caos na saúde em SOROCABA, falta leito, falta tudo

A falta de leitos na Santa Casa Sorocaba tem causado efeito dominó na saúde do município e atingiu também o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Isso porque as macas das ambulâncias utilizadas no Resgate, ao chegarem nas unidades de saúde, ficam retidas, impossibilitando novos atendimentos. O problema foi confirmado pelo gestor administrativo da Unidade Pré-Hospitalar (UPH) Zona Norte Luís Cláudio Zanzarini. “Quando temos os 22 leitos ocupados e chega uma ambulância acabamos segurando a maca, porque não há onde acomodar o paciente”, relata.
 
Por meio do Serviço de Comunicação (Secom) da Prefeitura de Sorocaba, o Samu informou que “há dias, realmente, existe retenção de macas por não haver vagas suficientes nas unidades de saúde, sejam ligadas à rede municipal ou estadual”. Porém, nem a Secretaria de Saúde de Sorocaba (SES) ou o próprio Samu informaram se será tomada alguma atitude para solucionar o problema. Questionado sobre o tempo médio que a ambulância fica parada nas unidades de saúde aguardando a liberação das macas, o Samu informou que “esse tempo é variável, de acordo com a disponibilidade de leitos nas unidades de referência”.

( até outubro podemos não mais nem ter SOROCABA no mapa, arranquem este prefeito e os vereadores hj de lá..)

inédito, carnaval de rua em SOROCABA será em recinto fechado.

As escolas de samba de Sorocaba não sairão às ruas da cidade em 2016, sendo que os desfiles devem ocorrer em um recinto fechado. A decisão foi tomada ontem à noite durante reunião entre representantes das agremiações. Assim, o evento terá cobrança de entrada e acontecerá em um local particular, a Arena Show Car, no bairro Ipanema das Pedras.
 
Mais cedo, o presidente da Superliga, José Carlos dos Santos, o Santão, participou de encontro no 7º Batalhão da Polícia Militar de Sorocaba, com a presença de representantes da Prefeitura de Sorocaba e do Corpo de Bombeiros, em que foram expostas as exigências que deveriam ser cumpridas para que a festa ocorresse nas ruas. A lista de providências, entretanto, estaria além do que a liga consegue arcar financeiramente. Para que o desfile ocorresse nas ruas do bairro Pinheiros, seria necessário o Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB), seguranças particulares, iluminação, duas ambulâncias e serviço de limpeza.
 
De acordo com Santão, apenas o aluguel das ambulâncias, para os dois dias de evento, ficaria em R$ 6 mil. Neste ano, as escolas de samba e os blocos carnavalescos de Sorocaba não receberam verbas municipais. Segundo o presidente da liga, os trâmites legais para a obtenção dessas licenças sempre foram feitos pela Prefeitura, sendo que as escolas não conhecem esses processos. O presidente deixou claro, porém, que compreende e concorda com as exigências de segurança, apenas não tem condições de cumpri-las. “Não está em nosso alcance fazer esse Carnaval aberto”, afirmou.

( bem , menos barulho e baderna pela cidade, mas e os clubes ? agora a coisa ficou restrita em lugar fechado, mas vejam agora o que seria o real motivo por não ter carnaval de rua, é o que circula na net, leia tudo e conclua vc mesmo.

 

Em 2016 Sorocaba não terá desfile das escolas de samba. A prefeitura cortou a verba dos sambistas. Não por seguir o bom exemplo dado por várias cidades, priorizando a saúde, a educação ou a segurança. Não !! A prefeitura cortou a verba porque as escolas de samba declararam independência e decidiram não “comer mais na mãozinha” da SECULT. Para a administração Pannunzio, carnaval tem que ser adestradinho, manipulável e submisso aos esquemas políticos-partidários. Se não, não tem CARNAVAL !! As escolas abandonaram a LISOBES e sua pelegagem, e fundaram a Superliga. Então vieram as “exigências”… AVCB, alvará do Corpo de Bombeiros, o símbolo máximo da hipocrisia, já que a prefeitura exige dos outros, mas ela mesmo não tem, nem no próprio prédio da prefeitura, como nas escolas e demais edifícios públicos municipais.

