suposta carta do assassino de CAMPINAS, vira palco de guerra contra o feminismo.

Homem que matou a ex-mulher, o filho e mais dez pessoas enviou texto a amigos dizendo: "vou levar o máximo de pessoas daquela família comigo"© Foto: Denny Cesare/Estadão Homem que matou a ex-mulher, o filho e mais dez pessoas enviou texto a amigos dizendo: “vou levar o máximo de pessoas daquela família comigo”

CAMPINAS – O técnico de laboratório Sidnei Ramis de Araújo, de 46 anos, que matou a ex-mulher, o filho e mais 10 pessoas a tiros durante o réveillon em Campinas, na noite deste sábado, 31, escreveu cartas revelando seus planos de matar a família. Os textos, um direcionado ao filho e o outro, a uma namorada, haviam sido enviados para amigos antes do crime e foram obtidos pelo Estado.

Veja a seguir alguns trechos. Foram excluídas citações que ele faz de outras pessoas e acusações sem comprovação. Foram deixadas apenas as partes em que ele relata seu plano de matar a família e comentários políticos. Também foi mantida a sua própria grafia.

“Não tenho medo de morrer ou ficar preso, na verdade já estou preso na angustia da injustiça, além do que eu preso, vou ter 3 alimentações completas, banho de sol, salário, não precisarei acordar cedo pra ir trabalhar, vou ter representantes dos direito humanos puxando meu saco, tbm  não vou perder 5 meses do meu salário em impostos.

Morto tbm já estou, pq não posso ficar contigo, ver vc crescer, desfrutar a vida contigo por causa de um sistema feminista e umas loucas. Filho tenha certeza que não será só nos dois quem vamos nos foder, vou levar o máximo de pessoas  daquela família comigo, pra isso não acontecer mais com outro trabalhador honesto. Agora vão me chamar de louco, más quem é louco? Eu quem quero justiça ou ela que queria o filho só pra ela? Que ela fizesse inseminação artificial ou fosse trepar com um bandido que não gosta de filho.

No Brasil, crianças adquirem microcefalia e morrem por corrupção, homens babacas morrem e matam por futebol, policiais e bombeiros morrem dignamente pela profissão, jovens do bem (dois sexos) morrem por celulares, tênis, selfies e por ídolos, jornalistas morrem pelo amor à profissão, muitas pessoas pobres morrem no chão de hospitais para manter políticos na riqueza e poder! Eu morro por justiça, dignidade, honra e pelo meu direito de ser pai! Na verdade somos todos loucos, depende da necessidade dela aflorar!

A vadia foi ardilosa e inspirou outras vadias a fazer o mesmo com os filhos, agora os pais quem irão se inspirar e acabar com as famílias das vadias. As mulheres sim tem medo de morrer com pouca idade.

Aproveitando, peço aos amigos que sabem da minha descrença, que não rezem e por mim, se fazerem orações façam por meu filho ele sim irá precisar! Quero ser enterrado com a cabeça para baixo se garante que assim posso ir pro inferno buscar a velha vadia (que era até ministra de comunhão na igreja) que morreu antes da hora. Demorei pra matar ela pq me apaixonei por um anjo lindo! 

(…)

Ela não merece ser chamada de mãe, más infelizmente muitas vadias fazem de tudo que é errado para distanciar os filhos dos pais e elas conseguem, pois as leis deste paizeco são para os bandidos e bandidas. A justiça brasileira é igual ao lewandowski, (um marginal que limpou a bunda com a constituição no dia que tirou outra vadia do poder) um lixo!

Se os presidentes do país são bandidos, quem será por nós?

Filho, não sou machista e não tenho raiva das mulheres (essas de boa índole, eu amo de coração, tanto é que me apaixonei por uma mulher maravilhosa, a Kátia) tenho raiva das vadias que se proliferam e muito a cada dia se beneficiando da lei vadia da penha!  Não posso dizer que todas as mulheres são vadias! Más todas as mulheres sabem do que as vadias são capazes de fazer!

Filho te amo muito e agora vou vingar o mal que ela nos fez! Principalmente a vc! Sei o qto ela te fez chorar em não deixar vc ficar comigo qdo eu ia te visitar. Saiba que sempre te amarei! Toda mulher tem medo de morrer nova, ela irá por minhas mãos!”

