mais bandidos são massacrados no norte ,33 vagabundos mortos em RORAIMA.

Penitenciária Agrícola de Monte Cristo

Logo após o massacre no complexo penitenciário Anísio Jobim do Amazonas, a capital de Roraima, Boa Vista, registra 33 mortos na Penitenciária Agrícola de Boa Vista (Pamc). A maioria das vítimas foi decapitada, teve o coração arrancado ou foi desmembrada. Os corpos foram jogados em um corredor que dá acesso as alas.

O número de mortos foi confirmado pela Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejuc) em nota, que informou que Agentes do Bope (Batalhão de Operações especiais da Polícia Militar) estão no local para conter a situação.

Em entrevista a uma rádio local, o secretário de Justiça e Cidadania de Roraima, Uziel de Castro Júnior, disse acreditar que os crimes tenham sido cometidos por membros do Primeiro Comando da Capital (PCC). Ele falou também que tem um projeto para abrir mais de mil vagas neste ano no sistema prisional.

Este é o terceiro maior massacre em presídios, em número de mortes, na história do Brasil, atrás apenas do ocorrido no Carandiru, em São Paulo, em 1992, quando 111 presos foram mortos e de Manaus onde foram mortos 60 presos esta semana.

Os detentos quebraram os cadeados e invadiram a Ala 5, cozinha e cadeião onde ficavam os presos de menor periculosidade. De acordo com informações de agentes penitenciários, não houve fugas.

Policiais militares do Batalhão de Operações Especiais (Bope) e agentes penitenciários do Grupo de Intervenção Tática (GIT) entraram na unidade, que hoje abriga 1.200 presos, o dobro da capacidade.

Na manhã desta sexta-feira, 05, equipes do Instituto Médico Legal (IML) foram à penitenciária para fazer a remoção dos corpos.

Em outubro, na mesma penitenciária, uma rebelião provocada por briga entre o Comando Vermelho (CV) e o PCC deixou pelo menos 10 presos mortos. Três das vítimas teriam sido decapitadas, e sete teriam tido os corpos queimados em uma grande fogueira no pátio da unidade.

Todos os mortos seriam integrantes da facção Comando Vermelho, que domina cerca de 10% do presídio. Os outros 90% são controlados pelo grupo rival Primeiro Comando da Capital.

Até junho passado, PCC e CV eram aliados na disputa pelo controle do tráfico na fronteira com o Paraguai.

( bandido mandar em presídio já vem de anos e anos, basta vcs saberem o que houve nos anos 70, quando misturaram presos políticos com presos comuns, os presos comuns aprenderam táticas de querrilha , foi ai que surgiu o COMANDO VERMELHO, do presídio da ilha grande RJ.

e tb nunca esquecer o inferno de SP 2006, o salve geral , lembram ? agora fica a mídia desviando assuntos do pais pra isso ai, claro que não deixa de ser um problema tb, mas não pode ficar falando só nisso, e tratando bandido como coitadinho, morreu ? ah mas quem mandou ir preso né ? e muitas vezes é preso que já este preso, mas voltou ao sistema carcerário pq voltou ao crime.)

 

motorista derruba passarela no RJ, caçamba levantada e o cara não percebe ? alem de 5 mortos.

veja ai o momento do acidente do caminhão que derrubou uma passarela na via amarela (RJ), A 500 m antes da batida o cara vinha com a caçamba levantada, um motorista tentou avisá-lo antes, e segundo uma testemunha ele falava ao celular.

LUIS FERNANDO DA COSTA o motorista do caminhão.

apesar do adesivo da prefeitura do RJ no caminhão, a prefeitura negou que o motorista fazia serviço pra ela, alem que tinha tb logomarca de uma empresa chamada ARCO DA ALIANÇA  , este tipo de identificação segundo um blog do RJ serve pra intimidar qualquer agente de trânsito na tentativa dele querer parar o caminhão para uma revista, alem de no horário da tragédia o veículo não poderia estar transitando por ali.

Mortos: 

Célia Maria, 64 anos; 
Adriano Oliveira, 26 anos; 
Renato Soares, 62 anos; 
Alexandre Almeida. 

Feridos: 

Glaucia Andrade, 56 anos; 
Luis Fernando Costa, 30 anos (motorista da carreta);
Jairo Z., 44 anos; 
Luiz Carlos Guimarães, 60 anos; 
Liliane de Souza Rangel, 33. 

( agora façam suas apostas pra ver quem vai ser responsabilizado por isso ai ah e caminhão tem esta prática de levantar caçamba pra esconder a placa pra evitar ser identificado pelo radar, isso pq ta aprontando alguma ( segundo blog do RJ)