faixa.

A organizadora do protesto, Or Tepler, 28, abriu uma página no Facebook convidando mulheres a “demonstrarem seu apoio, de uma forma legítima e não-violenta, a uma mulher como todas as outras – jovem, ambiciosa, cheia de sonhos e, evidentemente, com um senso de humor apurado”.

Garotas, vamos dar ao mundo uma boa razão para verem a beleza única das mulheres israelenses”, escreveu Tepler. “Sem importar se elas são judias, árabes, heterossexuais ou lésbicas, porque aqui, como vocês sabem isso não importa. Vamos mostrar que nosso discurso internacional não depende de governos”.

As participantes foram fotografadas segurando uma faixa onde se lê “Amor sem limites” e “Homenagem a Aliaa Elmahdi. Irmãs em Israel.”( é isso ai, e tem mulher bonita, mas os homens não lhes dão o devido valor, por causa de fanatismo religioso, não se conscientizam de que todos vieram de uma mulher .)

estudante egípcia protesta nua por liberdade no EGITO, e direito das mulheres

A estudante universitária de 20 anos Aliaa Magda Elmahdy  postou fotos de si mesma nua em seu blog para protestar contra restrições à liberdade de expressão e provocou indignação no Egito, sendo condenada tanto por conservadores como por liberais.

 

Alguns liberais temiam que a atitude poderia prejudicá-los aos olhos dos muito conservadores antes das eleições parlamentares de 28 de novembro em que eles estão concorrendo com partidos fundamentalistas islâmicos. A nudez é extremamente rejeitada pela sociedade egípcia, mesmo como uma forma de arte.

Elmahdy escreveu em seu blog que as fotos – que mostram a ativista de pé usando apenas meias – são “gritos contra uma sociedade de violência, racismo, sexismo, assédio sexual e hipocrisia”. O blog já teve 1,5 milhão de acessos desde que ela colocou as fotos no início da semana ( no link em roxo, você , vai no blog dela e vê as fotos, olha se as mulheres egípcias , não se organizarem, ficarão de fora em seus direitos no novo governo, mesmo sendo democrático.

todos e todas , lutaram a sua maneira pra por fim a ditadura naquele pais, mas as mulheres tem outra luta ainda senão , nada vai mudar para elas.