modelo protesta contra DILMA na avenida e é expulsa

<p>Ju Isen causou uma verdadeira confusão no Sambódromo do Anhembi, São Paulo, durante o desfile da Unidos do Peruche, neste sábado (6). A modelo desfilou como Madrinha das Passistas, mas acabou sendo expulsa do local por ter tirado a roupa.</p><p>Famosa por ter ficado nua durante protestos contra o governo federal, a loira decidiu causar polêmica também na Passarela do Samba, após ter sido impedida de exibir o corpo com um tapa-sexo com uma caricatura da presidente Dilma Rousseff.</p><p>Enquanto a comunidade evoluia no Sambódromo, a moça decidiu tirar toda a fantasia, deixando os organizadores bastante insatisfeitos. Paulo Sérgio Ferreira, presidente da Liga Independente das Escolas de Samba fez questão de retirá-la do local.</p><p>Na confusão, Ju afirmou que saiu machucada e que pretende processar a escola da Zona Norte. O presidente da Peruche adiantou que vai verificar o que aconteceu, mas que reprova sua atitude. "O que ela fez não foi legal. Tem um monte de criança, um monte de gente. Isso só acaba denegrindo a imagem do Carnava", disse ao "G1".</p><p>E garantiu que também pretende tomar medidas contra a Isen: "Tenho quase certeza que faremos isso. Não pode fazer esse tipo de situação que ela fez. Não combina com o Carnaval". </p>

Ju Isen causou uma verdadeira confusão no Sambódromo do Anhembi, São Paulo, durante o desfile da Unidos do Peruche, neste sábado (6). A modelo desfilou como Madrinha das Passistas, mas acabou sendo expulsa do local por ter tirado a roupa.

Famosa por ter ficado nua durante protestos contra o governo federal, a loira decidiu causar polêmica também na Passarela do Samba, após ter sido impedida de exibir o corpo com um tapa-sexo com uma caricatura da presidente Dilma Rousseff.

Enquanto a comunidade evoluia no Sambódromo, a moça decidiu tirar toda a fantasia, deixando os organizadores bastante insatisfeitos. Paulo Sérgio Ferreira, presidente da Liga Independente das Escolas de Samba fez questão de retirá-la do local.

Na confusão, Ju afirmou que saiu machucada e que pretende processar a escola da Zona Norte. O presidente da Peruche adiantou que vai verificar o que aconteceu, mas que reprova sua atitude. “O que ela fez não foi legal. Tem um monte de criança, um monte de gente. Isso só acaba denegrindo a imagem do Carnava”, disse ao “G1”.

E garantiu que também pretende tomar medidas contra a Isen: “Tenho quase certeza que faremos isso. Não pode fazer esse tipo de situação que ela fez. Não combina com o Carnaval”.

( primeiramente um tapa sexo seria dificil todos notarem que contra DILMA, mas como ela já havia anunciado que entraria , e pelo jeito o carnaval foi tomdo pelos petistas, pois não se pode protestar.

nudez ? oras todos ficam nus, bebedeira, estão usando camisinha, beijo na boca tb pode transmitir o ZIKA e ai , todo mundo ta ligado ?

será que não teremos nenhuma grávida do carnaval mês que vem ? heim ? a modelo não pode protestar, ah mas é festa, carnaval, oras o povo samba o ano todo todo por este governo de bosta que ta ai, ah a escola pode perder pontos, se for perder então é gente que não sabe julgar o carnaval, que alias todo ano é polêmico, escolas que se dizem roubadas, jurados corruptos etc

a modelo quis se promover, se aparecer, e os idiotas deram motivo, não souberam agir na surdina, expulsam a pontapés e agressões, querem o quê ?

Link permanente da imagem incorporada

ANDRESSA URACH é expulsa do treino de PORTUGAL, provável motivo, chilique de português CR

Andressa Urach foi expulsa do treino de Portugal no Moisés Lucarelli, em Campinas, na manhã desta quarta-feira. Vice-campeã do Miss Bumbum, a repórter da RedeTV ganhou fama ao divulgar que teria tido um caso com Cristiano Ronaldo. 

“A segurança foi mal educada e me retirou à força. Foi o Cristiano Ronaldo que mandou que me pusessem fora do estádio. Pelo visto eu incomodo o trabalho dele”, acusou a modelo, em entrevista para o jornal português O Jogo.

A presença de jornalistas durante as atividades foi intensa ao redor do gramado e Andressa foi a única expulsa, mesmo estando com a credencial da Federação Paulista de Futebol (FPF), que permite acesso a todos eventos da seleção, com exceção dos treinos nos dias que antecedem aos jogos e aos próprios jogos.
 
“Vim dar boa sorte ao CR7 e fui expulsa do campo, tomaram minha credencial de imprensa, como se eu tivesse culpa de tudo! Vim fazer a matéria para o #muitoshow #redetv porque meu “Diretor” mandou!!!! Rsrs só rindo mesmo cade a liberdade de expressão!”, disse a modelo em sua página no Instagram.
 
Procurada pela reportagem, a assessoria de imprensa da seleção portuguesa disse que não comentaria o caso.

Semana passada, Urach esteve presente na frente do hotel que hospeda a seleção utilizando apenas a pintura da camisa portuguesa sobre o corpo. 

Apesar da confusão, a Ponte Preta não perdeu a oportunidade de divulgar ao máximo sua imagem durante o segundo treino aberto realizado pela seleção de Portugal no seu estádio.

 

( por acaso o PORTUGA manda no estádio ? ele tem todo este poder pra mandar expulsar ? de chilique a portuguesa e mandou ela ser retirada ou ele iria embora ? homem quandp é bem resolvido não precisa disso, isso s enão foi coisa d eoutra emissora, já que só por ela ser da rede tv , sabem como é né ?

mas fica ai, se foi ele, que perca logo, embarque na caravela de volta pra PORTUGAL  TÁ ? )