 

Aliás, grande parte da politicagem sorocabana é composta por CORONÉIS, e como se pode exigir que simples sargentos ou tenentes do Corpo de Bombeiros peitem esses superiores, quebrando assim a hierarquia? Portanto hoje, esse alvará de vistoria só serve mesmo para ser usado como arma contra os mais fracos. Seguranças Particulares… verdadeira aberração, pretender esse tipo de segurança em vias públicas. Isso é função exclusiva da Polícia Militar, que deve ser imparcial. Porque a PM não pode fazer a segurança dos desfiles carnavalescos, se faz a da Procissão de Aparecidinha? Será porque procissão é de Deus, enquanto carnaval é do capeta? Iluminação…

 

Quem tem que iluminar a cidade é a concessionária do serviço público, ajuizada pela prefeitura, e não agremiações particulares. Ambulâncias… outra aberração, tentar jogar nas costas dos sambistas a responsabilidade pela saúde das pessoas, muitas delas que inclusive estarão ali não em função do desfile, mas pelo simples fato de residirem no local, ou mesmo em trânsito. Essas e outras “exigências” encurralaram as escolas, empurraram-nas para um recinto fechado, longe da população, onde provavelmente ninguém vá para assistir o samba passar. Você, que teve saco para ler todo esse texto, saiba que essa foi a forma covarde, maliciosa e canalha com que a prefeitura municipal de Sorocaba achou por bem adotar para se livrar da marca registrada do Brasil no exterior, símbolo da autêntica cultura popular, e da livre manifestação do povo brasileiro.

( não é de hj que carnaval sempre foi usado pra politicagem, ainda mais em ano eleitoral, portanto perde vc folião, que vai ter de ir até o IPANEMA DAS PEDRAS, ou ficar em casa ou ainda ver se vai ter bagunça em algum clube da cidade.)

 

quadrilha desviava remédios para os escravos do corpo perfeito

Atualizada às 11h05

A Polícia Civil flagrou, na manhã desta quinta-feira, a atuação de uma quadrilha que desviava medicamentos de alto custo de dentro do Conjunto Hospitalar de Sorocaba (CHS). Os suspeitos saiam do Hospital Regional levando cerca de cem caixas de um medicamento destinado para ajudar no crescimento de crianças com problemas de crescimento em virtude de deficiência hormonal, mas que também pode ser usado como anabolizante. Três pessoas foram presas, sendo uma mulher e dois homens. Elas são acusadas dos crimes: associação criminosa, uso de documentos falsos e estelionato.

A operação é comandada pela Corregedoria Geral do Estado. Ela estima que o grupo, com o desvio dos medicamentos, causou, no mínimo, R$ 1,6 milhão de prejuízo aos cofres públicos. Ainda não se sabe quando a quadrilha começou a atuar. A Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo informa que apesar da farmácia ficar dentro do complexo do CHS, o local não é administrado pelo Conjunto Hospitalar de Sorocaba. O espaço, porém, também pertence e é administrado pelo Estado de São Paulo.

O medicamento desviado é Hormotrop, do princípio ativo somatropina. O remédio com 12 unidades é vendido de R$ 180 a R$ 200 pela internet. Os acusados estão na delegacia Seccional de Sorocaba, onde serão ouvidos. Lá, além da polícia, também estão representantes da Corregedoria do Estado de São Paulo.

Segundo a polícia, os envolvidos não moram em Sorocaba. Eles residem na zona leste de São Paulo. De acordo com a investigação, o grupo vinha para Sorocaba para buscar a medicação utilizando documentos falsos. Com os remédios em mãos, eles revendiam o produto em academias da Capital.

Para conseguir flagrar a ação, a polícia pegou o telefone da mulher que vinha buscar o medicamento e ligou dizendo que o estoque estava em falta e que chegaria na quinta-feira. Quando foi buscar o medicamento, os policiais prenderam a mulher e um homem que a acompanhava, além de um rapaz que dirigia o carro. A polícia acredita que o cabeça do crime esteja em São Paulo.

