juiz manda tirar WATSAPP do ar, motivo seria pedofília hahahahah


TERESINA — O juiz da Central de Inquérito da Comarca de Teresina, do Tribunal de Justiça do Piauí, Luiz Moura Correia, determinou que todas as companhias de telefonia suspendam temporariamente o funcionamento do aplicativo Whatsapp no Brasil, “até o cumprimento de ordem judicial”.

Ele não informou o motivo da decisão, explicando que a ação tramita em segredo de Justiça. Mas a Secretaria estadual de Segurança Pública do Piauí comunicou que a suspensão foi determinada porque a empresa fornecedora do aplicativo de mensagens não tirou de circulação imagens de crianças e adolescentes expostas sexualmente, objeto de investigação da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente de Teresina. O órgão informa que os processos que levaram à determinação começaram em 2013.

A decisão foi tomada em 11 de fevereiro e, segundo a secretaria, as empresas de telefonia foram comunicadas a respeito em 19 de fevereiro, por meio de um ofício do delegado Éverton Ferreira de Almeida Férrer, do Núcleo de Inteligência da secretaria. O prazo para a suspensão é de 24 horas e atinge os domínios whatsapp.net e whatsapp.com. As companhias estariam recorrendo da decisão.

Procurado, o WhatsApp ainda não se manifestou sobre o caso. O Facebook, dono do aplicativo desde o ano passado, informa que as operações das duas companhias são independentes e não vai se posicionar sobre a questão.

“Suspenda temporariamente até o cumprimento da ordem judicial , em todo território nacional, em caráter de urgência no prazo de 24 horas após o recebimento, o acesso através dos serviços da empresa aos domínios whatsapp.net e whatsapp.com, bem como todos os seus subdomínios e todos os outros domínios que contenham whatsapp.net e whatsapp.com em seus nomes e ainda todos números de IP (Internet Protocol) vinculados aos domínios já acima citados”, determina o juiz Luiz Moura Correia.

Ele diz, em sua sentença, que as empresas de telefonia devem suspender o tráfego de informações, de coleta, armazenamento, guarda e tratamento de registros de dados pessoais ou de comunicações entre usuários do serviço e servidores do aplicativo.

O mandado judicial foi encaminhado aos provedores de infraestrutura (Backbones) e aos provedores de conexão (operadoras de telefonia móvel) entre outras. “Cabe esclarecer que todas as representações e decisões judiciais foram tomadas com base na lei que instituiu e disciplinou o Marco Civil da Internet”, afirma, em nota a Secretaria de Segurança do Piauí.

( este juiz por acaso teria poder pra isso ? se julga um dos juízes deuses que podem tudo ? entçai um juiz do PIAUÍ tem poder de mandar tirar o WATSAPP do ar ?

não desmerecendo o estado, mas nordeste ? se fosse um juiz de SP ou RJ, ai … mas o motivo seria pedofilia ? é isso ? senhor juiz, isso se combate nas ruas, mas prendendo poderoso e não apenas pé de chinelo, zé d barraco por ex.

se for assim podem tirar o FACE, TWITTER, tudo do ar então, é o mesmo que um corno vender a cama pq foi traído nela , isso é falta do que fazer , agora e ver se ele tem poder pra isso.)

profeta do PIAUÍ é preso e os 120 deixam o local.

Multidão nos arredores de casa onde famílias esperavam o fim do mundo, em Teresina (Foto: Náyra Macêdo/Portal da Clube)

Multidão nos arredores de casa onde famílias esperavam o fim do mundo, em Teresina (Foto: Náyra Macêdo/Portal da Clube)
Cerca de 120 pessoas que estavam dentro de uma casa em Teresina para esperar o fim do mundo deixaram o local no fim da tarde desta sexta-feira (12). O Coronel José Fernandes de Albuquerque explicou ao G1 que todos deixaram o local pacificamente, após negociação com a polícia.
Luis Pereira dos Santos, que teria previsto o fim do mundo (Foto: Náyra Macêdo/Portal da Clube)Luis Pereira dos Santos, que teria previsto o fim do
mundo (Foto: Náyra Macêdo/Portal da Clube)
O grupo estava no local junto com Luis Pereira dos Santos, que dizia ser profeta e havia previsto o fim do mundo. O suposto profeta acabou preso e levado para a Central de Flagrantes de Teresina. De acordo com Albuquerque, além do homem, outros dois rapazes que comandavam o grupo também foram detidos.
“Conseguimos convencer as pessoas a voltar para suas casas ou ir para a casa de parentes. Não houve violência e não tiramos ninguém a força, eles compreenderam a situação e saíram”, afirmou o coronel.
A Polícia Militar deve permanecer no local por mais dois dias. De acordo com Albuquerque, a intenção é evitar que a população deprede o local. “Queremos evitar que a população coloque fogo e destrua o imóvel, que era uma espécie de casa de oração dessas pessoas. Quem não acreditava no profeta, ficou revoltada com as mentiras e também pelo transtorno causado no bairro”, explicou.

