LUIZA GOMES, a bêbada louca do canudo, e fumar grana, será indiciada

 

Delegado vai autuar jovem que ‘fumou nota de R$ 50’ por três crimes

 

Nesta segunda-feira (20) as imagens dos transtornos provocados pela estudante de Direito na Terceira Ponte foram divulgadas pela Polícia Civil

20/08/2012 – 14h00 – Atualizado em 20/08/2012 – 14h00
gazeta online

O delegado Fabiano Contarato, titular Delegacia de Delitos de Trânsito, afirmou que o incidente envolvendo a estudante de direito Luiza Gomes foi uma sucessão de erros absurdos. Na última sexta-feira (17), a universitária de 19 anos foi o assunto mais comentado entre os capixabas depois que dirigiu embriagada, fumou uma nota de R$ 50 reais, tentou ligar o carro com um canudinho plástico e ainda questionou a eficácia da Lei Seca.
foto: TV Gazeta

Luiza Gomes, estudante de Direto, pode ser punida por dirigir embriagada e sem carteira de habilitação, segundo o delegado Fabiano Contarato

Para Contarato, o primeiro erro foi do proprietário do veículo, que permitiu que uma pessoa desabilitada assumisse a direção. “O carro está registrado no nome da mãe e por isso, legalmente, ela pode ser indiciada no Artigo 310 do Código de Trânsito”, afirmou o delegado.

Já a universitária pode ser punida por dirigir embriagada e sem habilitação, desacato a autoridade, dentre outras irregularidades. “O que ela fez é inacreditável. Estava visivelmente alterada, colocou em risco a vida de várias pessoas, e também a dela, e ainda humilhou às leis de trânsito vigente no Brasil, em especial a Lei Seca”, comentou.

Nesta segunda-feira (20) as imagens dos transtornos provocados por Luiza, na Terceira Ponte, foram divulgadas pela polícia. Nas gravações, a jovem para o carro na pista, desce e entra no veículo várias vezes, fuma tranquilamente e ainda provoca outros motoristas. Destroços e até um dos pneus do carro, um Honda Fit, ficaram espalhados e quase causaram outros acidentes.

Medida cautelar

O Delegado Fabiano Contarato afirmou que pretende entrar com uma medida cautelar no Detran do Espírito Santo, para evitar que Luiza Gomes dê entrada no processo para tirar uma habilitação. “Apesar de tudo que fez ela tem direito de tirar a carteira. Essa jovem é um perigo eminente a quem trafega e por isso vou adotar essa medida para evitar que ela continue circulando.

Segundo o titular da Delegacia de Trânsito, os policiais que foram ao local onde ocorreu o incidente também serão questionados.

“Aqueles militares tinham respaldo para autuá-la, mesmo não existindo o flagrante. O fato dela não estar dirigindo no momento não é um argumento válido para não puni-la. O pneu e a lataria do carro danificados comprovam que ela já havia causado danos por onde trafegou”.

A Corregedoria da Polícia Militar será acionada para analisar o trabalho dos policiais envolvidos, reforçou Contato.(com certeza , ela via achar brecha pra tentar dirigir legalmente ou apelar pra uma carteira falsificada, esta ai é capaz de tudo, já demostrou isso.)

ela podia ser amiga desta outra louca aqui, já pensaram as duas juntas depois de uma festa ? seria o ARMAGEDOM.

bêbada, fuma nota, ligar carro com canudo, estudante de direito, e ainda queria viajar, é o apocalipse dos bebuns

Aluna de Direito bêbada tenta fumar nota de R$50 e ligar carro com canudo.
Multada, estudante do ES tenta fumar dinheiro e ligar carro com canudinho de plástico.
Jovem foi abordada por policiais, em Vitória, nesta sexta-feira (17).
Segundo a polícia, estudante não possui carteira de motorista.

Uma estudante de direito foi multada na manhã desta sexta-feira (17) após ser flagrada pela polícia sem carteira de habilitação e visivelmente embriagada. Durante a abordagem, ainda sob efeito de álcool, a estudante tentou fumar uma nota de R$ 50, confundindo com um cigarro, e tentou ligar o carro usando um canudo, acreditando usar a chave do veículo. “É lógico que eu bebi, bebi um pouco 

como qualquer pessoa da festa bebeu”, disse.Como argumento para se livrar da situação, Luiza Gomes, de 19 anos, disse ser conhecedora das leis e que sempre encontra brechas para casos como o dela. Um morador do bairro Enseada do Suá, local onde a universitária estacionou o carro, percebeu a situação e acionou a polícia.

A garota ainda tentou se livrar da abordagem. “Essa questão de beber e dirigir, qual a eficácia da lei? Não existe eficácia. A partir do 

momento que a gente vê que tem alguma brecha, a gente se aproveita daquilo. Nós, estudantes de direito, tentamos nos aproveitar disso”, disse.

Segundo a polícia, o carro da universitária já havia sido parado na Terceira Ponte por técnicos da concessionária, por estar com os pneus destruídos e impróprios para trafegar. O veículo teria sido guinchado e deixado em Vitória, no bairro Enseada do Suá.

Enquanto os policiais registravam a ocorrência, a moça insistia pela chave do carro, dizendo que precisava viajar ainda nesta sexta para o município de Nova Venécia, no Noroeste do Espírito Santo.

“Ela não está em condições de dirigir, por isso vamos tentar encontrar o endereço dela para levá-la em casa. As pessoas têm que saber como se divertir, hoje em dia elas saem e terminam nesse estado”, explicou tenente Salles, da Polícia Militar. 

O carro que a estudante dirigia está no nome da mãe e foi removido do local. Ela foi multada por ter deixado o carro em local inadequado( que beleza de advogada que ela vai dar, ela com certeza vai ter clientes que cometeram barbaridades e ela na sua esperteza vai encontrar brechas pra tentar livrá-los, advogada ideal para bandidos  e loucos em geral. 

ela disse que bebeu o que todos bem em festas, por isso que estas festas, casas noturnas, etc, deveriam ser tudo fora da cidade, ai ela bebe, capota o carro na estrada mesmo sem encher o saco e ninguém e se vire por lá, caso não tenha morrido, e se morreu, o corpo  a família que  vá buscar sem encher o saco do estado.)