A investigação

O procedimento investigatório foi instaurado pela CGA no dia 14 de janeiro, após servidores da CCTIES (Coordenadoria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos de Saúde), subordinada à Secretaria de Estado da Saúde, comunicar suposta conduta de fraude criminal e falsidade documental, visando obtenção fraudulenta de medicamento.

Os levantamentos preliminares apontaram algumas divergências nas documentações apresentadas para a obtenção do remédio, fato que chamou a atenção dos farmacêuticos da rede integrada de farmácias do Governo do Estado de São Paulo, unidade de Sorocaba.

Entre as divergências relevantes estão resultados de exames idênticos para diferentes pacientes; questionamento oficial em ocorrência policial da médica prescritora, indicando não reconhecer as assinaturas nos documentos apresentados à DRS-Sorocaba; prescrições médicas de estabelecimentos de saúde diversos, mas com as mesmas características de redação e indicação farmacológica; mesma forma de preenchimento de formulários internos da administração; suspeitas de falsificação de papéis timbrados de laboratórios de análises; resultados idênticos em relatórios médicos feitos por profissionais diferentes; laudos de exames com as mesmas características e autenticados pelo mesmo número de registro na Anvisa, entre outros. A médica prescritora, por exemplo, trabalha em São Paulo e não prescreveu a Somatropina-12UI para pacientes de Sorocaba.

A apuração ainda indica que os supostos criminosos não precisam do medicamento, mas utilizam documentos falsos para comprovar a necessidade e pedir que os cofres públicos paguem o tratamento. A CGA trabalha com dois casos concretos em Sorocaba, mas há outros 233 suspeitos em nove cidades do Estado de São Paulo. Cada tratamento mensal custa R$ 6 mil. O montante dos 233 casos custaria ao Estado cerca de R$ 1,5 milhão ao mês

Os investigados

Segundo a polícia, a mulher está colaborando com as investigações. Ela disse no depoimento que só buscou o medicamento e não participou de nenhuma fraude. Policiais fazem busca em sua residência.

Um dos detidos tem passagem pela polícia e já cumpriu 12 anos de prisão por roubo. Ele foi solto em dezembro de 2015.

( a tal modelo RAQUEL SANTOS morreu pq ? tomar remédios vendidos na internet que no caso dela era pra cavalo.

no caso ai tb,é remédio pra ajudar no crescimento de crianças com deficiência hormonal, mas para os escravos do corpo perfeito seria pra ter músculos mais depressa. 

e pior que este tipo de crime só tende a aumentar pois a ditadura do corpo perfeito não para e vai ter mais vitimas, podem aguardar.)

pacientes tomam na cabeça, aparelho de radiologia novo ?, ah esperem sentados.

Uma possível solução para os problemas enfrentados por pacientes de oncologia de Sorocaba e região, um segundo aparelho de radioterapia deve ser entregue somente em dezembro deste ano para a Santa Casa da cidade. De acordo com o secretário de Saúde, Francisco Antônio Fernandes, esse é o prazo dado pelo Ministério da Saúde para a conclusão da obra do novo local, dentro do hospital, que vai abrigar o aparelho, aguardado há quatro anos pelo município. O Ministério informou que o processo está em fase final de licitação.

Atualmente, existe apenas um equipamento de radioterapia para Sorocaba e outros 47 municípios compreendidos pelo Departamento Regional de Saúde 16 – que está localizado na Santa Casa e tem mais de 30 anos de funcionamento. “É um equipamento para 2 milhões de habitantes, sendo que o normal é um a cada 500 ou 600 mil moradores”, afirma o secretário. Desde outubro do ano passado, o hospital parou de receber novos pacientes por falta de vagas. “Hoje, nós voltamos a oferecer o serviço, só que em outras cidades, porque aqui está saturado”, reconhece.

