game inspirado nas peladonas de PORTO ALEGRE, e apareceu mais uma heheheh

gaúcho cria jogo inspirado nas peladonas de PORTO ALEGRE. 

Inspirado nas peladas de Porto Alegre, gaúcho desenvolve jogo para celular
“Corrida Pelada! POA” pode ser baixado gratuitamente no Google Play

Aproveitando a onda de corredoras peladas na capital gaúcha, o gaúcho Cristiano Bartel desenvolveu o jogo Corrida Pelada! POA para Android. 

O game é protagonizado por uma mulher loira nua que foge de um policial. Por que ela está correndo pelada? 
Assim como na vida real, não se sabe.

Há obstáculos no caminho para atrapalhar a corredora, como mesas, carros, buracos, cascas de banana, entre outros. 

Cada vez que a mulher pula um desses empecilhos, ganha um ponto. 
Quanto mais pontos o jogador acumula, mais acelerado fica o jogo. 
São duas fases disponíveis no game: parque e cidade, que não lembram Porto Alegre, mas o que vale aqui é a brincadeira.

Caso o jogador obtenha 45 pontos, irá avançar para a segunda etapa, que acontece na Terceira Perimetral, outro ponto onde surgiu uma “peladona”. 

A ideia de Bartel é continuar atualizando o jogo, assim que surgirem novos casos de pessoas nuas correndo pelas ruas da capital gaúcha. 
 
– O jogo foi feito em 24 horas por uma pessoa só, então peguem leve com a avaliação – justifica o desenvolvedor da Auren Games na descrição do jogo no Google Play.

Corrida Pelada! POA foi disponibilizado nesta segunda-feira para download gratuito no Google Play. O joga roda em celulares Android 2.3 ou superiores. 

( deveriam fazer um bem realista, os gráficos igual aos jogos de hj, onde rolaria até sexo, a peladona se encontra com um peladão e os dois fazem um vuco vuco no meio de um matagal, ou uma construção abandonada ai simmmmmmmmmm.) 

 

 

Pela terceira vez em 11 dias, uma mulher foi flagrada pelada pelas ruas de Porto Alegre. 

Depois do Parcão e da Terceira Perimetral, o fato ocorreu perto do Palácio Piratini, no Centro Histórico.

Segundo a agência Futura Press, o fotógrafo Fernando Teixeira registrou a imagem por volta das 15h deste domingo.

Nua, apenas com boné para se proteger do sol e tênis.

 

( isso foi antes de uma tal corrida pelada, que havia sido marcada pela internet, eh deilicia, pena que no meu bairro não tem disso não.)

policia encerrou o caso PESSEGHINI, game é apontado como o principal combustível pra tragédia

a policia já encerrou o caso PESSEGHINI, onde concluiu que o garoto realmente é o culpado pelas mortes, ele teria planejado a morte da família, segundo depoimentos ele e outros garotos teriam montado um grupo da morte, baseado no jogo ASSASSINS  CREED, eles ganhariam pontos por matar seus familiares.

pois é, acreditem, isso foi dito ontem pela imprensa , mas afinal que jogo é este ? leiam sobre ele no link ai.

http://pt.wikipedia.org/wiki/Assassin’s_Creed

O estudante Marcelo Pesseghini, de 13 anos, suspeito de matar os pais, a avó, a tia-avó e depois se suicidar, teria mudado de comportamento antes dos crimes, de acordo com os depoimentos ouvidos no inquérito. Duas semanas antes das mortes, no dia 5, na residência da família na Brasilândia, zona norte de São Paulo Marcelo teria começado a apontar a arma do pai para parentes e tentado ir à escola vestindo uma touca.

Ele teria acesso à arma do pai, o sargento das Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar (Rota), Luís Marcelo Pesseghini, de 40 anos, que era casado com a cabo Andréia Regina Pesseghini, de 36 anos. Cinco crianças que estudavam com o garoto no Colégio Stella Rodrigues já foram à polícia. Segundo pessoas que acompanharam as investigações, Marcelo havia avisado da intenção de matar os pais. 

Logo nos primeiros depoimentos, o garoto foi retratado como um filho exemplar e bom aluno. Mas, de acordo com policiais, os professores e pais de alunos não tinham conhecimento dos comentários que fazia no colégio. Segundo a investigação, os próprios pais de Marcelo poderiam não ter prestado atenção à mudança de comportamento do filho.

Nesta quinta-feira, não foram prestados novos depoimentos. Para esta sexta-feira, 16, a previsão do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) é ouvir pelos menos mais duas pessoas: outro estudante da escola de Marcelo e o perueiro que levava o garoto esporadicamente para casa. 

Na data do crime, ele voltou da escola de carona com o pai de um colega. A polícia pretende ouvir na terça-feira, 20, a médica que acompanhava o tratamento de Marcelo para fibrose cística, uma doença degenerativa que o garoto havia conseguido controlar. Ela teria atendido o garoto desde quando ele tinha 1 ano. ( já que a turma contrária não vai fazer passeatas, nem haverá intervenção federal no caso, tudo será jogado nas costas do morto, só faltam os laudos finais, mas pra policia o caso está solucionado.)

IRÃ fará game em resposta a EUA.

Poucas semanas após o lançamento de Battlefield 3, no final de outubro, autoridades iranianas proibiram o jogo em todo o país, ainda que ele nunca tenha sido lançado oficialmente por lá. O motivo teria sido a representação de soldados americanos atacando terroristas nas ruas da capital iraniana, Teerã. 

Foto: Divulgação

Fase em Teerã de Battlefield 3 

Agora, em resposta ao jogo da EA, um grupo de desenvolvimento de games local, National Foundation of Computer Games, anunciou o desenvolvimento de Attack on Tel Aviv, como forma assumida de provocação.

“Nós enviamos inúmeras cartas de protesto aos desenvolvedores do jogo mas nunca recebemos uma resposta”, disse Behruz Minaii, chefe do NFCG. Durante o evento Dubai World Game Summit, membros do NFCG mostraram sua insatisfação com Battlefield 3 a desenvolvedores, que disseram que “se tratava apenas de um jogo e que deveríamos pegar leve, mas com o jogo se passando em Teerã, isso simplesmente não é aceitável”.

“Os Estados Unidos são governados pelo Regime Sionista, então Attack on Tel Aviv deixará os americanos mais enfurecidos que um jogo sobre um ataque em Washington”, disse Minaii. (agora o mundo dos games, tb virou cenário pra provocações politicas, foi-se o temo em que game era apenas diversão, virou edisputa politica e provocações entre países, tal jogo causa revolta em outros e por ai vai.)