“(…) eu ia matar as vadias (eu já tinha a arma e raspei a numeração pra não prejudicar quem me vendeu, ela precisava de dinheiro). Família de policial morto não recebe tantos benefícios com a família de presos. Cadê os ordinários dos direitos humanos? Estão sendo presos por ajudar bandidos né? Paizeco de bosta.

Sei que me achava um frouxo em não dar uns tapas na cara dela, más eu não podia te dizer as minhas pretensões em acabar com ela! Tinha que ser no momento certo. Quero pegar o máximo de vadias da família juntas.

A injustiça campineira me condenou por algo que não fiz! Espero que eles sejam punidos de alguma forma.

Chega!! Ela tem que pagar pelo que fez.”

( tem tb o fato da ex mulher ter acusado o homem em 2012 de ter abusado sexualmente e que o filho tinha odio do pai, que o mataria quando crescesse     http://www.msn.com/pt-br/noticias/brasil/menino-morto-em-chacina-disse-que-mataria-o-pai-quando-crescesse/ar-BBxO1Qd?li=AAggXC1    agora o caso ta sendo usado como guerra entre machões e feministas, isso se esta carta é verdadeira, cada dia surge fato novo.

a mídia adora explorar isso a conta gotas, pta distrair o povo dos reais problemas nacionais)

 

bela ainda que vá, mas recatada e do lar, é a PQP

como eu disse no post da internet limitada que querem nos impor, o BRASIL não quer ir pra frente, defendem que MARCELA TEMER , é o ex de mulher brasileira, bela recatada e do lar.

ou seja, a mulher que fica em casam não da palpite em nada que não seja de sua casa, e deixa o mundo la fora nas mãos dos homens, seria a volta do antigamente, antes da emancipação feminina, de queimar os sutiãs aquela coisa, nada de ler SIMONE DE BEAUVOIR ou LEILA DINIZ, segundo a revista VEJA, o povo defende mulher recatada.

MARCELA TEMER seria a modelo ideal, não se mete em politica, fica apenas em casa, nem entrevista deve dar, oras sendo assim a mulher do BOLSONARO seria perfeita , ninguém sabe quem é , eu nunca a vi.

pois é mulherada , a luta de vcs continua e sempre, com mais essa agora.

BRUNA LIZMEYER X machistas e cia

Bruna Linzmeyer é a Belisa de"A Regra do Jogo", novela da Globo

Bruna Linzmeyer é a Belisa de”A Regra do Jogo”, novela da Globo

 

A página oficial da atriz Bruna Linzmeyer, a Belisa de “A Regra do Jogo”, está sendo alvo de comentários agressivos por conta de sua posição a favor do aborto. Na maioria deles, ela é chamada de “assassina” e “abortista (sic) hipócrita”.

Recentemente, ela e outros atores da Globo, como Julia Lemmertz e Nanda Costa, participaram de um vídeo a respeito do tema. Em , o papel da mulher na sociedade é colocado em xeque junto com a possibilidade de ser mãe e as mudanças que a maternidade traz.

Assim como milhares de mulheres protestaram nas últimas semanas contra o projeto de lei 5.069/2013, de autoria de Eduardo Cunha, presidente da Câmara dos Deputados, que restringe o atendimento médico a mulheres vítimas de estupro e dificulta o aborto legal, a atriz também postou foto de cartazes com os dizeres “Meu útero é laico” e “Podemos substituir o Cunha por uma pílula do dia seguinte”.

 

 

( o corpo é laico, o útero tb, mas querem pq querem mandar na mulher até o fim da vida dela, não pode abortar nem se for estuprada, até isso querem tirar dela, afinal precisam de pobres para serem escravos das futuras elites né ? por iso não pode vasectomia e laqueadura sem limite de idade, querem dificultar o acesso a  pilula do dia seguinte.

 

enfim a mulher corre risco de perder todos seus direitos que são poucos e se submeter ao machismo imposto pelo sistema, e pior apoiado até por outras mulheres alienadas tb)

aplicativo LULU X machões

Aplicativo Lulu permite que mulheres avaliem de forma anônima seus amigos do Facebook e desconhecidos

Aplicativo Lulu permite que mulheres avaliem de forma anônima seus amigos do Facebook e desconhecidos.