Em 2012, Sorocaba foi contemplada pelo programa de expansão de radioterapia, do governo federal, e o pedido de dois equipamentos – um para a Santa Casa e outro para o Conjunto Hospitalar de Sorocaba (CHS) – foram aprovados. O secretário explica, no entanto, que a área em que começou a ser construída a estrutura para receber o aparelho foi recusada pelo Ministério da Saúde, que a considerou condenada. Com isso, outro local foi definido pela pasta, que fica ao lado do atual setor de oncologia do hospital, onde funcionava uma clínica do convênio Santa Saúde.

De acordo com Fernandes, a nova área já foi aprovada pelo Ministério da Saúde, que se comprometeu a finalizar a construção até dezembro. “As exigências feitas são pelo modelo padrão existente em todo o País, em que o aparelho já é entregue com a estrutura adequada”, explica. Segundo ele, toda a estrutura iniciada no antigo local terá que ser refeita e a obra antiga continuará do jeito que está. Ainda conforme o secretário, a promessa é de que o aparelho para o CHS seja entregue até abril de 2017. O Ministério prevê um prazo maior, fevereiro de 2018..

( a anos atras eu disse, as cidades da região tudo dependem de SOROCABA, a STA CASA recebe ou recebia ( agora não sei) todo mundo, gente de vários lugares , suas cidades nunca moveram uma palha pra evoluírem e melhorarem seu sistema de saúde.

agora deu no que deu, sorocabanos dependendo de GUARULHOS por ex, toma povo, este ano tem eleição viu ?)

turma do caramunnzio não fica sem mamar na prefeitura né

Em tempos de crise econômica, a Prefeitura de Sorocaba elevou o gasto com a folha de pagamento de seus funcionários comissionados (contratados sem concurso público) em 22,7% no último ano. No comparativo entre 2014 e 2015, esse montante passou de R$ 12,2 milhões para R$ 15 milhões.

 

O que chama a atenção é que o número de cargos criados a mais nesse período é de apenas nove, o que equivale a um aumento de apenas 5,5% no quadro de funcionários por indicação no Paço, que atualmente somam 172. Cabe ressaltar ainda que o reajuste salarial dos servidores municipais aprovado na Câmara Municipal neste ano está distante dessa proporção: foi de 8,41% sobre o salário-base e de 6,41% para os cargos do alto escalão como prefeito e secretários.

Questionado sobre o aumento de gastos com comissionados no evento de entrega das chaves do residencial Parque da Mata, na sexta-feira passada(30), o prefeito Antonio Carlos Pannunzio (PSDB) se recusou a comentar os motivos da elevação da folha de funcionários por indicação. “Não vou discutir isso aqui”, disse à reportagem. Os questionamento também foram encaminhados pelo Cruzeiro do Sul ao Serviço de Comunicação (Secom) da Prefeitura, mas não houve retorno.

( pois é a cidade e o pais em crise, mas dinheiro pros mamatas dos governos municipais, estaduais e federias nunca falta né ?

criança sem merenda escolar,sabe tudo fechados, oficina do saber quase fechadas ou já fechadas, unidades de policia nos bairros não tem, os nóias a vontade, etc etc, se for falar de tudo haja tempo.

e este aumento vem no momento em que o povo ta nas praias, bebendo, esperando BBB16, alienados em geral, este ano tem eleição, se não trocarmos tudo será sempre assim.

ACORDA SOROCABA.)

 

 

 

vereador CRESPO chama gays de anormais e ateus de ignorantes

 O comentário em uma rede social de um vereador de Sorocaba (SP) se referindo a classe LGBT como “anormais” repercutiu nas redes sociais nesta quinta-feira (25). A polêmica teve início quando o parlamentar José Crespo (DEM) respondeu um comentário de uma internauta, integrante de um movimento que defende a classe LGBT. O tema surgiu após a votação do Plano Municipal de Educação (PME) que estabelece metas e estratégias para os próximos dez anos. Na ocasião, Crespo afirmou: “os GLBTTTT, como se auto-denominam, merecem ser respeitados e gozar de todos os direitos civis, mas são pessoas anormais”.

Em entrevista ao G1, Crespo confirmou suas declarações e se defendeu: “Anormal é simplesmente aquilo que destoa do ‘normal’. Muitos me apoiaram nas redes sociais e, como cristão, devo defender os meus valores. Antes de ser político, sou cristão e não abro mão disso. Não me arrependo, não me divirto e nem me estresso.  Um agente público deve enfrentar polêmica, eu mesmo não fico em cima do muro.” 