 PrisãoO homem que se dizia profeta foi preso durante a tarde. Homens da Polícia Militar invadiram a casa para resgatá-lo, após a população nos arredores do imóvel atirar pedras e ameaçar entrar no local para linchá-lo. A Tropa de Choque teve de dispersar a população. Segundo a polícia, além dele, outros dois integrantes do grupo foram detidos.
“Todos estão detidos na Central de Flagrantes de Teresina, à disposição da Polícia Civil. Eles devem permanecer detidos lá até por uma questão de segurança, não temos informação de quando serão liberados”, afirmou Albuquerque.
Policiais militares cercam casa onde famílias aguardavam o fim do mundo (Foto: Náyra Macêdo/Portal da Clube)Policiais militares cercam casa onde famílias
aguardavam o fim do mundo
(Foto: Náyra Macêdo/Portal da Clube)
Resgate de crianças
Na tarde de quinta-feira (11), uma operação com cerca de 100 homens das polícias Civil e Militar retiraram crianças e adolescentes da casa. Os menores foram levados para abrigos e estão sob a guarda do Conselho Tutelar da cidade. Não foram encontradas drogas no local, mas uma quantidade razoável de veneno de rato, segundo a assessoria de imprensa do Tribunal de Justiça do Estado.
O TJ informou que o mandado de busca e recolhimento dos menores foi autorizado pela juíza Maria Luiza Melo Freitas, da 1ª Vara da Criança e Adolescente, a pedido da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente de Teresina. ( pois é tem alguém que ainda apóia o profeta ? dos 120 tem algum que ainda dá razão a ele ?) 

suposto profeta do PIAUÍ prevê o fim do mundo pra hj a tarde

  • Suposto profeta (ao centro de camiseta listrada) diz que o mundo vai acabar hoje e angariou seguidores que estão confinados em uma casa de Teresina; as crianças e adolescentes saíram da escola e os adultos

    Suposto profeta (ao centro de camiseta listrada) diz que o mundo vai acabar hoje e angariou seguidores que estão confinados em uma casa de Teresina; as crianças e adolescentes saíram da escola e os adultos
O mundo vai acabar às 16h desta sexta-feira (12). É isso que cerca de 120 pessoas em Teresina esperam que ocorra em pleno Dia das Crianças. Elas já se preparam o “juízo final” confinadas na casa de um suposto profeta.
Segundo o cearense Luiz Pereira, 43, radicado na capital piauiense, “a besta fera” vem acabar com o mundo nesta sexta-feira e só vão se “salvar os seguidores dele.”
O caso está sendo monitorado pela polícia, que informou que vai indiciar o “profeta” ao MP (Ministério Público Estadual), que poderá ingressar com uma ação pedindo providências à Justiça.
Segundo a polícia, há 25 dias que a casa do suposto profeta está abrigando crianças, adolescentes, adultos e idosos.
O suposto profeta afirmou que recebeu uma mensagem de um anjo que desceu à terra para avisar que o mundo irá acabar nesta sexta-feira e que as pessoas devem seguir os “ensinamentos” de Luiz Pereira para poder se salvarem.
“Elas são induzidas a largarem totalmente suas vidas. Não podem assistir televisão, sair da casa e ter contato com o mundo. O mais perigoso é que as crianças e adolescentes também foram proibidas de frequentar a escola”, disse o chefe da DPCA (Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente) Joattan Gonçalves.
Segundo Gonçalves, a DPCA está finalizando o inquérito e vai indiciar o suposto profeta por abandono intelectual. “A Justiça pode ainda condenar o homem por outros crimes, se julgar que ele os cometeu”, completou.
Além de ficarem sem contato com o mundo fora da casa do suposto profeta, os seguidores são induzidos a renunciar e doar os bens que têm, além de largar os empregos. A polícia disse que recebeu denúncias de que o suposto profeta também está casando alguns menores de idade que seguem seus ensinamentos.
As pessoas que estão na casa vivem o tempo todo fazendo orações com Pereira e se alimentam de doações que chegam à casa do suposto profeta.
Cerca de 100 homens da polícia Militar e Civil participaram, no fim da tarde desta quinta-feira (11), de uma operação para retirar 19 crianças e adolescentes que estavam morando na casa de Luiz Pereira. Durante a operação, a polícia encontrou veneno escondido em um dos cômodos da casa e o suposto profeta foi conduzido a DPCA para prestar esclarecimentos.
O resgate das crianças e adolescentes da casa de Pereira foi determinado pela juíza da 1ª Vara da Infância e da Adolescência, Maria Luiza de Moura, que acatou o pedido da DPCA solicitando medidas de proteção aos menores. “Já identificamos todas as crianças e adolescentes e o Conselho Tutelar está encaminhando-as para o Lar da Criança”, informou Joattan Gonçalves.
A reportagem do UOL tentou o contato do suposto profeta ou de algum integrante do grupo, mas não conseguiu. A polícia investiga também se Luís Pereira da Silva está envolvido em outros crimes denunciados por moradores de Teresina.
( tá então espera até as 16, ai como não acabou o mundo, conduz o cidadão a ter umas férias merecidas no xadrez ou no hospital psiquiátrico)