O MPDFT (Ministério Público do Distrito Federal e Territórios) informou nesta segunda-feira (2) que instaurou um inquérito civil público contra o Facebook e a Luluvise Incorporation (empresa desenvolvedora do aplicativo Lulu). De acordo com o ministério, as companhias são suspeitas de “ofender direitos da personalidade de milhões de usuários do sexo masculino”. As companhias têm cinco dias para prestarem esclarecimentos ao órgão.

O Lulu é um aplicativo no qual apenas as mulheres podem avaliar características dos homens de forma anônima. Ao contrário de outras redes sociais, os perfis não são criados pelos próprios usuários. Essas informações são “puxadas” do Facebook, sem que eles tenham conhecimento, e ficam disponíveis para a avaliação das mulheres. 

“Essa situação evidencia ofensa a direitos existenciais de consumidores, particularmente à honra e à privacidade, ensejando medidas administrativas e, eventualmente, condenação por dano moral coletivo”, diz o comunicado de abertura de inquérito.

A assessoria de comunicação do Lulu no Brasil disse ainda não ter informações sobre a notificação. A assessoria de comunicação do Facebook informou que a empresa não comentará o caso.

Em entrevista recente ao UOL Tecnologia, Deborah Singer, diretora de marketing do Lulu, se recusou acomentar um processo aberto no Brasil por um usuário insatisfeito. Ela enfatizou que o programa funciona de acordo com as leis dos Estados Unidos e do Brasil.

O Lulu foi criado em fevereiro deste ano, nos Estados Unidos. A ideia surgiu em um encontro de Alexandra com as amigas, depois do dia dos namorados (comemorado em 14 de fevereiro nos EUA), quando elas passaram horas conversando. Alexandra teria percebido que ao falar sobre homens, o tom da conversa mudava – foi aí que viu uma oportunidade.

A ferramenta diz ter o objetivo de dar poder às mulheres para elas tomarem decisões inteligentes em relação aos homens.

http://tecnologia.uol.com.br/noticias/redacao/2013/12/02/app-lulu-e-alvo-de-investigacao-por-ofensa-a-direito-de-personalidade.htm#fotoNav=8  ( ai no link vc encontrará informações de como funciona o LULU.)

AH AQUELA ALI É SAFADA, AH É PIRIGUETE, AH SÓ SERVE PRA DAR UM CREW E PULAR FORA, pois é quantos comentários destes a respieto das mulheres devem rolar nas mesas de buteco pelo pais ?

milênios de repressão as mulheres, agora com a criação deste aplicativo, os machões se sentem ameaçados , e quando surgir o aplicativo dos homens o chamado TUBY, como as mulheres reagirão ?  oolha qu8em trata mu7lher como bicho tem mais é que ser esculachado mesmo, assim outra não vai cair nas garras daquele ali, só se gostar de cafajeste mesmo ai…

mas o MP perder tempo em ficar julgando casinhos de ofensa ?, mi, mi, mi de macho que se sente ofendido ? bem isso ai é serve de desculpa pra juiz, promotor não querer trabalhar nos garnedes casos urgentes que precisam de uma resposta.)

Deborah Singer, diretora de marketing do Lulu, diz que foram investidos US$ 3,5 milhões no app

Deborah Singer, diretora de marketing do Lulu, diz que foram investidos US$ 3,5 milhões no app

SUZANE VON RICHTHOFEN pelo jeito só ela vai ficar presa a vida toda.

O ministro Marco Aurélio, do Supremo Tribunal Federal (STF), negou pedido para que Suzane Von Richthofen passe a cumprir pena de 39 anos de prisão em regime semiaberto. Ela foi condenada por participar do assassinato dos pais, em 2002. A defesa recorreu da decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ), que também negou o recurso.

O advogado de Suzanne pediu que ela fosse transferida da Penitenciária de Tremembé, a 147 quilômetros de São Paulo, para um centro de ressocialização. A defesa alegou que a condenada preenche todos os requisitos previstos na Lei de Execuções Penais para progredir de regime.

De acordo com o processo, Suzanne chegou a ficar no Centro de Ressocialização de Rio Claro, mas foi mandada para uma penitenciária de segurança máxima porque recebia regalias.

Na decisão, o ministro entendeu que a decisão do STJ, que manteve Suzane no regime fechado, está bem fundamentada. Ele decidiu que o pedido voltará ser analisado pelo plenário do Supremo.