A postagem foi excluída da internet e, segundo o vereador, não foi ele quem tirou, mas sim uma internauta que estava inserida na discussão. “Ela foi honesta e retirou a postagem e até gostaria que ela voltasse isso, pois o debate deve ser mantido”, finaliza o vereador.

Vereador de Sorocaba chama LGBTs de 'anormais' em rede social (Foto: Carlos Dias/G1)Postagem foi feita pelo vereador José Crespo
(Foto: Carlos Dias/G1)

Câmara se pronuncia
Em nota, a Câmara de Vereadores informou que, em relação a debates ocorridos entre o vereador José Crespo e munícipes na página do parlamentar numa rede social, o presidente da Câmara Municipal de Sorocaba, vereador Gervino Cláudio Gonçalves, o Cláudio do Sorocaba I (PR), afirma que tomou conhecimento do assunto através da imprensa e nesta sexta-feira, 26, de posse do conteúdo da conversa, irá se reunir com a Secretaria Jurídica da Câmara para saber se houve algum tipo de quebra de decoro por parte do parlamentar.

Quanto ao fato de José Crespo ser o presidente da Comissão de Ética da Casa, Cláudio explica que os membros das comissões são responsáveis por eleger seus presidentes, sem que haja qualquer interferência do presidente do Legislativo.

( senhor CRESPO, perto de sua casa deve ter um salão de  cabeleireiros  onde deve ter um homossexual  trabalhando, que paga água , luz, IPTU, ou seja ser salário .

então se este homo levanta cedo, abre seu salão, trabalha até tarde, pra embelezar as mulheres é anormal para o senhor ? o  mundo não é um padrão único, as pessoas não são robôs pra se comportarem todas iguaizinhas, não interessa se são minorias, tem seus direitos e pronto e não falo apenas de gays, mas de índios, mulheres, sem teto, favelados etc.

países onde o estado é laico e a religião sabe ser correto lugar são os que vão pra frente, e não aqui que os grupos religiosos quem tomar o poder e impor seus dogmas e interesses.

o senhor tb diz que ateu é burro ? ai no meio politico tem ateu, religioso , hétero e homo enrustido, o senhor sabe a vida privada de cada um de seus colegas ? na hora de ferra com o povo e receber seu altos salários, ah ai é todo mundo, seja ateu, religioso, macho ou gay, afinal grana não tem preconceito, vai em todos os bolsos.

e pra terminar gay, ateu,tb vota , inclusive alguns eles devem ter sido seus eleitores, ano que vem o senhor quer votos, não tem medo né ? deve ter seus curral eleitoral formado por cristãos héteros não é ? e vai saber se este cristão ai do seu lado realmente é cristão e é macho ou fêmea de verdade.

o povo quer comida, emprego, saúde, segurança, educação, não ta preocupado com preferências dos outros.)

faltou ambulância e busão teve de socorrer mulher no terminal STO ANTÔNIO em SOROCABA

Uma mulher teria passado mal dentro do terminal de ônibus Santo Antônio. Sem atendimento adequado do SAMU (Serviço de Atendimento Médico de Emergência) ou de qualquer outro serviço especializado, a mulher teria sido carregada por funcionários do terminal e da Urbes e levada em um ônibus para a UPH (Unidade de Pronto Atendimento) da Zona Norte.

De acordo com informações de quem estava no terminal, o fato ocorreu por volta das 13h30. O Jornal Z Norte flagrou um dos ônibus da STU (Sorocaba Transportes Urbanos) em frente a unidade de saúde. De prefixo 2310, o mesmo estava estacionado no sentido bairro da Avenida Ipanema.

A Secretaria de Saúde de Sorocaba foi procurada para se posicionar sobre a situação, fato que não ocorreu até o fechamento desta edição.

( se o tomorrowland fosse aqui, teria ambulância e médicos no local pra socorrer os nóias sem noção.)