calor faz ladrão roubar ventilador

O calor está tão forte, que em vez de joias, dinheiro ou eletroeletrônicos, um ventilador foi o único alvo de um ladrão no bairro do Éden, segunda-feira à tarde. Isso porque, depois de invadir uma casa que estava sem seus moradores, o acusado se preocupou em pegar apenas o aparelho. O rapaz, identificado como sendo Diego Richard dos Santos, 23, acabou preso, tendo agora que suportar a alta temperatura em companhia de outros presos no Centro de Detenção Provisória (CDP), no bairro Aparecidinha.

A ocorrência teve início por volta das 11h quando, mediante uma denúncia anônima passada por um popular aos soldados Alexandre e Nascimento, do policiamento ciclístico, Diego, que também reside no Éden e seria conhecido por furtos realizados no bairro, teria invadido, pelo telhado, uma casa da rua José Mustafá. Com a chegada dos soldados, que tiveram o apoio do sargento Celestrin e cabo Braga, todos da 4ª Companhia, Diego foi flagrado no corredor interno, já de posse do ventilador, tentando pular o muro.

De acordo com os policiais militares, Diego teria dito que sua intenção seria trocar o aparelho por pedras de crack. Ele foi levado ao Plantão Norte, sendo autuado em flagrante pelo delegado Wagner Pimentel Valcazara, e levado ao CDP.

( ele trocaria mesmo, ou usaria o aprelho devido ao calor ? se bem que o vicio do crack é mais forte, nem sentiria calor de tão noiado que ia ficar.) 

FIFA retira da net cartilha que falava mal do BRASIL, falava a verdade oras

  • Fan Fests devem resultar em ainda mais gastos aos cofres públicos

     

  • Após algumas críticas relacionadas aos atrasos das obras e organização da Copa do Mundo, foi a vez do povo brasileiro ser atacado pela Fifa. Através de uma cartilha publicada na Fifa Weekly, revista semanal da entidade, os turistas que virão para o país durante a competição foram alertados sobre algumas preocupações que deverão ter enquanto permanecerem no Brasil.
Em formas de conselho, a revista, intitulada “Brasil para principiantes”, traz uma série de precauções quanto a estadia dos turistas no país. Contato físico, paciência e fila foram alguns dos tópicos abordaods pela publicação.Até às 23 horas desta sexta-feira (21), ainda era possível encontrar a revista no ar. Após reclamações, a entidade resolveu remover a edição do ar.

Confira os dez ítens da cartilha

1. Sim nem sempre significa sim
Os brasileiros são otimistas e nunca começam uma frase com a palavra “não”. Para eles, “sim” significa na realidade ‘talvez”. Quando disserem “Sim, eu te ligo”, é melhor que não espere que o telefone toque nos próximos cinco minutos.

2. Horário flexível
A pontualidade é um conceito muito flexível no Brasil. Quando marcar com alguém, ninguém espera que estará no lugar combinado na hora exata. O normal é contar com uns 15 minutos de atraso.

3. Contato físico
Os brasileiros e as brasileiras não estão familiarizados com o costume da Europa de manter distância como norma de cortesia e conduta. Eles falam com as mãos e não evitam de tocar o interlocutor. Isso pode facilmente se transformar em um beijo se a conversa estiver ocorrendo em uma discoteca, por exemplo.

4. Fazer fila
A paciência na hora de esperar não é uma das principais virtudes dos brasileiros. Por exemplo, não existe uma “fila mecânica” como na Inglaterra. Os brasileiros preferem ser inteligentes, sempre se arranjando para chegar na frente.

5. Moderação
Quem se animar a ir a uma churrascaria, deverá praticar jejum de 12 horas e maneirar na hora de comer, já que as melhores carnes chegam na parte final.

6. A lei do mais forte
A regra que dá direito à preferência dos carros no trânsito é simples: o veículo maior passa na frente.

7. Proibido fazer topless
A imagem das mulheres com pouca roupa, tão típica no carnaval, pode ser enganosa e é diferente da realidade. É certo que os biquínis brasileiros têm menos pano que os europeus, mas as brasileiras nunca os tiram na praia, onde fazer topless é proibido e pode resultar em prisão.

8. A língua espanhola não vale
Os turistas que tentarem se comunicar em espanhol terão a sensação de estar falando com as paredes. A língua nacional do país é o “brasileiro”, uma variável do português. Quem falar que Buenos Aires é a capital do Brasil, pode estar seguro de que será deportado imediatamente.

9. Experimentar o ‘açaí’
As bacias da Amazônia fazem maravilhas: previnem as rugas e têm o mesmo efeito de uma bebida energética. Algumas mordidas podem recuperar o jogador de futebol mais cansado.

10. Paciência
No Brasil é muito comum fazer as coisas no último minuto. A recomendação aos turistas é que tenham muita paciência. No final, tudo estará pronto a tempo. Isso pode ser aplicado aos estádios. A filosofia dos brasileiros na vida pode ser resumida com a seguinte frase: “relaxa e aproveita.”

( primeiramente se o turista vem atras de mulher, drogas em geral, não é principiante e já conhece  como funciona tudo aqui não conhece gente ? quantos de primeira viagem realmente virão aqui ?, e quantos veteranos virão ?  por acaso a FIFA sabe , pra bolar esta cartilha ?
e a cartilha falou alguma mentira ? aqui é assim mesmo, la fora tb, vc que é brasileiro, que já foi lá fora nunca sentiu malandragem gringa  pra cima de vc ? ou vc acha que malandragem é exclusividade nossa ?
mas tiveram de retirar do ar, devido ao  mi,mi,mi  dos politicamente curretos , da pressão do coitadismo, que insistem  impor aqui  , temos malandragem si, gente que quer fazer de tudo pra lucrar algum com a copa, só os verdadeiramente honestos que que não vão ganhar nada.)

ladrão folgado, ainda ensina como escapar da delegacia

Um homem foi detido, na noite desta terça-feira (16), suspeito de cometer furtos. Mas logo depois, ele conseguiu fugir da delegacia. O caso aconteceu na cidade de Serra, na região metropolitana de Vitória (ES). 
Durante a fuga, ele entrou em uma igreja e acabou preso. Pela segunda vez, ele foi levado ao mesmo Distrito Policial. Na delegacia, o homem foi irônico ao comentar que conseguiu se livrar das algemas.
— Tirei. Depois eu dou um curso para quem quiser aprender.