“Em princípio, como fundamentada a decisão mediante a qual deixou de ser acolhido o pleito de inclusão da paciente em centro de ressocialização, ante o não preenchimento de critérios estabelecidos pelo Poder Público. Descabe, na via do habeas corpus, perquirir a problemática do implemento da justiça. Exige-se a configuração de ilegalidade”, relatou o ministro. ( mensaleiros mal foram presos e já tem semi aberto, um pode ir trabalhar num hotel a 20 mil reais ao mês, outro pode cumprir prisão domiciliar.

depois falam que a lei é igual pra todos , se fosse na CHINA, tanto SUZANE, quanto os mensaleiros já tinham ido pra vala, por isso somos piada no mundo .

mas afinal analisem comigo, se os irmãos CRAVILHOS já conseguiram o semi aberto pq SUZANE não ? é machismo ? só com ela ? amanhã NARDONI, ELIZE MATSUNAGA já estarão no semi e SUZANE pelo jeito vai ficar presa até ser uma velha doente, só ai ira prum asilo pra terminar sua pena.

pelo jeito é isso, já que traficantes, assassinas, gente pior que ela, entre e sai da cadeia em pouco tempo.) 

médicos defendem aborto até a 12 semana

A proposta de dar à mulher a opção de interromper a gravidez até a 12ª semana, ampliando os casos previstos de aborto legal, ganhou o apoio de conselhos de medicina.

Legalizar aborto na 12ª semana ‘deseduca’, diz bispo
Opinião: Não dá para dourar a pílula: é impedir que pessoa exista
Opinião: Taxas mais altas de aborto estão em regiões com leis restritivas

Editoria de Arte/Folhapress

A posição é inédita e respalda o anteprojeto da reforma do Código Penal entregue ao Senado no ano passado, de acordo com o CFM (Conselho Federal de Medicina).

O entendimento foi aprovado pela maioria dos conselheiros federais de medicina e dos presidentes dos 27 CRMs (Conselhos Regionais de Medicina) reunidos em Belém (PA) no início do mês. Antes disso, o tema foi debatido internamente por dois anos.

“Defendemos o caminho da autonomia da mulher. Precisávamos dizer ao Senado a nossa posição”, diz Roberto D’Ávila, presidente do CFM.

O anteprojeto, preparado por uma comissão de advogados e especialistas, propôs a ampliação das situações previstas para o aborto legal.

Inclui casos de fetos com anomalias incompatíveis com a vida e o aborto até a 12ª semana da gestação por vontade da mulher –neste caso, desde que médico ou psicólogo constate falta de “condições psicológicas”.

Os conselheiros vão além do anteprojeto e rejeitam a necessidade do laudo desse do médico ou psicólogo.

A posição será encaminhada à comissão especial do Senado que analisa a reforma do Código Penal. A previsão era que o parecer final dessa comissão fosse apresentado este mês. O prazo, porém, foi suspenso para dar mais tempo para debates e análises.

Em 2005, o governo federal estimou em 1 milhão o total de abortos induzidos por ano no país.

DESCRIMINALIZAÇÃO

A posição adotada não significa apoiar o aborto ou a descriminalização irrestrita da prática, afirma D’Ávila.
Mesmo assim, o entendimento não teve unanimidade entre os conselheiros. “Cerca de um terço foi contra”, afirma João Batista Soares, presidente do CRM-MG.

Soares está no grupo que foi contra a proposta. E diz que o conselho mineiro aprovou um texto contrário à posição e o enviou ao CFM.

“Não é uma questão religiosa. Enquanto médicos, entendemos que nossa obrigação primeira é com a vida. Existem situações especiais que justificam [o aborto]. Agora, simplesmente porque a mulher não quer ter aquele filho, aí somos contra.”

Para Soares, o apoio ao anteprojeto pode passar o recado que o médico está liberado para praticar o aborto.

D’Ávila discorda. “Não estamos liberando o aborto. Vamos continuar julgando os médicos que praticam o aborto ilegal, até que, um dia, o Congresso Nacional torne o aborto não crime.”

Editoria de Arte/Folhapress

( sempre lembrando que existe outros meios, como camisinha, pilula a pq não a vasectomia e laqueadura sem limite de idade,a final quem quer quer biscateiros, zoeira, que faça uma operação antes ai pode transar a vontade sem gerar novos pobres, acomodados e explorados pro amanhã.

mas claro que machistas, religiosos entre outros se levanram pra impedir o avanço e deixar o BRASIL continue sendo um ÍNDIA COM HAITI.)