SUZANE VON RICHTHOFEN consegue o semi aberto, pq só falam dela heim ?

A Justiça de São Paulo aceitou o pedido de Suzane Von Richthofen para progressão ao regime semiaberto. Ela cumpre pena de 39 anos pelo homicídio dos pais, em 2002. Com a solicitação aceita, ela poderá deixar o presídio durante o dia para trabalhar.

Suzane, presa há 13 anos., teve a oportunidade de ir para o semiaberto em agosto de 2014, mas recusou por “questões de segurança 

À época, a Secretaria de Estado da Administração Penitenciária informou quer ela preferiu não aceitar a progressão pois não queria ser transferida da Penitenciária-1 de Tremembé (SP), onde também estava a namorada dela, Sandra Regina Gomes. No entanto, a defesa alegou que a jovem se manifestou à época sem assistência jurídica técnica e entrou com recurso.

A decisão também recomenda ao juízo de origem que analise a possibilidade da permanência de Suzane na Unidade Feminina I de Tremembé, onde se encontra atualmente. Segundo a Defensoria Pública, o pedido foi feito há alguns meses e aguarda o julgamento.

Família

Em março, a Justiça de São Paulo determinou que a herança da família Von Richthofen seja entregue apenas ao irmão de Suzane, Andreas Albert von Richthofen. Na sentença, o juiz determinou que ela deveria ser excluída da partilha dos bens por considerá-la “indigna”. A herança é calculada em mais de R$ 3 milhões.

Richthofen disse, em entrevista ao Programa do Gugu, em fevereiro deste ano, que não vê o irmão Andreas desde 2006, quando aconteceu seu julgamento. Segundo ela, ele visitava-a quando ainda estava presa em São Paulo, mas que as visitas, um dia, cessaram.

“Eu sei que meu irmão sofreu muito, mas como ele passou estes anos, eu não sei. Se eu sofri aqui dentro [no presídio de Tremembé, onde está há sete anos], imagino ele lá fora. Quando ele diz o sobrenome, qualquer um reconhece, e ele terá que carregar isto para sempre”, disse Suzane.

De acordo com ela, Andreas não queria se afastar da irmã após a confissão do crime: “Na época, ele me disse: ‘Su, eu perdi meu pai, minha mãe. Eu não quero perder minha irmã. Eu te perdoo e vou ficar com você'”, disse ela ao apresentador. Ela acredita que um dos motivos do afastamento pode ter sido a herança, da qual abriu mão em 2014.

Na entrevista, ela afirmou não ter consciência do valor do dinheiro do qual abriu mão: Este dinheiro nunca foi meu. Era dos meus pais e hoje pertence ao meu irmão, disse. 

podem reparar que só falam dela, pq não falam nada dos CRAVINHOS, que já foram soltos primeiro ? o sistema ´machista mesmo com a mulher, foram 3 assassinos, mas colocam tido nas costas dela, como se ela tivesse planejdo e matado sozinha, os dois apenas assistiram .

se não era pra soltar, então nenhum dos três sairia, mania de apenas culpar a mulher por tudo, vamos distribuir as porradas ?

SUZANE VON RICHTHOFEN pelo jeito só ela vai ficar presa a vida toda.

O ministro Marco Aurélio, do Supremo Tribunal Federal (STF), negou pedido para que Suzane Von Richthofen passe a cumprir pena de 39 anos de prisão em regime semiaberto. Ela foi condenada por participar do assassinato dos pais, em 2002. A defesa recorreu da decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ), que também negou o recurso.

O advogado de Suzanne pediu que ela fosse transferida da Penitenciária de Tremembé, a 147 quilômetros de São Paulo, para um centro de ressocialização. A defesa alegou que a condenada preenche todos os requisitos previstos na Lei de Execuções Penais para progredir de regime.

De acordo com o processo, Suzanne chegou a ficar no Centro de Ressocialização de Rio Claro, mas foi mandada para uma penitenciária de segurança máxima porque recebia regalias.

Na decisão, o ministro entendeu que a decisão do STJ, que manteve Suzane no regime fechado, está bem fundamentada. Ele decidiu que o pedido voltará ser analisado pelo plenário do Supremo.

“Em princípio, como fundamentada a decisão mediante a qual deixou de ser acolhido o pleito de inclusão da paciente em centro de ressocialização, ante o não preenchimento de critérios estabelecidos pelo Poder Público. Descabe, na via do habeas corpus, perquirir a problemática do implemento da justiça. Exige-se a configuração de ilegalidade”, relatou o ministro. ( mensaleiros mal foram presos e já tem semi aberto, um pode ir trabalhar num hotel a 20 mil reais ao mês, outro pode cumprir prisão domiciliar.

depois falam que a lei é igual pra todos , se fosse na CHINA, tanto SUZANE, quanto os mensaleiros já tinham ido pra vala, por isso somos piada no mundo .

mas afinal analisem comigo, se os irmãos CRAVILHOS já conseguiram o semi aberto pq SUZANE não ? é machismo ? só com ela ? amanhã NARDONI, ELIZE MATSUNAGA já estarão no semi e SUZANE pelo jeito vai ficar presa até ser uma velha doente, só ai ira prum asilo pra terminar sua pena.

pelo jeito é isso, já que traficantes, assassinas, gente pior que ela, entre e sai da cadeia em pouco tempo.)